Segurança

Polícias Civil e Militar prendem suspeito de atirar em policial civil em Vitória

Publicados

em


A equipe da Divisão Especializada de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio (DRCCP) prendeu, em flagrante, o suspeito da tentativa de latrocínio contra um policial civil, que ocorreu na noite dessa segunda-feira (05), em Gurigica, Vitória. A ação foi realizada no bairro São Benedito, em Vitória, nessa terça-feira (06), e contou com o apoio da Força Tática, do 1° Batalhão da Polícia Militar. 

O resultado da operação foi apresentado em coletiva de imprensa realizada na tarde dessa quarta-feira (07), na Chefatura de Polícia Civil, em Vitória.

De acordo com o chefe da Divisão de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio, delegado Gabriel Duarte Monteiro, chegando à residência do suspeito de 18 anos, a equipe o fotografou e enviou a foto para o policial civil, que sofreu a tentativa de latrocínio, que o reconheceu e deu total certeza para a equipe. 

“Mais de 11 tiros foram efetuados em direção à viatura descaracterizada em que estava o policial civil. Na delegacia, a vítima nos relatou que foi surpreendido por cerca de cinco criminosos fortemente armados e dando ordem de parada”, contou Monteiro. 

Para o delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda, os criminosos agiram sabendo que o veículo era conduzido por um policial civil. “Eles foram muito ousados, e pagaram pelo o que fizeram. Na verdade, eles apostaram e apostaram mal. Toda vez que voltarem a fazer isso terá reação imediata da Polícia”, afirmou. 

Durante a operação também foi apreendido um adolescente e desarticulado um laboratório de “lança-perfume”, no bairro Consolação, em Vitória. Além das substâncias, houve ainda a apreensão de uma pistola 9mm, um kit Roni. Essa apreensão resultou em um prejuízo de R$ 200 mil para os suspeitos que o fabricavam.

Segundo o delegado Gabriel Duarte Monteiro, a droga conhecida como “lança-perfume”  geralmente é vendida em bailes clandestinos, entre elas, o “Mandela”. “O lança-perfume é um material altamente tóxico, que prejudica pulmão, fígado e rins. Ainda causam outros grandes riscos para a saúde dos consumidores, que insistem em comprar isso em bailes clandestinos”, alertou.

Durante a operação,  houve um confronto envolvendo vários disparos de armas de fogo. “Essa é uma maneira deles tentarem pedir nosso avanço. Eles atiram inúmeras vezes e sem qualquer precisão. Houve uma resposta qualificada tanto da nossa Força Tática quanto da Polícia Civil, que sustentou essa agressão e conseguiu avançar até os dois pontos que foram apreendidos, tanto o material quanto um dos autores do atentado contra o policial”, disse o tenente-coronel Marcelo Tavares, comandante do 1° Batalhão da Polícia Militar. 

O suspeito de 18 anos foi autuado, em flagrante, por associação para o tráfico de drogas, posse ilegal de munição, tentativa de homicídio qualificada, por ser cometida contra agente da lei e foi encaminhado para o Centro de Triagem de Viana. 

O adolescente de 17 anos responderá por ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, além do cumprimento de um mandado de busca e apreensão em aberto, por estar foragido da Unidade de Internação. Ele foi encaminhado ao Centro Integrado de Atendimento Socioeducativo (Ciase). 

Texto: Olga Samara

 

 

Leia Também:  PCES apreende adolescente suspeita de envolvimento na morte do próprio tio

Assessoria de Comunicação Polícia Civil

Comunicação Interna – (27) 3137-9024

[email protected]

 Atendimento à Imprensa

Olga Samara/ Camila Ferreira

(27) 3636-1536/ (27) 99846-1111/

(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693

[email protected]

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Jovens tentam fugir da Polícia Militar, usam nome falso e são detidos em Aracruz

Publicados

em


Após receber denúncias, o 5º Batalhão efetuou a prisão de dois jovens que estavam comercializando drogas em Barra do Riacho, na orla de Aracruz. A ação aconteceu nessa quinta-feira (16).

A equipe de GA da 3ª Cia após receber as informações via COPOM, imediatamente se deslocou para  o local do fato, onde os infratores fugiram ao avistarem os militares, porém com êxito a guarnição conseguiu realizar a abordagem.

Um dos detidos ainda informou nome falso a equipe policial, que constatou a informação caluniosa e descobriu que o jovem estava foragido, por isso deu a informação errada.

Após diligências foram apreendidos 154 pinos de cocaína, 34 pedras de crack e R$ 441,00 em espécie.

Todo material apreendido e os envolvidos na ocorrência foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Aracruz.

Informações à Imprensa:

Diretoria de Comunicação Social PMES:
CORONEL JOSÉ AUGUSTO PICCOLI DE ALMEIDA
Tels. (27) 3636-8717 / 3636-8718
E-mail: [email protected]

Subseção de Jornalismo PMES:
Tel. (27) 3636-8715
E-mail: [email protected]

Fonte: PM ES

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Operação do Denarc prende três suspeitos em Vitória
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA