Cidades

Registrado 2º óbito em Guaçuí por Covid-19 e confirmados somam 6 em um dia

Publicados

em

 

A quinta-feira (21) é de muita tristeza em Guaçuí. Depois de registrar seu primeiro óbito por Covid-19, na manhã desta quinta-feira (21), quando também foram confirmados mais dois casos, chegando ao total de 22, na noite do mesmo dia, Guaçuí teve mais uma morte pela doença e a confirmação de mais quatro casos, subindo de 22 para 28 no total. Ou seja, apenas em um dia, foram dois óbitos e confirmados mais seis casos no município.

Sobre este segundo óbito registrado na noite desta quinta, de acordo com informações da Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), trata-se de uma senhora de 62 anos que também estava isolada no Pronto Socorro Municipal. Assim como aconteceu com a senhora de 72 anos que faleceu na madrugada do mesmo dia. As duas receberam todo o tratamento intensivo e estavam entubadas, utilizando os dois respiradores existentes na unidade, aguardando a transferência para uma UTI.

Na parte da tarde, mais um Boletim Epidemiológico foi divulgado e mostra que, além dos 28 casos confirmados, Guaçuí permanece com 14 curados, enquanto os casos descartados subiram de 71 para 73 no mesmo dia. Os suspeitos voltaram a cair de 15 para 12 e as notificações subiram de 110 para 113.

Entre os 14 curados, sete são do Centro da cidade, um do Manoel Monteiro Torres, um do Cid Moreira, dois do São José, um do bairro Antônio Martins, um do Jurema e um da Vila dos Professores. E agora, dos outros 14 casos confirmados, três são do Centro da cidade, um do Manoel Monteiro Torres, um do Antônio Martins, dois da Vila dos Professores, dois do bairro Nova Guaçuí, dois do bairro João Ferraz de Araújo, um da Balança e dois óbitos, ambos do Centro.

Leia Também:  Governo do Espírito Santo realiza 17ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia  

Outra informação importante é que a Santa Casa de Cachoeiro está com 100% dos leitos de UTI ocupados. Por isso, a Santa Casa de Guaçuí informa que, devido ao aumento de demanda na região, o hospital já está se preparando para receber pacientes com o novo Coronavírus que precisam de vagas na UTI que, no momento, segundo informações, também está lotada, com pacientes que não são de Covid-19.

Os casos confirmados e suspeitos seguem sendo monitorados pelas equipes da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), em isolamento social, em suas casas. As pessoas que tiveram contato com esses pacientes, inclusive os casos de óbito, também estão sendo monitoradas. A Vigilância não passa informações pessoais das pessoas infectadas, apenas os bairros em que residem.

 

Matriz de Risco

Com este dois óbitos registrados nesta quinta-feira, Guaçuí deve passar do grupo de Risco Baixo para Risco Moderado, já conforme a nova Matriz de Risco para o contágio do Coronavírus (Covid-19), do Governo do Estado, que foi anunciado pelo governador Renato Casagrande, nesta quarta-feira (20) e passa a valer a partir deste domingo (24), podendo até determinar o fechamento total de municípios.

Leia Também:  Marco do saneamento e Tribunal de Contas exigem cobrança de taxa do lixo, explica Prefeitura de Cachoeiro

Serão mantidos como critérios de classificação o Coeficiente de Incidência de casos confirmados nos municípios e a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Mas também levará em consideração os índices de isolamento social e letalidade da doença, além do percentual da população acima dos 60 anos que é considerada como grupo de risco.

Por meio da soma desses fatores, os municípios serão classificados em risco baixo, moderado, alto ou extremo. Cada um desses fatores terá um peso na classificação de risco das cidades. O número de casos registrados terá peso de 50%, o índice de letalidade corresponderá a 20% e os percentuais de leitos disponíveis, isolamento e de pessoas acima de 60 anos, a 10%. A classificação de Risco Extremo será adotada caso a taxa de ocupação dos leitos de UTI superem o percentual de 91%.

Por sua vez, a Prefeitura de Guaçuí segue com as medidas que vêm sendo tomadas desde o começo de março, quando foram suspensas as atividades da Terceira Idade, até a implantação das barreiras sanitárias, desinfecção das ruas e o uso obrigatório de máscaras. Além do isolamento e distanciamento social, evitando aglomerações. O cidadão que quiser denunciar qualquer atitude que vá contra as medidas previstas nos decretos estadual e municipais, pode ligar para o telefone (28)99923-9942, por meio de mensagens.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Cachoeiro amplia lista de negócios que podem ser abertos sem licença

Publicados

em

Em Cachoeiro, agora são 501 os tipos de negócios que podem ser abertos sem licença e alvarás. Por meio do decreto nº 29.965, publicado nesta quarta-feira (25), a Prefeitura ampliou a lista das atividades econômicas classificadas como nível de risco I, que são dispensadas de autorização para iniciar funcionamento por gerarem baixo impacto ambiental e sanitário.

A medida facilita a abertura de empresas em vários ramos, como montagem de móveis, instalação de painéis publicitários, editoras de livros, serviços de web design, operadoras de planos de saúde, serviços de cabeleireiros e manicures, dentre outros.

Além de figurar na lista de 501 atividades – que pode ser conferida no Diário Oficial do Município desta quarta -, o empreendimento precisa cumprir requisitos previstos no decreto para se enquadrar na dispensa do ato público de liberação, que não desobriga o empresário ou pessoa jurídica do cadastro tributário e não tem efeito sobre a fiscalização depois da abertura do negócio, que será feita normalmente.

A liberação das atividades resulta do trabalho da Comissão de Desburocratização, criada pela Prefeitura para dar celeridade e segurança aos processos de abertura e regularização de empresas, em sintonia com as ações com foco na liberdade econômica implementadas pelo governo federal.

Leia Também:  Black Friday: Procon de Cachoeiro realiza fiscalização contra propaganda enganosa

“No final de 2019, liberamos 246 atividades. Agora, estamos ampliando a liberação para 501 tipos de empreendimento. Isso é sinal de que Cachoeiro está desenvolvendo novos procedimentos, para dar segurança ao empreendedor e criando uma ambiência favorável ao surgimento de novos negócios, para gerar mais empregos e renda”, avalia o prefeito Victor Coelho.

Outras atividades

O novo decreto também lista as atividades econômicas classificadas como nível de risco II e nível de risco III. Quando o grau de risco envolvido na solicitação de licenciamento for considerado nível de risco II, o município emitirá alvará de funcionamento provisório, que permitirá o início de operação do estabelecimento, imediatamente, após a emissão desse alvará.

Já as atividades econômicas de nível de risco III são as que exigem vistoria prévia por parte dos órgãos municipais responsáveis pela emissão de licenças e autorizações, antes do início do funcionamento da empresa, para verificação dos requisitos de segurança sanitária, metrologia, controle ambiental e prevenção contra incêndios.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA