Cidades

Prefeitura de Cachoeiro publica novas regras para atividades econômicas que valem a partir desta segunda-feira

Publicados

em

A Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim publicou, neste domingo (24), em edição extraordinária do Diário Oficial do Município, o decreto municipal nº 29.480, que estabelece novas regras de funcionamento das atividades econômicas do município. Conforme noticiado anteriormente, as normas serão mais restritivas, tendo em vista a elevação do grau de risco para propagação do novo coronavírus na cidade, de baixo para moderado.

O decreto estabelece quatro turnos de funcionamento, de acordo com o tipo de atividade econômica exercida: Turno 1 – de segunda a sexta, das 9h às 17h; Turno 2 – de segunda a sexta, das 10h às 18h; Turno 3 – de segunda a sábado, por seis horas diárias; Turno 4 – de segunda a sexta-feira (atividades de alimentação, com horários diferenciados por ramo de atuação).

O texto define também que cada tipo de estabelecimento deverá tomar medidas sanitárias mais ou menos restritivas, conforme sejam enquadradas nos graus de risco leve, moderado ou alto.

Além disso, o decreto preestabelece as normas a serem adotadas caso o município passe a se enquadrar no grau de risco elevado ou retorne para o grau de risco baixo.

Leia Também:  Governador Casagrande entrega 60 leitos de internação em Cachoeiro e, finalmente, Hospital do Aquidabã sai do papel e começa funcionar

Academias

Outra novidade é a permissão para reabertura das academias de esportes, que terão de seguir regras específicas. Assim, a liberação está condicionada ao atendimento de clientes mediante horários agendados, adoção de medidas de higiene de acordo com o grau de risco de cada tipo de atividade física, uso de máscara facial, uso obrigatório de toalha individual, afixação de materiais informativos sobre as normas adotadas, dentre diversas outras regras.

Entretanto, permanece vedada a prática de esportes de contato e/ou esportes que obrigatoriamente demandem compartilhamento de materiais ou equipamentos, tais como lutas, vôlei, basquete e futebol.

Atividades suspensas

Bares, cinemas, teatros e casas de shows e promoção de eventos deverão permanecer fechados até o dia 30 de junho de 2020. Também foi prorrogada, para mesma data, a suspensão das aulas nas escolas, dos serviços prestados pelo Centro de Convivência Vovó Matilde, dos serviços de fortalecimento de vínculos dos idosos, dos eventos esportivos realizados pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semesp) e a possibilidade de visitação dos centros culturais.

Leia Também:  Castelo passa para risco alto de Covid-19 e prefeitura restringe ainda mais as atividades econômicas

E foi prorrogada para 15 de junho a suspensão das atividades dos núcleos de qualidade de vida, espaço Viva Mais, projetos sociais, educacionais, de rendimento, públicos e privados, bem como a utilização de equipamentos públicos de lazer e esporte, tais como parques, praças, quadras, ginásios, campos e demais espaços públicos de uso comum, cercados ou não, destinados à prática de atividades esportivas, culturais e turísticas.

Responsabilidades

O novo decreto também apresenta um item indicando as responsabilidades de cidadãos, comunidades e famílias e empresários e pessoas jurídicas no combate à pandemia, reforçando as atitudes a serem adotadas por cada um diante da situação de emergência em saúde pública.

“As novas normas estão bem detalhadas, e pedimos a todos que leiam atentamente o decreto e sigam o que está disposto com atenção. Só conseguiremos superar este momento delicado se todos fizerem a sua parte”, destaca o prefeito Victor Coelho.

Confira aqui o decreto municipal nº 29.480.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Governador Casagrande entrega 60 leitos de internação em Cachoeiro e, finalmente, Hospital do Aquidabã sai do papel e começa funcionar

Publicados

em

Foto: Giovani Pagotto/Governo-ES

O governador do Estado, Renato Casagrande, realizou, na manhã desta segunda-feira (29), a entrega de 60 leitos no Hospital do Aquidabã, que será gerido pelo Hospital Materno Infantil Francisco de Assis (Hifa), em Cachoeiro de Itapemirim. São 40 leitos de enfermaria e 20 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sendo dez entregues nesta segunda e outros dez nos próximos dias. A ampliação de leitos possibilita o aumento da capacidade para recebimento de pacientes do novo Coronavírus (Covid-19) na Região Sul.

“Mais do que abrir leitos para Covid, estamos abrindo um novo hospital. É um dia histórico, pois além de ser o Dia do padroeiro da cidade estamos dando uma solução para este hospital, antes chamado de ‘elefante branco’ e que ficou 16 anos fechado sem solução, mas que agora está entregue à população”, afirmou o governador Casagrande.

Na ocasião, secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, destacou que todos os leitos receberam os equipamentos necessários para atendimento. “A unidade está preparada para enfrentar a pandemia e outros desafios futuros na região. Parabenizo, em especial aos trabalhadores que atuarão nessa unidade na certeza que juntos venceremos”, disse.

Leia Também:  Castelo passa para risco alto de Covid-19 e prefeitura restringe ainda mais as atividades econômicas

O prefeito de Cachoeiro de Itapemirim, Victor Coelho, destacou que o dia é marcante para a cidade. “Neste Dia de São Pedro, padroeiro da cidade de Cachoeiro de Itapemirim, e de aniversário de 49 anos do Hospital Infantil, a população recebe esse presente e mais propostas de saúde. Obrigado!”, exclamou.

A inauguração contou com a presença do subsecretário de Estado de Regulação, Controle e Avaliação em Saúde, Gleikson Barbosa; do superintendente Estadual de Saúde da Região Sul, José Maria Justo; além dos diretores do Hifa e do Hospital Evangélico.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA