Economia

Planos de saúde passam a cobrir testes sorológicos de Covid-19

Publicados

em

 

 

source
planos de saúde covid-19
DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

Testes sorológicos de Covid-19 serão cobertos por planos de saúde

A partir de hoje, planos de saúde terão de cobrir a realização de testes sorológicos para detecção do novo coronavírus (Sars-Cov-2). A medida foi editada por meio de resolução da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), publicada nesta segunda-feira (29) no Diário Oficial da União (DOU), e já está em vigor.

Leia também:

Clientes de planos de saúde registraram 4,7 mil queixas sobre pandemia

Planos de saúde registram menor uso desde início de série histórica, em 2016

Entenda a diferença entre os tipos de testes de Covid-19 disponíveis no Brasil

Desse modo, os beneficiários de planos ambulatorial, hospitalar ou de referência que tenham apresentado sintomas de síndrome gripal aguda ou tenham sido diagnosticados com Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars), podem realizar o teste sem custos extras mediante pedido médico. Confira os detalhes:

  • Síndrome Gripal: quadro respiratório agudo, caracterizado por sensação febril ou febre, acompanhada de tosse ou dor de garganta ou coriza ou dificuldade respiratória.
  • Síndrome Respiratória Aguda Grave: desconforto respiratório/dificuldade para respirar ou pressão persistente no tórax ou saturação de oxigênio menor do que 95% em ar ambiente ou coloração azulada dos lábios ou rosto.
Leia Também:  Com oportunidades em Castelo e Cachoeiro, JBS abre mais de 5 mil vagas de emprego em 16 estados

A inclusão desse teste no rol de procedimentos de cobertura obrigatória atende decisão judicial relativa à Ação Civil Pública (nº 0810140-15.2020.4.05.8300) movida pela Associação de Defesa dos Usuários de Seguros, Planos e Sistemas de Saúde (Aduseps).

O teste sorológico identifica a presença de anticorpos (IgA, IgG ou IgM) no sangue dos pacientes que foram expostos ao vírus em algum momento. Como avalia a resposta do organismo para combater o novo coronavírus, o exame é indicado a partir do oitavo dia desde o aparecimento dos sintomas.

Desde março, no início da pandemia , os planos de saúde já eram obrigados a cobrir outros testes para diagnóstico da Covid-19 , como o RT-PCR, que identifica o material genético do vírus em amostras de mucosa do nariz e garganta. Além desse, outros seis exames também estão inclusos no Rol de Procedimentos Obrigatórios.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Golpista aplica fraude por WhatsApp e zomba: “é gostoso, vou falar pra você”

Publicados

em


source

Golpista aplica fraude por WhatsApp e debocha das vítimas: "é gostoso, vou falar pra você"

Um áudio de um golpista vazou na internet e se tornou viral nas redes sociais.

Um criminoso que aplica golpes pelo WhatsApp debocha das vítimas e expõe seus lucros a uma delas.

Em uma ligação telefônica, ele diz que apenas no dia em questão “só” tinha faturado R$ 2.500. Mas, no dia anterior, tinha levantado R$ 4.500 com o golpe:

“R$ 6 mil em dois dias tá bom, né? (…) Imagina R$ 20 mil em duas semanas? (…) Mas R$ 20 mil em duas semanas é gostoso, vou falar pra você hein. É gostoso, é gostoso cara”, zomba o criminoso.

Como funciona o golpe

O golpe, embora já seja conhecido pelos brasileiros, ainda faz muitas vítimas.

No áudio vazado, o criminoso tenta aplicar um golpe e revela o passo a passo para invadir o WhatsApp das vítimas.

Primeiro, ele liga para um número de telefone aleatório se passando por um atendente. Depois, informa que há um problema com a conta da pessoa.

Assim, para confirmar o falso atendimento, o criminoso solicita que a pessoa informe o número do “protocolo” recebido por SMS .

Os número são, não verdade, o código para acessar o WhatsApp da vítima em um outro dispositivo.

Então, quando a vítima informa o código recebido, o criminoso já consegue acessar o WhatsApp e passa a pedir dinheiro para os contatos da pessoa se passando por ela.

Vítima percebeu o golpe

No áudio vazado é justamente isso que acontece.

O criminoso liga para uma vítima e realiza o “procedimento”. No entanto, o homem contatado percebeu que se tratava de um golpe.

Então, ele começa a conversar com o criminoso e questiona se o golpe, de fato, funciona.

O criminoso então revela os detalhes do golpe e os lucros obtidos.

Quando perguntado se muita gente ainda cai no golpe, o criminoso diz que apenas no dia em questão já tinha faturado R$ 2.500. Já no dia anterior, o lucro superou R$ 4.500.

Além disso, disse que a cada 50 ligações que faz, pelo menos 39 vítimas informam o código – uma eficácia de quase 80%.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  O que é o 'imposto de guerra' que economistas defendem para tempos de pandemia
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA