Segurança

Polícia Civil expande o Projeto ‘Homem que é Homem’ para o município de Nova Venécia

Publicado em

A Polícia Civil do Estado do Espírito Santo (PCES), por meio da Divisão Especializada de Atendimento à Mulher (Div-Deam) realizou, nessa quinta-feira (23), a expansão do Projeto “Homem que é Homem” para a cidade de Nova Venécia, que agora está entres os 22 municípios para os quais o Projeto foi expandido. O objetivo da ação é contribuir para a redução da violência contra a mulher no Estado, atuando numa perspectiva da prevenção. 

De acordo com a delegada Chefe da Divisão Especializada de Atendimento à Mulher (Div-Deam) e Gestora do Projeto “Homem que é Homem”, Claudia Dematté, a expansão demonstrou a integração entre todos os órgãos do município de Nova Venécia, que estão somando esforços para o enfrentamento da violência doméstica e familiar contra a mulher naquela localidade.

“Uma das grandes relevâncias do Projeto é o diálogo com homens autores de violência doméstica contra a mulher no que se refere às questões que envolvem relacionamentos baseados na violência, uma vez que comportamentos machistas, sexistas e misóginos ainda integram as concepções de masculinidade, e precisamos trabalhar na desconstrução desses valores. O “Homem que é Homem” um mecanismo de extrema relevância. É um diferencial da PCES, pois é a Polícia trabalhando não só com a repressão, mas também com a prevenção e em conjunto”, afirmou a delegada.

Leia Também:  DHPP prende suspeitos de tentar matar empresário em Andorinhas

A solenidade aconteceu na 15ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Espírito Santo (OAB-ES), em Nova Venécia, e contou com a participação do prefeito André Wiler Silva Fagundes; da secretária de Assistência Social do município, Herileny Pratte; do titular da Delegacia Regional de Nova Venécia, e que é chefe da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Nova Venécia, delegado Douglas Trevizani; do juiz de direito da Comarca de Nova Venécia, Ivo Nascimento Barbosa; do promotor de justiça de Nova Venécia, Lélio Marcarini; o Comandante da Polícia Militar (PMES) de Nova Venécia, tenente coronel Mário Marcelo Dal Col; entre outras autoridades.

O delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda, foi representado na cerimônia pela delegada chefe da Deam e gestora do projeto “Homem que é Homem”, Cláudia Dematté; o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, coronel Márcio Celante Weolffel, na ocasião foi representado pela delegada assessora jurídica na gerência de proteção à mulher, e coordenadora do Projeto, Natália Tenório. O superintendente de Polícia Regional Noroeste (SPRN), delegado Landulpho Lintz, foi representado na solenidade pelo delegado Douglas Trevizani.

Leia Também:  Policiais civis de Colatina participam de palestra sobre Disque Denúncia

A expansão do Projeto “Homem que é Homem” está alinhada com a proposta de trabalho do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, que foi pensado metodologicamente para atuar nos eixos de controle da criminalidade e da prevenção à violência, a partir da ampliação do acesso aos serviços básicos e promoção da cidadania em regiões caracterizadas por altos índices de vulnerabilidade social.

A Polícia Civil, por meio da Div-Deam, está envidando esforços para o combate à violência doméstica e familiar no Estado, seja por meio da repressão, seja por meio da prevenção. 

Texto: Brenda Corti, estagiária da Seção de Imprensa e Comunicação Interna (Sicoi)

 

Assessoria de Comunicação Polícia Civil

Comunicação Interna – (27) 3137-9024

[email protected]

 

Informações à Imprensa:

Matheus Zardini / Olga Samara  

(27) 3636-1574 / (27) 99297-8693 / (27) 3636-1536 / (27) 99846-1111

[email protected]

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Segurança

Polícia Civil prende mandante de tentativa de homicídio em Sooretama

Published

on

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Delegacia Regional de Linhares, realizou, na última sexta-feira (07), a prisão de um homem de 20 anos durante operação policial na cidade de Sooretama. O indivíduo estava com mandado de prisão por uma tentativa de homicídio ocorrido em janeiro de deste ano, no bairro Canaã, também em Sooretama.

As investigações apontam que o suspeito era o mandante do crime que foi motivado por questões relativas aos atritos gerados pela prática do crime de tráfico de entorpecentes. “O suspeito ofereceu uma arma de fogo para um adolescente de 17 anos para assassinar a vítima. Durante a ação criminosa, o adolescente efetuou cinco disparos contra a vítima, que conseguiu sobreviver aos ferimentos”, contou o titular da Delegacia de Polícia de Sooretama, delegado Fabrício Lucindo. 

O adolescente já havia sido apreendido em outra operação realizada pela PCES e está no Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases) Norte. Já contra o suspeito, foi cumprido o mandado de prisão e ele foi encaminhado, posteriormente, ao sistema prisional. 

Leia Também:  Policiais civis de Colatina participam de palestra sobre Disque Denúncia

Texto: Adriana Nascimento Amaral, Policial Civil – Seção de Imprensa e Comunicação Interna (Sicoi).

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
[email protected]


Matheus Zardini / Olga Samara  
(27) 3636-1574 / (27) 99297-8693 / (27) 3636-1536 / (27) 99846-1111

Fonte: Polícia Civil ES

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA