Carros e Motos

Pneus de carros montados em motos são perigosos, afirma especialista

Publicados

em


source
Pneu de carro na moto
Reprodução/Continental

Pneu de carro instalado em motocicleta custom é inadequado

Instalar pneus de carros em motocicletas custom pode ser uma prática perigosa, segundo Rafael Astolfi, gerente de assistência técnica da Continental. A prática já é rotineira entre proprietários dos modelos Harley-Davidson Fat Boy e Honda Shadow , que possuem garfos maiores que permitem a instalação.

Segundo Astolfi, os motociclistas que aderem à prática relatam o custo de um pneu de passeio contra o pneu original de um modelo custom – que chega a ser três vezes menor. Os proprietários também afirmam que o pneu de automóvel proporciona mais conforto e durabilidade quando equipado em uma motocicleta. 

O especialista ressalta que há muitas diferenças entre os pneus de automóveis e os modelos específicos que equipam motos custom. “Pneus de motos são diagonais, com coroa arredondada, e normalmente possuem mais de um composto de borracha em sua banda”, afirma Astolfi. “Isso proporciona mais aderência em retas e curvas fechadas. Suas laterais são rígidas, sendo bem difícil de dobrá-las.”

Leia Também:  Lançado limpador de para-brisa para modelos off-road

“Já os pneus de passeio, em sua grande maioria, são radiais, e possuem coroas planas. Eles são construídos com apenas um composto de borracha, e suas laterais são bastante maleáveis”, diz o especialista da Continental.

Estabilidade e consumo

Fat Bob
Divulgação

Harley-Davidson Fat Bob é uma das favoritas dos proprietários que usam pneus de carros; na imagem, modelo está na configuração normal

A fabricante ressalta que a substituição pode ser inadequada , infringindo questões técnicas. O uso de câmaras em pneus tubeless, por exemplo, podem danificar o pneu e gerar excesso de calor pelo atrito. O excesso de pressão também pode ser um problema, com a possibilidade de rompimento de núcleos de talões. A pressão também pode reduzir a vida útil e afetar o consumo da motocicleta

“Muitos os adeptos dessa prática perigosa acreditam que a recomendação de um modelo específico de pneu é apenas de uma questão comercial, o que não é verdade”, diz Astolfi. “Mas se ainda for necessário fornecer mais algum argumento, há um risco real de uma seguradora recusar a cobertura de um sinistro caso a motocicleta tenha uma alteração deste tipo”.

Leia Também:  Pusemos o pé na estrada com o scooter Honda ADV 150
Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros e Motos

Lançado limpador de para-brisa para modelos off-road

Publicados

em


source
Limpador de para-brisa feito para ajudar a enfrentar trilhas off-road funcionando com mais eficácia, diz a fabricante
Divulgação

Limpador de para-brisa feito para ajudar a enfrentar trilhas off-road funcionando com mais eficácia, diz a fabricante

Se resolver entrar para valer em uma trilha, você precisará usar bastante os limpadores de para-brisa. Pensando nisso, a BF Goodrich lança modelos específicos para off-road, próprios para varrer do para-brisa não apenas água, mas também lama, sal e neve, em regiões de temperatura bem baixa.

De acordo com a fabricante, os novos limpadores para uso off-road são mais duráveis que os convencionais, feitos com o mesmo composto de borracha dos pneus All Terrain T/A K02 . E com lâminas desenhadas para serem mais eficientes na limpeza do que os demais limpadores fabricados para limpar somente água.

Os novos limpadores também contam com o aval da Pylon , que pode ter ajudado no projeto. Trata-se da marca desenvolve e fabricante americana limpadores de para-brisa desde 1968, com licença da Michelin , tradicional marca francesa.

Leia Também:  Novo DeLorean DMC-12 deverá ser lançado como elétrico

Mas é bom preparar o bolso para ter um dos novos limpadores para uso off-road da BF Goodrich , que começam a estar disponíveis no mercado norte-americano a partir de US$ 80, ou cerca de R$ 435 o par, numa conversão simples. Apenas testando a novidade para saber se vale mesmo a pena, uma vez que os convencionais giram en torno de R$ 165, da Bosch, para Jeep Wrangler .

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA