Carros e Motos

Projeto de lei quer isentar carro importado de imposto

Publicados

em


source
BMW M8 Gran Coupé Competition
Divulgação

BMW M8 Gran Coupé Competition é um dos modelos importados que tem preço nas alturas por causa de impostos e da alta cotação de dólar


O Projeto de Lei nº 5.221/2020, que tramita atualmente na Câmara dos Deputados, promete mexer com o preço dos carros de passeio importados vendidos no Brasil. A proposta, de autoria do deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) prevê que esses veículos fiquem isentos da cobrança do imposto de importação até 31 de dezembro de 2022.


Na justificativa do projeto, o parlamentar destaca que o objetivo da medida seria auxiliar o reaquecimento do segmento de venda de carros importados , que segundo Miranda “que tem sofrido não só com o encolhimento da economia, mas também com a alta do dólar”

Atualmente, apenas modelos produzidos nos países do Mercosul e no México se beneficiam da isenção da alíquota de importação, por conta de acordos comerciais que também permitem a exportação de automóveis feitos no Brasil sem a taxação. Para os carros produzidos em outras nações, a aliquota é de até 35%.

Leia Também:  Range Rover Evoque e Discovery Sport estreiam na linha 2021

Em abril, com importadores impactados pela pandemia, a Abeifa (Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores), chegou a protocolar junto ao governo federal um pacote de propostas que pedia a redução do imposto de importação para 20%. De lá para cá, o segmento acompanhou a retomada do restante do mercado. Mas de acordo com a entidade, que reúne os importadores de veículos, a instabilidade cambial ainda é um fator dificulta trazer produtos importados em volumes maiores.

Números do mercado

importados
Divulgação

importados estão com queda de 21% nas vendas em 2020 em relação ao ano passado, segundo a Abeifa


No acumulado do ano de janeiro a outubro, as 15 marcas de automóveis filiadas à Abeifa registraram o licenciamento de 22.472 automóveis importados no País.

Queda de 21% em relação aos 28.451 veículos  importados registrados no mesmo período de 2019. Resultados negativos, mas ainda melhores que os do segmento automotivo como um todo. Segundo a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), até outubro o mercado de automóveis registrava 1.243.411 emplacamentos. Queda de 32,78% na comparação com o período entre janeiro e outubro do ano passado.

Leia Também:  México anuncia plano para que a Ford aumente investimentos no país
Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros e Motos

Projeção antecipa visual da futura Renault Duster Oroch 2022

Publicados

em


source
Renault Oroch não foi atualizada com o Duster; fabricante entende que ciclo de vida da picape não depende do SUV
Kleber Silva

Renault Oroch não foi atualizada com o Duster; fabricante entende que ciclo de vida da picape não depende do SUV

A nova geração do Renault Duster está próxima de completar um ano de mercado, mas a picape Oroch permanece sem mudanças, da mesma forma que chegou em 2016. Sua atualização deverá ser o próximo passo da Renault do Brasil em 2021, e o designer  Kleber Silva elaborou uma projeção para antecipar como o modelo ficará com o rosto da nova geração do Duster.

Da coluna centrall em diante, o modelo fabricado em São José dos Pinhais (PR) será idêntico ao Duster, mantendo todos os atributos do SUV até mesmo no interior. O modelo é aguardado com a central multimídia Media NAV Evolution, com nova interface e conectividade para celulares pelos sistemas Android Auto e Apple CarPlay. 

Interior do Renault Duster 2021, antecipando o que podemos esperar para a picape intermediária Oroch
Divulgação

Interior do Renault Duster 2021, antecipando o que podemos esperar para a picape intermediária Oroch

Sem novidades abaixo do capô, a Oroch irá manter o motor 1.6 SCe do SUV, desenvolvendo 118 cv a 5.500 rpm e torque de 16,2 kgfm quando abastecido com gasolina. Com etanol a potência é de 120 cv a 5.500 rpm e torque de 16,2 kgfm. 

Leia Também:  Range Rover Evoque e Discovery Sport estreiam na linha 2021

O câmbio será sempre manual, de cinco marchas. Há expectativa de que a caçamba supere a capacidade atual de 683 litros e carga útil de 680 kg. 

Quando for lançada no segundo semestre de 2021, já como modelo 2022, a Renault Oroch deverá abandonar as antigas nomenclaturas de versões Express, Expression e Dynamique para adotar o novo padrão da Renault, com as alcunhas Zen, Intense e Iconic.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA