Economia

Procon-RJ fiscaliza 528 postos para verificar queda nos combustíveis

Publicado em

Governo do estado fiscaliza 528 postos de gasolina para garantir redução do ICMS
Divulgação

Governo do estado fiscaliza 528 postos de gasolina para garantir redução do ICMS

Fiscais do Procon-RJ , das secretarias de Defesa do Consumidor e da Fazenda realizaram mais um dia de operação em postos de combustíveis . Segundo dados oficiais, 528 estabelecimentos em todo o território fluminense receberam a visita das equipes e 76% deles reduziram o preço da gasolina e do etanol nas bombas. Ao todo, 121 postos foram autuados por diversas irregularidades e 139 foram advertidos por problemas na transparência dos preços.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG 

O objetivo da fiscalização, segundo o governo do estado, é garantir que a redução de 32% para 18% na alíquota do ICMS sobre a gasolina e o etanol chegue até os consumidores. De acordo com o Procon, a média de preço da gasolina era R$ 7,80 hoje, o preço na bomba é de R$ 6,37 para gasolina e R$ 5,24 para o etanol.

Leia Também:  IRPF 2022: com Selic alta, vale esperar para receber restituição?

Entre os 121 estabelecimentos autuados, foram encontrados problemas como preço fora da expectativa após redução do ICMS, ausência da tabela de transparência da composição de preços visível para os clientes, produtos fora da validade e comercialização de gasolina com problemas de qualidade e quantidade.

Os fiscais do Procon-RJ orientaram 139 postos sobre o cumprimento do Decreto Federal 11.121, que determina a exposição dos preços de combustíveis comparando o valor na bomba no dia 22 de junho e o valor atual. Com o decreto, uma nota técnica foi publicada, recomendando que as autuações aconteçam após o posto ser orientado.

Início das fiscalizações

A primeira operação para verificar a redução nos postos foi realizada no último dia 4, quando 45 locais foram autuados. A multa para postos que não cumprem a decisão do governo pode chegar a R$ 12 milhões. No dia 5, os agentes também estiveram na refinaria Reduc realizando coleta de informações, com o objetivo de avaliar a vazão de Diesel S10 e Gasolina Tipo A para as distribuidoras localizadas no estado. As informações analisadas cobrem o período de 29 de junho a 3 de julho, ou seja, dois dias antes e depois do Decreto Estadual com validade a partir de 01/07/2022.

Leia Também:  INSS prorroga prazo de vigência de perícia médica por teleavaliação

Em entrevista, o governador Cláudio Castro frisou a necessidade dos postos cumprirem a determinação. “O Rio de Janeiro fez um esforço fiscal muito grande para diminuir o ICMS da gasolina. Essa queda tem que ser repassada 100% para o consumidor. Nós vamos manter a fiscalização”, disse o ele.

Fonte: IG ECONOMIA

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Economia

Uber vai acabar com o Rewards, seu programa de fidelidade

Published

on

O programa Rewards chegou ao Brasil em 2019
Giovanni Santa Rosa

O programa Rewards chegou ao Brasil em 2019

A Uber comunicou a usuários do aplicativo de transporte neste fim de semana que vai encerrar o seu programa de fidelidade, o Rewards, que chegou ao Brasil em 2019. A decisão, segundo a empresa, é global e não haverá um programa substituto, ao menos por enquanto.

O programa permitia a usuários da plataforma acumular pontos a cada corrida ou pedido (no caso do Uber Eats), os quais poderiam ser trocados por benefícios como descontos na própria plataforma ou em parceiros como serviços de streaming.

Neste sábado, usuários da plataforma no Brasil receberam um comunicado sobre o assunto. “Você tem até o dia 31 de agosto para acumular pontos. Depois dessa data, os benefícios atrelados aos níveis do programa também deixarão de existir.”

Leia Também:  PIB cai 0,44% em abril, diz BC

Segundo o comunicado, os pontos já acumulados poderão ser trocados por benefícios até 31 de outubro de 2022. Em 1º de novembro, o Uber Rewards será “totalmente encerrado”, segundo o anúncio. Os usuários podem visualizar seus pontos e resgatar seus benefícios na seção ‘Conta’ no app da Uber.

O fim do programa não ocorrerá apenas no Brasil, e sim em todas as operações da Uber no mundo. Segundo o site The Verge, usuários nos Estados Unidos também receberam comunicado semelhante. O encerramento do benefício ocorre após a plataforma realizar, no Brasil, pesquisas com usuários sobre a avaliação que faziam dos benefícios oferecidos. Por aqui, a plataforma enfrenta forte concorrência da 99, controlada pela chinesa Didi.

“No sábado, dia 13 de agosto, anunciamos aos nossos usuários que o Uber Rewards será encerrado em 1° de novembro. (…) Agradecemos aos nossos usuários pela fidelidade e por fazerem parte do Uber Rewards”, disse a Uber em nota.

No segundo semestre deste ano, a Uber teve, globalmente, um prejuízo de US$ 2,6 bilhões (R$ 13,2 bilhões no câmbio atual), ante lucro de US$ 1,14 bilhão registrado no mesmo período de 2021.

Leia Também:  Ações da Tesla caem 8% e analistas mandam comprar; Musk anuncia robô

Apesar disso, e de buscar encerrar suas operações mais deficitárias (a exemplo da operação de delivery do Uber Eats no Brasil), a plataforma tem aumentado sua receita. O faturamento no segundo semestre deste ano foi de US$ 8,07 bilhões, o dobro do registrado de abril a junho de 2021.

Entre no canal do Brasil Econômico  no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

Fonte: IG ECONOMIA

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA