Economia

Programa solidário da LATAM ajuda instituição pernambucana em celebração ao mês das crianças

Publicados

em


source

Contato Radar

undefined
Gabriel Araújo

Programa solidário da LATAM ajuda instituição pernambucana em celebração ao mês das crianças

A LATAM Brasil, através de seu programa Avião Solidário, transportou mais de 1.600 itens entre brinquedos e roupas de bebê para as comunidades apoiadas pela instituição Amigos do Bem, em Recife.

Os itens foram doados por funcionários da companhia no intuito de alegrar a vida de crianças e famílias que vivem em comunidades do sertão nordestino durante outubro, mês em que o Dia das Crianças é comemorado.

Há 9 anos o programa solidário da LATAM beneficia a América Latina por meio da conectividade e da capacidade de transporte de negócios de passageiros e de carga da companhia. Ainda em outubro, a LATAM transportou EPIs para médicos que atuam nas comunidades indígenas na Amazônia .

Abaixo, veja o vídeo produzido pela companhia com os brinquedos arrecadados e repassados para a instituição pernambucana:

O post Programa solidário da LATAM ajuda instituição pernambucana em celebração ao mês das crianças apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Leia Também:  Boeing divulga prejuízo acumulado no ano de 3,5 bilhões de dólares

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Dólar se aproxima de R$ 5,80 com risco de lockdown na Europa e tensão no Brasil

Publicados

em


source

Brasil Econômico

dólar
Arquivo/Agência Brasil

Dólar opera em forte alta e se aproxima de R$ 5,80 nesta quarta-feira (28)

O aumento exponencial de casos do novo coronavírus (Sars-Cov-2), especialmente nos Estados Unidos e na Europa, e a volta de atritos políticos no Brasil, fizeram o dólar comercial disparar nesta quarta-feira (28). Por volta das 10h00, a moeda americana era negociada com alta de 1,18%, valendo R$ 5,753. Na máxima do dia, o dólar chegou a atingir R$ 5,79. O Ibovespa, principal indicador da Bolsa brasileira, a B3, cai com força. Às 10h45, a queda é de 2,42%, a 97.194 pontos.

Nas últimas 24 horas, os EUA registraram 73,2 mil pessoas infectadas com o novo coronavírus, de acordo com levantamento da universidade Johns Hopkins. Dois dias antes, foram 60 mil pessoas diagnosticadas com a doença. O país com o maior número de casos e mortes dá sinais de que, assim como a Europa, viverá novas restrições e terá mais casos.

Leia Também:  Boeing divulga prejuízo acumulado no ano de 3,5 bilhões de dólares

Por enquanto, o cenário europeu é mais agravante. A França, país onde os números de contaminação não param de subir, cogita a possibilidade de decretar novo lockdown (confinamento total). Informações preliminares apontam que o governo Macron estuda ampliar a duração do toque de recolher e implementar o confinamento aos fins de semana.

“A agressiva segunda onda de coronavírus na Europa e a piora do quadro nos EUA adicionam forte incerteza a um ambiente que já conta com forte volatilidade em função da proximidade com as eleições americanas”, escreveram os analistas da Guide Investimentos.

Internamente, o cenário também não ajuda. Na véspera, o presidente da Câmara, Rodrigo maia (DEM-RJ), criticou a obstrução na votação de pautas importantes na Casa pela base do governo. Ele acrescentou que a votação do Orçamento de 2021 pode ficar só para depois de março, e ainda disse que o dólar poderia chegar a R$ 7 no ano que vem .

“Além de atrasar a aprovação do Orçamento de 2021, o impasse acaba impedindo que todos os projetos de interesse do governo, incluindo várias medidas provisórias com data de expiração, sejam analisadas”, complementaram os analistas da Guide.

Leia Também:  Dólar se aproxima de R$ 5,80 com risco de lockdown na Europa e tensão no Brasil

Nesta quarta, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decide o novo patamar da taxa básica de juros, a Selic. A projeção do mercado é que ela seja mantida nos atuais 2%, mas os investidores aguardam a ata da reunião para saber os próximos passos da autoridade monetária.

A incerteza global também penaliza o petróleo. A cotação do barril do tipo Brent (referência internacional) opera com queda de 3,88%, valendo US$ 39,60. Diante do aumento de casos de Covid-19, teme-se que a demanda por matéria-prima seja reduzida.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA