Política Nacional

“Queria ver Moro candidato”, ironiza Lula ao criticá-lo

Publicados

em


source
Lula
Agência Brasil

Ex-presidente Lula

O ex-presidente Lula (PT) criticou o ex-ministro da Justiça Sergio Moro nesta sexta-feira (31) pelo Twitter. “Eu queria ver o Moro candidato”, escreveu o petista sobre o ex-juiz que expediu seu mandado de prisão.

“Queria ver ele em um debate. Convidei ele pra debater comigo e ele fugiu. Não tinha coragem de me olhar nos olhos nem quando vestia a toga. Imagina agora”, escreveu Lula sobre a época que Moro foi juiz da Lava Jato.

O petista afirmou que Moro “fez parte de um jogo sujo que acabou sujando a história do judiciário brasileiro” em referência ao julgamento do caso do triplex no Guarujá – no qual o ex-juiz condenou Lula a nove anos e seis meses de prisão. 

Lula afirma que é inocente e que teria sido vítimas de acusações falsas, por isso diz que Moro “fez parte de um jogo sujo”. Veja a publicação do petista: 

Leia Também:  "Sigo os médicos, não o Bolsonaro", diz Doria sobre tomar cloroquina

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política Nacional

Weintraub recebe título de “persona non grata” no DF por sua “incompetência”

Publicados

em


source
weintraub
Alan Santos/PR

Ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub


A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) aprovou por unanimidade na última quarta-feira (12) uma moção de repúdio que confere ao ex-ministro da Educação Abraham Weintraub o título de ” persona non grata “, que significa “pessoa não querida”. 


A moção foi criada pelo deputado distrital Chico Vigilante (PT-DF) e qualifica Weintraub como uma pessoa com “completa falta de educação e de respeito à democracia e às instituições” e ” notória incompetência na condução das políticas educacionais”. O deputado relembra que durante  reunião ministerial no dia 22 abril Weintraub chamou o Distrito Federal de  “porcaria e cancro de corrupção e privilégio”.

Apenas três pessoas foram consideradas persona non grata pela Câmara Legislativa do Distrito Federal, estão entre eles  Augusto Pinochet, ditador chileno , em 1998; Jean Pierre Juneau, embaixador do Canadá, devido a proibição de importação de carne bovina brasileira, em 2001 e George W. Bush, ex-presidente dos Estados Unidos , com moção aprovada em 2003.

Leia Também:  Filha de Queiroz deixou repasse após suposto vazamento do esquema

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA