Análise Política

Quem casou PR com PC do B foi um químico chamado Lula

Publicados

em

A incredulidade sobre a aliança entre PR e PC do B em Cachoeiro só existe onde menos deveria existir: na cabeça dos petistas.

 

Porque o óbvio ululante é que haja essa aliança. É só olhar como o governo do PT administra o país há dez anos, misturando todos os tipos de P,s das mais diversas cores e ideologias. E olha que esses P,s não representam só partidos, mas também velhas putas políticas.

 

O estranho nisso é uma coisa só: trata-se de o PT de Cachoeiro não comandar essa unidade. Isso sim é estranho. Talvez por isso os petistas dizem tratar-se de uma mistura de água e óleo.

 

Ora, quem ensinou essa mistura foi o Lula. Se em Cachoeiro a administração atual não soube fazê-la, não se pode culpar os ingredientes, e sim o laboratório que não teve competência de misturar.

 

O mesmo laboratório do qual tratamos também conseguiu a proeza de não colocar o PMDB nessa mistura. Mais uma vez o químico falhou em Cachoeiro, sem seguir a cartilha que o mestre Lula mandou.

Leia Também:  Cachoeiro pede a Casagrande

 

Uma pergunta: se a mistura PC do B/PR/PMDB tivesse sido feita sob o comando do PT, pareceria estranho? Pareceria algo tipo água, óleo e azeite?

 

Repito: não há nada de errado, exceto o fato de não ser o PT o autor da façanha. Se a união PR/PC do B não agrada a um ou a outro, isso é apenas um ponto de vista.

 

Mas todo ponto de vista é visto de um ponto.

 

***********************************************************

 

Mas um dia chegou e nós desprevenido / Caímo no chão como dois inimigo / Nos batendo estropiando destruindo o construído…/ No fundo do tacho um gosto de fel/ Mas um dia as abeia se voltam todinhas/ E no milagre da lida/ O amor vira mel / No milagre da lida/ O amor vira mel“ – Eta Nóis (Luli e Lucina)

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Análise Política

Em Mimoso do Sul, o dinamismo do jovem Peter Costa!

Publicados

em

Não é tarefa difícil encontrar com o jovem gestor pelas ruas da pacata cidade de Mimoso do Sul. Com perfil diferente dos habituais “prefeitos de gabinete”, Peter Costa está sempre presente no dia a dia do cidadão e nas ações desenvolvidas pela gestão mimosense.

Em apenas seis meses de mandato, Peter já “deu outra cara” para o município. Hoje é praticamente impossível apontar um ponto fraco da gestão, que tem promovido uma verdadeira transformação da maneira mais austera possível.

Secretários, seguindo o mesmo modelo de trabalho do prefeito, colocam a mão na massa (literalmente), utilizam mão de obra própria, fomentam parcerias com associações, e isto tem sido fator importante no momento agradável que a cidade vive.

A verdade é que uma cidade bonita e bem cuidada contribui para um ambiente de negócios favorável. Aumenta a autoestima do cidadão e impulsiona o comércio.

Peter encontrou um desafio gigante na saúde, que é a gestão da pandemia. É desafiador sanar qualquer demanda reprimida quando as cirurgias eletivas estão reduzidas ou até suspensas. O foco central de qualquer secretaria de saúde do país é controlar a doença que vem abalando não só a saúde, mas a economia. Em paralelo é preciso cuidar das outras doenças, atuar na prevenção e no atendimento emergencial. A tarefa não é simples, mas tem sido administrada com profissionalismo e seriedade.

Leia Também:  Em defesa da Agersa – Ilauro Oliveira

Cerca de 50% da população da cidade já foi vacinada com a primeira dose, 5.440 pessoas já estão completamente imunizadas.

Em um momento onde novos caminhos políticos surgem, vale a pena observar o trabalho de Peter. Não se admire de encontrá-lo em cadeiras ainda mais importantes no Estado em poucos anos.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA