Notícias em Geral

Previsões 2020 – Taróloga, quiróloga e grafóloga Célia Siqueira

Publicados

em

Você acredita?

Previsões sobre política, artistas, entre outros

Por | 27.12.2019

PREVISÕES:

Política

A política no Brasil começa turbulenta, muito instável com a libertação de algumas pessoas importantes, e retorno de algumas à prisão. O presidente passará por muitos problemas que irão abalar sua saúde, e também, por muita repressão, pois fala de maneira agressiva e arruma muito conflito com os países vizinhos, que antes eram aliados ao Brasil.

Negócios e Saúde

Um ano de muitos trabalhos positivos e crescimento para a área empresarial. Grandes empresas farão fusões, novamente um aquecimento satisfatório no setor imobiliário. Nas áreas de medicações e saúde, novidades nos lançamentos de medicamentos, ou seja, muitas vitórias na área da ciência, descobertas de curas de doenças, medicamentos novos no mercado e muitas coisas boas sendo feitas por brasileiros, visto pelo mundo todo.

Amor

É o ano para os corações solitários, pessoas que estão sozinhas e que almejam um relacionamento sério, devem encontrar seus parceiros. Um ano muito positivo para o amor. Será um ano de menor índice de divórcio e de aumento de casamentos.

Justiça

Para pessoas que possuem ações pendentes na justiça, ações honestas em sua maioria, serão resolvidas, incluindo aqueles que esperam por muito tempo solução em ações que envolvem liberação de dinheiro. Nestes casos, muitos assuntos serão resolvidos no primeiro semestre. É um ano de muita justiça e riqueza, para quem luta, trabalha e deseja melhora de vida. No segundo semestre será um período de grandes projetos, compras de propriedades (casas), intensidade no trabalho e muitas vitórias na área profissional.

Leia Também:  Hospital Comunitário vai atender adultos e crianças em Atílio Vivácqua

Esporte

Acontecerá uma grande perda no esporte, que trará muita tristeza a comunidade brasileira esportiva.

Empregos

Para as pessoas desempregadas será um excelente ano, surgirão novos empregos, novas formas de renda, negócios novos e independentes. Para área comercial, será um ano muito positivo, de muito trabalho e oportunidades para o povo brasileiro.

Catástrofes

É previsto algumas catástrofes em áreas já prejudicadas, como na Amazônia, que será bastante atingida. Terá ainda muitos incêndios, em prédios como nos últimos anos e acidentes aéreos. Realmente será um ano em que iremos passar por acidentes graves, incluído aéreo, com grande comoção para o povo brasileiro, uma perda muito grande coletiva.

Exterior

Política externa muito confusa e caótica, muitas brigas em outros países, mesmo em meio à confusão, a população mundial consegue se preocupar um pouco mais com o bem-estar, natureza e melhora do indivíduo. Países que estão em crise, vão continuar em crise. E haverá um movimento notório, uma mudança grande na presidência de algumas nações.

Educação

Área acadêmica melhora muito, o brasileiro melhora na educação e isso ajuda bastante novos projetos educacionais, não só feitos pela população, mas muitas pessoas importantes unem-se e ajudam mais para que esses projetos tenham sucesso.

Família

Haverá menos briga e mais harmonia nas famílias, mais união.

Leia Também:  PREÇO DA GASOLINA DEVE CAIR AINDA ESTE ANO

Famosos

A partir de março, teremos perdas de pessoas de grande poder cultural em nosso país e também, personalidades idosas.

Artistas mais sumidos da mídia voltarão trazendo novidades, será um ano de pouco lançamento de novos artistas, ou seja, menos novos artistas em 2020 e mais antigos artistas em 2020.

Haverá muitas demissões em emissoras, apresentadores de médias emissoras indo para outras, e emissoras de grande porte, demitindo em grande massa.

Alguns famosos:

Sabrina Sato

Um ano de grande movimento, trabalho e sucesso na tv, assumindo programas já consolidados, podendo de ser um grande comunicador.  Poderá ter uma predisposição durante 2020, mas nada que atrapalhe o desenvolvimento de sua carreira.

Luciano Hulk

Luciano Hulk terá um ano agitado no cenário político brasileiro, continua fazendo bastante sucesso e só precisa ter um pouco mais de atenção a saúde de seus pais.

Whindersson Nunes

Para o Whinderson Nunes é um ano financeiramente muito bom, com bons cachês e podendo ser até indicado a participar de um quadro humorístico de um programa de televisão. Um ano com grandes chances de ser pai.

Anitta

O ano de 2020 não será um ano muito fácil para Anitta como em 2019. Problemas com colaboradores próximos, projetos que não sairão facilmente do papel e justiça. Um namoro bem polêmico pode surgir também.

 

 

 

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias em Geral

Médicos cubanos de Cachoeiro serão substituídos até o início de 2017

Publicados

em

Por

Por | 00.00.

Em Cachoeiro de Itapemirim, o contrato de parte dos 19 médicos cubanos que atuam na cidade e seus distritos por conta do programa Mais Médicos se encerra entre o fim deste ano e março de 2017, e não será renovado. Já há previsão de reposição dos profissionais, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, que também espera que o número de médicos do programa no município aumente para 24. Apesar disso, a situação causa incertezas, e os profissionais do país caribenho divergem quanto à vontade de permanecer e as consequências da substituição.

O caso de Cachoeiro reflete um movimento a nível nacional. O Governo Federal pretende reduzir progressivamente, nos próximos três anos, o número de médicos cubanos atuando no Brasil de 11.429 para 7.429 – no total, há 18.240 profissionais atuando pelo Mais Médicos no país atualmente. O objetivo da medida é aumentar a ocupação de vagas por brasileiros no programa, mas tudo dependerá de as vagas serem ou não atrativas para eles.

Além disso, até o fim do ano, cerca de 4 mil médicos cubanos que atuam no Brasil desde 2013 serão substituídos após o fim de seus contratos – uma demanda do próprio governo cubano, segundo informações do jornal Folha de São Paulo. Mesmo assim, a Secretaria Municipal de Saúde afirma em nota que “a substituição informada pelo governo federal é referente aos médicos do primeiro e do segundo ciclos do programa, e Cachoeiro foi contemplado no terceiro.”

Cubanos opinam

 

“Eu gostaria de ficar. Mas não tem jeito, não é uma decisão que cabe a mim”, afirma omédico cubano Alberto René Garcia Roque, que desde março de 2014 trabalha na Unidade Saúde da Família Jardim Itapemirim – a qual possui o maior número de profissionais do Mais Médicos no município, com três. Roque tem um filho que está se formando em medicina, e há grande possibilidade de ele vir atuar no Brasil.

Leia Também:  Caminhada Rosa acontece neste sábado

Marileleidys Navarro Gil, colega de Alberto Roque em Jardim Itapemirim e que, junto com o marido, também veio atuar no Brasil por conta do Mais Médicos em fevereiro de 2014, opina que a falta de continuidade do trabalho dos médicos é ruim para o país.

“A cada substituição, todo o ciclo de adaptação do profissional e da unidade de saúde tem que começar novamente”, diz ela. Apesar disso, Gil quer voltar ao seu país de origem por causa da filha de oito anos que ficou por lá. “O mais difícil para nós é ficar longe da família”, complementa.

Navarro avalia ainda que a estrutura de trabalho que recebeu foi, no geral, muito boa. Mas aponta um grande desafio da saúde pública não só de Cachoeiro, mas do Brasil: a dificuldade de marcar exames.

“Em Cuba, se precisamos fazer um ultrassom, por exemplo, conseguimos realizar na hora. Aqui há muita dificuldade em relação a isso, o que atrapalha no momento de dar o diagnóstico de alguma enfermidade”, diz ela.

Já Anaíris Nora Solís, médica que chegou de Cuba há menos de um mês para ficar três anos em Cachoeiro, se diz contente e entusiasmada com a experiência. “Estou muito feliz de estar aqui. A unidade de saúde aqui de Jardim Itapemirim tem uma estrutura muito boa”, afirma.

Idioma complica

Por parte dos pacientes brasileiros, a principal dificuldade em relação aos médicos cubanos é com a diferença de idioma. “Não acerto muito com o que eles falam, àsvezes até a letra da receita é difícil de entender. Mas são muito atenciosos, o atendimento é bom. E é melhor ter eles do que não ter nenhum”, afirma a aposentada Maria Candida Moura, moradora de Jardim Itapemirim.

Leia Também:  PREÇO DA GASOLINA DEVE CAIR AINDA ESTE ANO

Noélia Motta da Silva, moradora do bairro Boa Esperança, afirmaque também já teve dificuldades com a fala dos cubanos, mas foi um problema superado. “Falando mais devagar a gente consegue entender”, complementa. Já o seu marido, Paulo Madeira da Silva aprova o atendimento dos médicos de Cuba e da estrutura da USF de Jardim Itapemirim. “Aqui é um dos melhores postos de Cachoeiro. Tem tudo o que a gente precisa aqui”, afirma.

Problemas

 

Apenas uma paciente ouvida pelo Aqui Notícias, e que preferiu não se identificar, relatou ter passado por uma situação ruim durante um atendimento de um médico de Cuba. “Eu não entendi o ele falou e pedi para repetir. Daí ele me perguntou irritado: ‘Você é surda?’”, afirma.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, 12 médicos cubanos deixaram de atuar no município por problemas diversos. Dois deles foram mandados embora por indisciplina. Mais dois pediram o encerramento do contrato antes do previsto. E oito abandonaram os postos de trabalho sem avisar previamente ou comunicar para onde iriam.

Bairros e distritos de Cachoeiro com unidades de saúde nos quais 19 médicos cubanos (dez homens e nove mulheres) atuam:

Abelardo Machado – 1

Aeroporto – 1

Amaral – 2

Burarama – 1

Conduru – 1

Coutinho – 1

Gironda – 1

Itaoca -1

Jardim Itapemirim – 3

Otton Marins – 1

Pacotuba – 1

Alto União -1

Valão -1

Village da Luz -1

Zumbi – 2

fonte http://www.aquinoticias.com/

 

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA