Cidades

Presidente Kennedy terá Escola Cívico-Militar na rede municipal

Publicados

em

O prefeito de Presidente Kennedy Dorlei Fontão se reuniu na manhã desta segunda-feira (11) com o Comandante Geral da Polícia Militar do Espírito Santo, Coronel Douglas Caus, para tratar sobre a implantação da escola Cívico-Militar no município.

A nova escola, que funcionará com uma parceria entre o Executivo municipal com a Polícia Militar, já encontra-se em fase de finalização de obras, na comunidade de Marobá.

Além das aulas básicas, os estudantes também terão outras disciplinas como ética e civismo. A escola deve ser inaugurada ainda no primeiro semestre de 2021.

O modelo a ser implantando em Presidente Kennedy utiliza como referência os colégios militares, que são reconhecidos de forma pública e notória como sistema de ensino de sucesso, com destaque para o bom rendimento nos alunos nas provas e exames. O objetivo é agregar tudo o que for positivo para melhoria da educação dos estudantes kennedense

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Deputado Luciano Machado destina máquina de pilar café via emenda parlamentar para comunidade de Burarama, em Cachoeiro
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Julho de 2021 foi o mês menos letal da pandemia em Cachoeiro

Publicados

em

Cachoeiro de Itapemirim fechou o último mês de julho com 11 mortes por Covid-19. O número é menor do que o de maio de 2020 (13), primeiro mês em que o município registrou óbitos causados pela doença, conforme dados do Painel Covid-19 – Estado do Espírito Santo.

Os números de julho também representam uma queda abrupta em relação aos últimos meses – desde outubro de 2020 a quantidade de óbitos mensal não ficava abaixo de 20. Em junho, o número de óbitos registrados foi 42. O mês mais letal da pandemia foi abril de 2021, com 70 mortes.

Por outro lado, o número de casos confirmados foi maior do que os do primeiro mês da pandemia com óbitos registrados: 842 em julho deste ano, contra 570 de maio de 2020. Esses dados indicam que a vacinação já está contribuindo para a redução do número de mortes.

“A vacinação tem grande influência na redução de casos graves e óbitos. Mesmo que uma pessoa vacinada seja infectada, a possibilidade de desenvolver as formas mais graves da Covid-19 ficam muito reduzidas”, comenta o secretário municipal de Saúde, Alex Wingler.

Leia Também:  Em Cachoeiro, o PPG terá atendimento odontológico de urgência e emergência 24 horas

Ainda assim, o número elevado de pessoas infectadas preocupa. A faixa etária com o maior número de casos confirmados é a de 30 a 39 anos, que foi incluída na campanha de imunização só recentemente.

“Mesmo pessoas vacinadas podem se infectar com o coronavírus e transmitir para outras pessoas. Todos precisam continuar observando as medidas sanitárias. Além disso, quem tomou a primeira dose não pode vacilar e deixar de tomar a segunda”, complementa o secretário.

Risco baixo

Nesta segunda-feira (2), pela quinta vez consecutiva, Cachoeiro inicia mais uma semana com classificação de risco baixo. Apesar da tendência de queda dos indicadores, os cachoeirenses precisam continuar cumprindo, com rigor, as medidas e regras sanitárias, para que se evite uma piora do quadro pandêmico.

“A Prefeitura de Cachoeiro tem se esforçado para cumprir o seu papel, fiscalizando o cumprimento das medidas restritivas e de e de uso obrigatório de máscara em estabelecimentos comerciais e nas ruas, além de realizar ações de conscientização. Mas precisamos que a população continue nos apoiando nesta luta contra a pandemia”, alerta o vice-prefeito Ruy Guedes, que coordena o Sistema de Comando de Operações (SCO) para combate à Covid-19 em Cachoeiro.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA