Política

Pré-candidato ao Senado, em Cachoeiro coronel Ramalho defendeu nova Lei Penal

Publicados

em

O coronel Alexandre Ramalho confirmou sua pré-candidatura a senador pelo Podemos.

“É hora de união para atravessarmos esse difícil momento da vida nacional. Ao mesmo tempo, temos que fortalecer a representação do Espírito Santo em Brasília para que tenhamos um maior apoio do governo federal, especialmente em segurança e Infraestrutura“, afirmou coronel Alexandre Ramalho.

O foco principal da sua pré-campanha é a segurança publica, endurecendo as leis para combater a criminalidade. E tem ganhado força entre os principais aliados do governador Renato Casagrande, que avaliam que somente ele, pelo perfil e por estar bem nas primeiras pesquisas, pode vencer a candidatura populista do ex-prefeito Serginho Meneguelli e desmontar o arranjo direitista de Magno Malta, hoje campeão absoluto em rejeição.

Essas lideranças avaliam ainda que no cenário atual a senadora Rose de Freitas tem poucas chances de reeleição, já que ela está muito desgastada com as denúncias de corrupção na Codesa envolvendo seu nome e de seu irmão.

Uma recente pesquisa divulgada no jornal A Gazeta coloca coronel Ramalho com 9% de intenções de voto, à frente de políticos tradicionais como Da Vitória e Rose de Freitas. Com a força do governo e da popularidade de Renato Casagrande, a candidatura do coronel Ramalho daria um salto nas pesquisas, avaliam essas mesmas lideranças.

Leia Também:  Presidente da Câmara de Castelo vai fazer cortes de 20%, inclusive nos salários dos vereadores

Além de ser uma nova liderança e com perfil de centro, Coronel Ramalho tem o que apresentar ao eleitorado, já que como secretário de Estado da Segurança conseguiu reduzir substancialmente os índices de criminalidade no Espírito Santo, especialmente homicídios. E todos sabem que a Segurança Pública é o principal problema apresentado pela população nas pesquisas.

Em Cachoeiro, Ramalho defendeu nova Lei Penal

O ex-secretário estadual de segurança pública esteve nesta terça-feira(10) na Câmara de Cachoeiro para falar sobre a questão da violência pública no Espírito Santo. Segundo ele, é preciso discutir a questão da segurança sob outro viés, que considere a readequação e modernização da legislação penal brasileira.

“Não defendemos, por ora, nenhuma medida, mas esse assunto tem que se tornar uma agenda nacional. Temo que investir sempre e muito no social, infraestrutura, educação, mas, para os que não querem trilhar o caminho do bem, é preciso haver penas pesadas”, afirmou.

Ramalho disse que 80% dos homicídios ocorridos no estado no ano passado foram cometidos por jovens de 12 a 27 anos, ligados ao tráfico de entorpecentes. Neste período, foram presos mais de mil homicidas e apreendidas mais de 4 mil armas de fogo. No entanto, afirma, está havendo uma banalização do crime. “Hoje, nos casos de furto, por exemplo, a premissa é a soltura em até 24 horas. O problema disso é quando o roubo se transforma em latrocínio”, disse.

Leia Também:  "Estou colocando meu nome à disposição de Presidente Kennedy", diz Rubens Moreira ao anunciar pré-candidatura

Ramalho falou sobre os bons resultados de vários projetos positivos que estão sendo desenvolvidos pelas forças de segurança no estado, mas ressaltou que, apesar disso, a cobrança da comunidade continua grande. As ocorrências de grande vulto, registrou, acabam ganhando repercussão e causando comoção social. Nesses momentos, todos se questionam se as polícias estão cumprindo seu papel, esquecendo-se que a redução da violência depende também de investimentos sociais e da ação de outras instâncias.

“Nossa sensaçãoé a de estarmos enxugando gelo. Estamos banalizando o crime, dando muito direito e garantia para criminosos, e nós, que pagamos impostos, temos apenas deveres”, lamentou. Para concluir sua fala, deu como exemplo o caso de um jovem de 18 anos preso em Vila Velha por homicídio. Sua ficha continha 22 ocorrências, incluindo roubo, furto, tráfico e outros assassinatos. “É isso que estamos discutindo. Não dá mais para cobrar só da polícia. Um jovem que tem 22 ocorrências não pode estar solto, matando, e com toda sensação de impunidade que eles têm”, finalizou.

Com informações complementares do site Horizontenews

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Política

Frente da Ales debate violência obstétrica no Hucam

Publicados

em

A Frente Parlamentar Contra a Violência Obstétrica, presidida pelo deputado Doutor Hércules (Patri), desta vez, leva o assunto da violência no parto para fora da Assembleia Legislativa (Ales). O tema Violência obstétrica e parto adequado será debatido em reunião que acontece na quarta-feira (25), às 15 horas, no Auditório Rosa Maria Paranhos (Elefante Branco) do Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes (Hucam).

Gestores e profissionais, além de especialistas na área, são esperados para debater o assunto, assim como representantes dos três poderes, Ministério Público, Defensoria Pública do Estado, conselheiros e órgãos que atuam na defesa dos direitos das parturientes. 

O parto adequado é constituído de um conjunto de procedimentos para preservar a saúde, a segurança e o bem-estar da gestante e do recém-nascido, com técnicas aprovadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A interferência do obstetra é a menor possível, com métodos menos invasivos e os mais naturais possíveis. 

Câncer de pele

Também presidida pelo deputado Doutor Hércules, a Comissão de Saúde abordará o tratamento do câncer de pele em reunião na terça-feira (24), às 9 horas, no Plenário Rui Barbosa da Ales. O colegiado convidou as especialistas e professoras do curso de medicina da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) Patrícia Frasson, Vera Lúcia Jarske e Lusmarina Lemos para falar sobre o Programa de Assistência Dermatológica (PAD). O programa de extensão auxilia a população rural no diagnóstico e no tratamento do câncer de pele e orienta o público-alvo sobre como se proteger da doença.

Leia Também:  Expectativa é de economia liberal com nova gestão, dizem especialistas

Segurança pública

A valorização dos profissionais que atuam na área da segurança pública é ponto central de reunião na quarta-feira (25), no Plenário Dirceu Cardoso. Representantes de forças de segurança e de profissionais que atuam na área foram convidados pela frente do Legislativo que trata do tema para debater mecanismos, propostas e ações voltadas para a valorização salarial das forças de segurança do Estado.

Proteção de crianças

A Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente e de Política sobre Drogas, presidida pelo deputado Delegado Danilo Bahiense (PL), convidou a psicóloga Jaddh Yasmin Malta Cardoso e a representante do Movimento Pró-Vida, Fátima Christina Miguel, para fazer palestra sobre a passagem do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A reunião extraordinária acontece na terça-feira, no Auditório Hermógenes Lima da Fonseca da Ales.

Além dessas atividades e de reuniões de outras comissões, a Ales também realiza três sessões solenes e uma sessão especial durante a semana, todas às 19 horas, no Plenário Dirceu Cardoso.

Agenda completa da semana*

Leia Também:  Novo partido União Brasil terá mais de 80 parlamentares no Congresso

Terça-feira (24 de maio)
9h – Reunião ordinária presencial da Comissão de Saúde e Saneamento – Plenário Rui Barbosa
9h – Reunião extraordinária da Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente  – Auditório Hermógenes Lima da Fonseca
13h – Reunião extraordinária presencial da Comissão de Cidadania – Plenário Judith Leão
13h30 – Reunião ordinária híbrida da Comissão de Constituição e Justiça – Plenário Dirceu Cardoso
19h – Sessão Solene em homenagem à cadeia produtiva do café – Plenário Dirceu Cardoso

Quarta-feira (25 de maio)
12h10 – Reunião ordinária presencial da Comissão de Proteção ao Meio Ambiente e aos Animais – Plenário Rui Barbosa
14h – Frente Parlamentar de Valorização Salarial de Policiais e Bombeiros – Plenário Dirceu Cardoso
15h – Frente Parlamentar Contra a Violência Obstétrica –  Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes (Hucam)
19h – Sessão Solene de entrega da Medalha Pergentino de Vasconcellos – Plenário Dirceu Cardoso

Quinta-feira (26 de maio)
19h – Sessão Especial Jardim Camburi – Plenário Dirceu Cardoso

Sexta-feira (27 de maio)
19h – Sessão Solene em homenagem ao Dia do Empreendedor – Plenário Dirceu Cardoso

*Agenda sujeita a alterações

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA