Saúde

Rio espera novas doses para anunciar calendário de vacinação de março

Publicados

em


O secretário municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, disse hoje (25) que a prefeitura espera a chegada de nova remessa de vacinas contra a covid-19 para apresentar o calendário de vacinação de março.

“O objetivo da prefeitura do Rio é acelerar a vacinação. Enquanto a gente tiver vacina, a gente vacina os grupos prioritários. Se for necessário, se a gente não tiver dose, a gente interrompe e volta novamente conforme as doses forem chegando”, afirmou Soranz, que acompanhou nesta manhã a campanha de vacinação no Museu da República, no Catete, na zona sul da cidade, um dos novos pontos de imunização.

Segundo o secretário, a cidade do Rio já vacinou 270 mil pessoas contra a covid-19.

A capital fluminense retomou hoje a vacinação de idosos após a confirmação do repasse de 105 mil doses dos imunizantes (84 mil da Oxford/AztraZeneca e 21 mil da CoronaVac), quantidade suficiente para atender o público entre 82 e 80 anos.

Hoje serão vacinados os idosos com 82 anos. Amanhã (26) será a vez daqueles com 81 anos. Já no sábado (27) serão pessoas com 80 anos, além da repescagem para aqueles que têm mais de 80 anos e perderam seu dia de vacinação previsto no calendário.

Leia Também:  Dia Mundial da Hemofilia: condição genética dificulta coagulação

A prefeitura do Rio teve que cancelar, no dia 17 deste mês, a aplicação de primeira dose em idosos, devido à falta de vacina no município. Por isso, o calendário que previa a imunização de todas as pessoas com 75 anos ou mais até o próximo sábado acabou sendo adiado.

A Secretaria Municipal de Saúde estima vacinar 152 mil pessoas com idade entre 75 e 79 anos.

Locais de vacinação

Com o aumento da população a ser vacinada à medida que a idade diminui, a prefeitura está disponibilizando novos pontos de vacinação que comportem um público maior. O Museu da República, o Planetário da Gávea e o Tijuca Tênis Clube se somam às clínicas da família, centros municipais de saúde e aos drive thru’s para a imunização.

O superintendente de Vigilância em Saúde, Márcio Garcia, que também acompanhou a campanha de vacinação no Museu da República, disse que a ideia é que a cada nova fase deva ser ampliada a estratégia de ter pontos maiores para a aplicação das doses.

“Se necessário, vamos seguir nessa estratégia de ter locais maiores para montar pontos de vacinação e a possibilidade de ampliar o número de drive thru’s se a gente tiver o indicativo de necessidade”, afirmou.

Horários

Quinta e sexta-feira, dias 25 e 26:

Leia Também:  SP: 103 agentes da CET foram vacinados contra covid-19 na capital

Funcionamento das 8h às 17h
– Clínicas da família e centros municipais de saúde
– Planetário da Gávea
– Tijuca Tênis Clube
– Museu da República, no Catete

Funcionamento das 9h às 15h
Drive thru da UERJ, no Maracanã
Drive thru do Parque Olímpico, na Barra da Tijuca

Sábado, dia 27:

Funcionamento das 8h às 17h
– Clínicas da família e centros municipais de saúde
– Planetário da Gávea
– Museu da República, no Catete

Funcionamento das 8h às 14h
Drive thru do Engenhão, no Engenho de Dentro

Funcionamento das 9h às 15h
Drive thru da Cidade Universitária, na Ilha do Fundão
Drive thru do CMS Belizário Penna, em Campo Grande
Drive thru do CMS Manoel Guilherme da Silveira, em Bangu
– Drive thru do Parque Madureira
Drive thru do Parque Olímpico, na Barra da Tijuca
Drive thru da Policlínica Lincoln de Freitas Filho, em Santa Cruz
Drive thru do Sambódromo, em Santo Cristo
Drive thru do Campus da UFRJ na Praia Vermelha
 

Edição: Claudia Felczak

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Rio vacina hoje professores da rede pública com 55 anos ou mais

Publicados

em


O município do Rio de Janeiro vai começar hoje (17) a vacinar profissionais de educação que estão na ativa em unidades públicas da rede de educação básica localizadas na capital. Neste sábado, só podem tomar a vacina aqueles tiverem 55 anos de idade ou mais.

Estão incluídos profissionais que trabalham na Secretaria Municipal de Educação, na Secretaria Estadual de Educação, na Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), no Colégio de Aplicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e em instituições federais.

Para receber a vacina, esses profissionais deverão apresentar documento oficial com foto e os dois últimos contracheques. A Secretaria Municipal de Saúde orienta aqueles que não tenham contracheque com o nome da unidade escolar ou outra forma de comprovar a atuação na escola a providenciar uma declaração da instituição de ensino e comparecer para se imunizar no dia 24 de abril. A vacinação dos profissionais de educação seguirá no sábado que vem, quando poderão se vacinar aqueles que têm 50 anos ou mais.

Leia Também:  Estado do Rio melhora índices epidemiológicos da covid-19

Outros públicos-alvos

O cronograma de vacinação do município do Rio também prevê que podem se vacinar neste sábado pessoas de qualquer categoria profissional com 62 anos de idade ou mais, pessoas que devem receber a segunda dose da vacina e profissionais de saúde na ativa com 50 anos ou mais.

Os profissionais de saúde devem comparecer aos postos de vacinação entre 13h e 17h, com documento original com foto e comprovante do conselho de classe. Mais orientações podem ser obtidas no site oficial da vacinação no Rio de Janeiro.

A programação da prefeitura do Rio alcançará na semana que vem todas as faixas etárias da população idosa na cidade, com a aplicação da primeira dose em pessoas de 60 e 61 anos entre a próxima segunda-feira e o próximo sábado.

Na semana seguinte, que se inicia em 26 de abril, terá início a vacinação de grupos prioritários com menos de 60 anos, o que inclui pessoas com comorbidades ou deficiências permanentes e profissionais da saúde, educação, segurança pública e limpeza urbana que estejam na ativa.

Leia Também:  Covid-19: em uma semana, mortes aumentam 8% e casos 6%

Edição: Denise Griesinger

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA