Estado

Procon-ES orienta sobre pagamento de contas durante a quarentena

Publicados

em

 

.

Como forma de prevenção e controle do Covid-19 foram necessárias medidas de fechamento de estabelecimentos comerciais e suspensão do atendimento ao público. A dúvida que permeia os consumidores atualmente é sobre o pagamento das contas. Por essa razão, o Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-ES) preparou algumas orientações.

A situação atual é delicada no País inteiro, mas não isenta o consumidor do pagamento das contas. Para evitar a cobrança de juros e multas, o Procon-ES orienta o consumidor a buscar um meio alternativo para quitar as dívidas.

Para evitar se endividar, o consumidor deve pagar as contas até a data de vencimento. Na impossibilidade de quitação de todas as contas, diante do cenário delicado que temos enfrentado, que seja priorizada a quitação das contas que possuem alta cobrança de juros e multas, em caso de atraso, como cartão de crédito, cheque especial e aluguel, por exemplo, e busque negociar com as empresas a dilação de prazo para pagamento ou o parcelamento das demais contas.

O diretor-presidente do Procon-ES, Rogério Athayde, informou que algumas empresas já estão fornecendo condições facilitadas para o pagamento das contas. A Cesan, por exemplo, está isentando famílias que participam de algum programa social do Governo do pagamento das faturas de março e abril. Os bancos associados à Federação Brasileira de Bancos (Febraban) estão prorrogando por 60 dias os vencimentos de dívidas dos consumidores para os contratos vigentes e em dia.

Leia Também:  Procon-ES dá orientações para evitar transtornos durante viagens de Carnaval

“Diálogo, bom senso e negociação são palavras de ordem nesse momento. Sugerimos que o consumidor esgote todas as possibilidades para pagamento das contas. Importante manter contato com o fornecedor, por meio dos seus canais de atendimento digitais e telefônicos, para se informar sobre as formas de pagamento disponíveis para a quitação das dívidas, a fim de evitar o deslocamento até os caixas eletrônicos. É obrigação da empresa fornecer todas as informações. Caso não existam formas de pagamento alternativas ou caso ocorra dificuldade para que o consumidor possa usufruir desses canais de atendimento, neste caso, não poderá haver a cobrança de encargos por suposto atraso pelo não pagamento”, ressaltou Athayde.

Ele disse ainda que essa é a recomendação atual, mas que podem haver mudanças. “Recomendamos que os consumidores façam contato com o Procon-ES, em caso de dúvidas, e acompanhe as redes sociais”.

O atendimento presencial do Procon-ES está temporariamente suspenso, mas continua atendendo à população pela internet e pelo telefone. Dúvidas, denúncias e reclamações podem ser registradas por meio do App Procon-ES (Android), do Fale Conosco, pelo site www.procon.es.gov.br (iPhone) ou pelos telefones 151, 3332-4603, 3332-2011, 3381-6236.

Leia Também:  Estado quer aportar R$ 100 milhões em fundo

 

 

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Procon-ES
Amanda Ribeiro
(27) 3132-1840
[email protected]

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Cursos semipresenciais do Qualificar ES terão encontros on-line

Publicados

em


.

O Programa Qualificar ES, desenvolvido pela Secretaria da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti), oferece três cursos semipresenciais em andamento: “Introdução a Libras”, com encontros presenciais em Vila Velha; “Metodologias Ativas na Educação”, com encontros em São Mateus; e “Programação Neurolinguística – PNL”, com encontros presenciais no município de Montanha. Os mais de 200 cursistas são profissionais da educação capixaba. 

Devido à necessidade de isolamento social imposta pela pandemia do novo Coronavírus no Espírito Santo, os três encontros presenciais dos cursos semipresenciais, previstos nos editais de seleção que ainda faltavam ser realizados, tiveram que ser suspensos. 

A solução encontrada pela Secretaria para dar andamento aos cursos de “Metodologias Ativas na Educação” e “Programação Neurolinguística – PNL” foi de manter o encontro entre os alunos e seus professores, mas de forma digital. Dessa forma o encontro presencial que aconteceria no próximo sábado, dia 04 de abril, será realizado por meio de webconferência. 

A Subsecretária da Secti, Solange Maria Batista de Souza, destacou a importância da ação. “A nossa decisão é com base na Resolução 5.477/2020, do Conselho Estadual da Educação, que autoriza as disciplinas teóricas de forma on-line. O objetivo da decisão é mantermos, da melhor forma possível, o planejamento dos cursos. Entendemos que este é um momento muito delicado para toda sociedade. Por isso, decidimos manter as atividades de forma digital. Vamos fazer o possível para que os nossos alunos não tenham os estudos prejudicados por esta pandemia. Nós contamos com a participação de todos os cursistas nas aulas on-line e desejamos bons estudos”. 

Leia Também:  Sedu lança Chamada Pública da agricultura familiar

A Secti reforça que é obrigatório o acesso de todos os alunos, pois a aula contará como presença. A webconferência acontecerá das 9h às 11h. O link de acesso será fornecido pelo e-mail de cadastro de cada aluno e no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Para mais informações, o cursista deve entrar em contato com o seu professor. 

Já o curso de “Introdução a Libras” não terá webconferência como substituição do encontro presencial no próximo sábado (04). Os três encontros restantes serão realizados posteriormente. “Estamos orientando os professores do curso de “Introdução a Libras” que gravem vídeoaulas para manter as salas ativas. Vale ressaltar que o curso terá continuidade on-line e que, posteriormente, iremos verificar como ocorrerão os encontros presenciais. O curso apresenta uma ementa bem intensa sendo necessário alguns encontros presenciais”, explicou a subsecretária Solange Maria Batista de Souza.

 

Texto: Samantha Nepomuceno

 

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Secti
Samantha Nepomuceno
(27) 3636-1822 / (27) 3636-1819
[email protected]

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA