Entretenimento

Planta venenosa? João Luiz chama Fiuk de “ácido e travado” no “BBB 21”

Publicados

em


source
João Luiz no BBB 21
Reprodução Instagram

João Luiz no BBB 21

Na quinta-feira (25), após a produção do ” BBB 21 ” enviar alguns comes e bebes, os brothers começaram a interagir mais no reality show . João Luiz, em conversa com Carla Diaz, no quarto líder acabou confidenciando o que acha de Fiuk.

“Eu acho ele um pouco ácido. Eu gosto dele, eu acho ele super legal, mas, às vezes, ele pode brincar com você, porém você não pode brincar com ele. Que nem ontem lá no quarto quando você falou ‘eu acho que eu vou ser julgada'”, iniciou João Luiz.

Carla concordou com o brother: “Eu tinha acabado de entrar e assumido a responsabilidade da brincadeira”, relembrou ela. “Eu entendo ele e tal, mas é muito complicado, porque pode ser, às vezes, uma relação meio travada. Sabe quando você tem medo de falar com a pessoa?”, respondeu João.

Leia Também:  Carlinhos Maia doa R$ 20 mil para Luisa Marilac retirar silicone industrial

A planta venceu na vida

Na na quarta-feira (24), João Luiz se consagrou líder do “BBB 21”. Divididos em duplas, os brothers tiveram que arremessar um objeto em um alvo com pontuação variada. Quem fizesse mais pontos eliminaria todas as outras duplas. Na rodada final, a dupla vitoriosa duelou entre si, no caso João e Camilla de Lucas.

Você viu?

Ao vencer a dinâmica, o público do “BBB 21” mostrou-se surpreso, visto que João estava chamando pouca atenção no reality show. Alguns internautas até o taxaram de planta, apelido para pessoas que não causam nem polarizam o programa. Confira reações coletadas no Twitter.

Leia Também:  'A minha única amiga verdadeira do 'BBB''', diz Lucas Penteado sobre Sarah




Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Morre Aloy Jupiara, editor do jornal O Dia, vítima da Covid-19

Publicados

em


source
Morre Aloy Jupiara, editor-chefe do jornal O Dia
Reprodução Flickr / Editora Brasil

Morre Aloy Jupiara, editor-chefe do jornal O Dia

Aloy Jupiara, editor-chefe do jornal O Dia, morreu nesta segunda-feira (12). Aos 56 anos, o jornalista foi vítima de complicações da Covid-19. Ele estava internado desde o dia 29 de março na unidade de terapia intensiva do Hospital São Francisco, na Tijuca, Zona Norte do Rio.

Além do cargo no jornal, Aloy Jupiara era conhecido por ser autor dos livros “Os Porões da Contravenção” e “Deus Tenha Misericórdia Dessa Nação”, ambos em parceria com o jornalista Chico Otavio.

Carreira de sucesso

Formado na Escola de Comunicação (ECO) da UFRJ, de 1987 a 2000 exerceu o cargo de repórter e subeditor das editorias “Rio” e “Política” do jornal O Globo. De 2001 e 2004, foi editor do site do jornal. 

No jornal O Globo, Aloy participou do júri do prêmio Estandarte de Ouro e era membro do Conselho Deliberativo do Museu do Samba. Ele participou também da elaboração do dossiê “Matrizes do samba no Rio de Janeiro”, para registro do samba como patrimônio cultural do Brasil.

Leia Também:  Cátia Paganote diz que aprendeu a beijar com uma uva

Desde 2020 era editor-chefe do jornal O DIA. Recentemente, ele concedeu uma entrevista a um documentário sobre Castor de Andrade. Entre as paixões do profissional, destaca-se o amor pela escola de samba Império Serrano.

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA