Economia

PM ofendido em Alphaville pede R$ 50 mil de indenização por danos morais

Publicados

em


source
O policial Daniel Nascimento pede R$ 50 mil de indenização por dano moral a Ivan Storel
Reprodução

O policial Daniel Nascimento pede R$ 50 mil de indenização por dano moral a Ivan Storel

Daniel Nascimento,  policial militar que foi agredido verbalmente em Alphaville, entrou com ação contra o empresário Ivan Storel, o agressor. O PM e outros dois policiais foram ofendidos durante ocorrência na casa de Storel em 29 de maio. Daniel Nascimento pede R$ 50 mil de indenização por dano moral, segundo entrevista dada pelo jurídico do policial ao Uol.

“A compensação financeira eventualmente obtida [caso ganhe o processo] será revertida, de forma integral, à associação beneficente Rainha da Paz, que desenvolve importante projeto social na comunidade de Santana de Parnaíba. O Policial está confiante na Justiça, com a consequente responsabilização civil do agressor “, disse o jurídico de Nascimento ao Uol.

No dia 29 de maio, a polícia recebeu denúncia de violência doméstica feita pela mulher de Ivan Storel. Na ocorrência, o empresário havia se descontrolado dentro de casa e proferido diversos xingamentos após ingerir bebida alcoólica.

Leia Também:  Golpista aplica fraude por WhatsApp e zomba: "é gostoso, vou falar pra você"

Uma viatura com os PMs José Edson Ferreira e Gesica Desanti foi ao endereço. Depois, os policiais pediram reforço e Daniel Nascimento foi um dos policiais que foi chamado a atuar no caso.

“Chegou mais uns m… agora”, disse Storel com a chegada de outros policiais, sendo a abordagem foi gravada pelos próprios PMs:

https://www.youtube.com/embed/PJCxS4eFn70

Segundo denúncia do MP ao Tribunal, o empresário insultou os três policiais e o PM José Edson foi ameaçado ao tentar se aproximar da porta.

“Não pisa na minha calçada, não pisa em minha rua, eu vou te chutar na cara filha da p…, eu vou te chutar na cara. Não pisa na minha calçada. Você é um lixo. Seu m… Você é um m… de um PM que ganha R$ 1 mil por mês, eu ganho R$ 300 mil por mês. Eu quero que você se f…, seu lixo do c… (…) Você pode ser macho na periferia, mas aqui você é um b… Aqui é Alphaville, mano”, gritou Ivan Storel.

Leia Também:  Câmera flagra cliente arrancar cabelo e colocar em lanche; vendedor era careca

Storel foi imobilizado e algemado, sendo levado à delegacia por desacato, injúria e resistência.

Depois disso, segundo a ação judicial movida pelo PM Nascimento, o empresário teria feito ameaças no trajeto até a Delegacia da Mulher.

“Bradava, para que todos ouvissem, que sua condição econômica e seus contatos com os poderosos locais o alçava como um ser superior aos demais, não estando ao alcance da lei”, diz o processo.

Com a repercussão do caso nas redes, Storel gravou um vídeo pedindo desculpas aos policiais: 

https://www.youtube.com/embed/sfOzjWJPnDU

Além processo movido pelo PM, o Ministério Público denunciou à Justiça contra Ivan Storel. O tribunal recebeu a denúncia nos artigos 331, por desacato, e 329, que trata da oposição à execução de ato legal, mediante violência ou ameaça, do Código Penal.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Como gastar o FGTS? Mais da metade dos beneficiários vai quitar dívidas

Publicados

em


source

Agência Brasil

fgts
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Pagamentos do FGTS servem de renda emergencial aos trabalhadores, mas grande parte vai usá-lo para quitar dívidas no Serasa

Levantamento feito pela  Serasa mostrou que 67% dos trabalhadores entrevistados pretendem realizar o Saque Emergencial do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) . Desses, 52% devem usar os recursos para o pagamento de dívidas. A pesquisa mostrou que 59% dos entrevistados têm valores disponíveis de FGTS para saque.

De acordo com a  Serasa Experian, entidade a qual está ligada a Serasa, isso indica maior consciência sobre a importância de manter o nome limpo perante as instituições financeiras mesmo durante o período da pandemia de Covid-19.

“O  saque emergencial de até R$ 1.045 do FGTS vai desempenhar um papel muito importante na organização do orçamento das famílias brasileiras, que já encontram dificuldade com as despesas básicas do dia a dia, complicando ainda mais a vida financeira se estiverem com dívidas”, afirmou a especialista em Pesquisa e Comportamento do Consumidor da Serasa, Jéssica Vicente.

Leia Também:  Câmera flagra cliente arrancar cabelo e colocar em lanche; vendedor era careca

A injeção de recursos do  FGTS deve chegar a R$ 37,8 bilhões na economia, beneficiando cerca de 60 milhões de pessoas.

A pesquisa do Serasa sobre o FGTS entrevistou 1.290 pessoas entre homens e mulheres de todas as regiões do Brasil, entre 18 e 85 anos de idade. O estudo foi realizado no formato online, por meio de uma metodologia quantitativa que reflete o comportamento da população brasileira como um todo.

Atualmente, segundo a Serasa, mais de 64 milhões de consumidores estão inadimplentes.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA