Cidades

Presidente da Câmara de Castelo vai propor cancelamento do carnaval por causa das chuvas. As exceções seriam os blocos do Piru e das Piranhas

Publicado em

União para reconstruir

Warlen Cesar Bórtoli quer que o dinheiro seja utilizado para recuperar o município

Por Ilauro Oliveira | 27.01.2020

A forma devastadora como a chuva atingiu o município de Castelo vai impor desafios aos seus governantes. E o primeiro eco da calamidade deve repercutir no carnaval deste ano.

O presidente da Casa de Leis, vereador Warlen César Bortoli (Solidariedade), vai pedir ao prefeito Domingos Fracaroli (PSDB) que cancele o carnaval deste ano, à exceção dos blocos das Piranhas e Piru. A ideia é que se use o dinheiro para ajudar na recuperação da cidade.

“O carnaval é muito importante para Castelo, mas infelizmente o momento pede união e força em favor das famílias atingidas pelas chuvas. Por isso todo dinheiro disponível será necessário para essa reconstrução. Então, vamos propor ao prefeito e aos colegas vereadores que o carnaval deste ano seja cancelado. A exceção seria para os blocos do Piru e Piranhas porque nesses casos o custo maior é desembolsado pelos próprios blocos”, disse.

O presidente disse também que caso haja necessidade poderá convocar uma sessão extraordinária para deliberar sobre o tema, mas inicialmente a proposta será feita em diálogos pessoais, tanto junto ao prefeito quanto aos vereadores e demais pessoas envolvidas nessa festividade.

Leia Também:  Presidente Kennedy implanta call center para monitorar pacientes com coronavírus

Ainda não há um levantamento exato sobre o tamanho da tragédia em Castelo, mas na última sexta-feira (24) o rio que corta a cidade subiu 8 metros e deixou mais de 100 pessoas ilhadas e inúmeras casas alagadas.

» CONFIRA AS FOTOS


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COMENTE ABAIXO:

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cidades

Uniaves abre vagas de emprego para moradores de Itapemirim; salário inicial é de R$ 1.272,00 + 300,00 ticket alimentação

Published

on

A empresa UNIAVES – grupo Pif Paf Alimentos, com sede em Castelo, com apoio da Prefeitura de Itapemirim, estará recrutando pessoas para empregar mais de 300 moradores do Município.

As vagas são para o cargo de auxiliar de produção. O salário inicial é de R$ 1.272,00 + 300,00 ticket alimentação, e outros benefícios.


Para concorrer a vaga o interessado deverá comparecer, nesta quinta-feira, dia 11 de agosto, das 08:00 às 11:00 horas, no Ginásio Waldir Alves (Av. Cristiano Dias Lopes Filho, 492, na Vila Itapemirim), ou das 13:00 às 15:00 horas, na Secretaria de Interior, em Garrafão. A empresa pede que leve currículo, porém se o munícipe não tiver, haverá currículos para preenchimento no local de entrega.

 OUTROS BENEFÍCIOS

 

Além do salário e auxílio alimentação, informado anteriormente, a empresa oferece diversos benefícios, como alimentação com custo de 0,80 centavos por dia, plano de saúde e odontológico, e ainda o 14º salário para o colaborador que atingir a produtividade no final do ano. O turno de trabalho começa às 08:00, e aos sábados é realizado o pagamento de hora extra.

Leia Também:  Presidente Kennedy implanta call center para monitorar pacientes com coronavírus


A EMPRESA FORNECERÁ TRANSPORTE OS TRABALHADORES

As vagas são para trabalhar em Castelo, no entanto a empresa oferece transporte gratuito para buscar os trabalhadores em Itapemirim, levar até a empresa, e no fim do expediente fará o deslocamento de volta ao Município.

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA