Carros e Motos

RAM 1500 Classic, novo modelo de entrada, deve vir nos próximos meses

Publicados

em

 

Modelo tem tido destaque no Brasil pela sua robustez, capacidade de carga, de reboque e até pelo desempenho
Divulgação

Modelo tem tido destaque no Brasil pela sua robustez, capacidade de carga, de reboque e até pelo desempenho

De olho na  Chevrolet Silverado , que chegará por aqui a partir de outubro de 2023, a Stellantis resolveu soltar um vídeo teaser de 15 segundos para anunciar a nova RAM 1500, na versão de entrada Classic. O foco do modelo será o custo-benefício, uma vez que será mais em conta que as demais da gama, apesar de preservar os itens de maior destaque.

Desde março, o site Autos Segredos havia anunciado que a RAM iria vender a Classic no Brasil. À época, a fabricante negou imediatamente, mas após a divulgação deste vídeo, os rumores apontam para a nova versão de entrada da picape grande.

Ainda de acordo com o site, a RAM Classic será vendida nas versões Laramie e RT, e deverá ser o modelo mais em conta com motor V8 à venda no mercado brasileiro.

Leia Também:  Justiça extinguiu 78% das ações movidas pelo MPF contra desmatadores

No vídeo, é possível ver a ponteira dupla do escape, uma de cada lado da extremidade do para-choque. Além disso, chamam atenção as novas rodas de alumínio, sem falar no poderoso e consagrado motor V8 5.7 HEMI.

De acordo com a Stellantis, esta unidade gera uma potência máxima de 400 cv a 5.600 rpm e um torque máximo de 56,7 kgfm a 3.950 rpm, e está associado a uma transmissão automática ZF de oito marchas. Acelera de 0 a 100 km/h em 6,4 segundos.

A nova Classic pesa 3.084 quilos, tem 5,81 metros de comprimento, 2,01 metros de largura, 1,90 m de altura e 3,57 metros de entre-eixos, com capacidade de carga de 554 quilos. Como se não bastasse, pode rebocar até 4.499 kg .

 

Ram 1500 Classic. Foto: Ram - Reprodução

 

Ram 1500 Classic. Foto: Ram - Reprodução

 

O modelo, que virá importado do México, na versão Laramie , terá para-choques, grade e retrovisores cromados. Enquanto isso, na variante RT, o visual terá uma pegada mais esportiva. Entre as novidades, virá com rodas, capas dos retrovisores, para-choques e maçanetas com acabamento em preto.

Leia Também:  Pesquisa FSB/BTG: Lula perde 2%, mas ainda lidera com 44% no 1º turno

Em 2021, o modelo atuou no segmento das picapes maiores, sem concorrentes no Brasil. Alcançou a marca de  2.760 unidades vendidas , ou seja, um crescimento de 87,1% comparado com o ano anterior.

A nova RAM deve chegar nos próximos meses e seu preço deve ser algo em torno de  R$ 450 mil , valor pedido pelo modelo 1500 Rebel e 2500 . Até o momento. Em breve, atualizaremos com mais informações. Assista abaixo o vídeo da nova RAM 1500 Classic.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carros e Motos

Veja uma coletânea de histórias envolvendo o Jeep Grand Cherokee

Publicados

em

Jeep Grand Cherokee 2011 sobe no palco do Javits Center, em Nova York (EUA), durante apresentação do modelo
Divulgação

Jeep Grand Cherokee 2011 sobe no palco do Javits Center, em Nova York (EUA), durante apresentação do modelo

A criação da fama de um veículo sempre foi um espetáculo à parte. Fazendo um mergulho em fatos da história do Jeep Grand Cherokee é possível entender porque ele é reconhecido como um poderoso SUV. No ano de 2011, por exemplo, eu pude participar da conferência de lançamento do SUV, totalmente renovado.

O evento foi no Javits Center, um grande e famoso centro de convenção em Manhattan, Nova York. Um exemplar prata do Jeep Grand Cherokee veio rodando e subiu, como um astro, as escadas até o palco.

Foi criada toda uma estrutura para suportar os 2,1 mil kg e o 268 cv do modelo. A subida foi facilmente completada e a proposta foi mostrar indoor o funcionamento da suspensão a ar, das rodas independentes e molas helicoidais.

Leia Também:  Aumento da gasolina faz motoristas migrarem para as motos

Há 44 anos, o nome Cherokee praticamente se tornou uma marca própria. Entretanto, no ano passado, o chefe da Nação Cherokee afirmou que deseja que modelo da Jeep deixe de usar o nome de sua tribo.

A Stellantis , atual dona da marca, afirmou que “o nome foi escolhido cuidadosamente e cultivado durante anos para homenagear o povo nativo americano por sua bravura”.

Outro ponto interessante é que o Grand Cherokee passou sob a direção de grupos distintos. Além da Stellantis, que de quem herdou o nome Jeep, foi administrado pelas marcas Chrysler (montadora original) e Daimler .

Voltando ao presente, a Jeep confirmou que seu próximo lançamento no Brasil será o novo Jeep Grand Cherokee 4xe. Ele tem um sistema híbrido plug-in com uma potência combinada (gasolina e elétrico) de 380 cv e um consumo médio de 23,7 km/l.

Nada mau, mas o preço deve ser superior a R$ 400 mil. Um modelo para poucos mas, com a versão híbrida , representa mais um capítulo da série de histórias do Grand Cherokee .

Leia Também:  VW Hormiga, um caminhão com mecânica de Fusca feito no México

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA