Política Nacional

Planalto apaga foto de condenado no Mensalão durante posse de nova ministra

Publicados

em

 

 

source
Valdemar da Costa Neto participou da cerimônia de posse da deputada Flávia Arruda (PL-DF) na Secretaria de Governo
Marcos Corrêa/PR

Valdemar da Costa Neto participou da cerimônia de posse da deputada Flávia Arruda (PL-DF) na Secretaria de Governo

O Palácio do Planalto apagou uma foto em que o  presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto, aparece sentado próximo ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante a cerimônia de posse da deputada Flávia Arruda (PL-DF) como nova ministra da Secretaria de Governo. Costa Neto é condenado no caso de Mensalão. As informações são do jornal Folha de S.Paulo .

De acordo com as informações que estavam disponíveis no histórico da imagem, ela foi feita às 11h16m42s desta terça-feira (6). A foto estava disponível no Flickr do Planalto ao menos até as 16h40m.

Já na noite desta terça-feira, no endereço que correspondia à foto, aparece a mensagem: “Parece que a foto ou o vídeo que você está procurando não existe mais”.

No álbum do governo no site de fotografias, há 81 imagens das transmissões de cargo realizadas pela manhã, nenhuma com Costa Neto, condenado em 2012 por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no esquema do mensalão. As únicas que ainda estão disponíveis estão com um enquadramento que não mostra o presidente nacional do PL.

Leia Também:  Veja os 5 carros que menos desvalorizam no mercado de usados

A foto removida mostrava Costa Neto, uma cadeira vazia, o vice-presidente  Hamilton Mourão (PRTB), o presidente  Jair Bolsonaro (sem partido), o presidente da Câmara,  Arthur Lira (PP-AL), e o general Luiz Eduardo Ramos , que deixou a Secretaria de Governo e assumiu a Casa Civil.

Todos estavam sentados e de máscara, enquanto Flávia Arruda discursava, também de máscara, no púlpito.

Ao contrário do que costuma acontecer em posses e cerimônias do tipo, a desta terça-feira ocorreu a portas fechadas e sem transmissão ao vivo pela TV Brasil. Fotos e vídeos foram disponibilizadas à imprensa apenas no início da tarde.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política Nacional

“Vou tomar por último, tem muita gente apavorada”, diz Bolsonaro sobre vacina

Publicados

em


source
Presidente Jair Bolsonaro
Foto: Agência Brasil

Presidente Jair Bolsonaro

Na sexta-feira (16), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que não pretende tomar a vacina da Covid-19 agora. Em conversa com apoiadores que o esperavam em frente ao Palácio da Alvorada, o presidente justificou que a decisão é pelo fato de ter “muita gente apavorada” esperando pela vacina.

“O que acontece, tem muita gente apavorada aí aguardando a vacina, então deixa as pessoas tomarem na minha frente. Vou tomar por último. Eu acho que essa é uma atitude louvável. Porque tem gente que não sai de casa, está apavorado dentro de casa”, disse Bolsonaro. O presidente chegou a se queixar que a imprensa teria criticado a sua decisão de se vacinar por último. “Em vez da imprensa me elogiar, me critica”, afirmou.

Bolsonaro está apto a receber a vacina no Distrito Federal desde o dia 3 de abril. Antes, ele explicava que não ia se vacinar porque já teria contraído o vírus em julho do ano passado.

De acordo com dados do consórcio de veículos de imprensa da quinta-feira (15), 25.460.098 pessoas já receberam a primeira dose de vacina contra a Covid-19. O número representa 12,02% da população brasileira. A segunda dose já foi aplicada em 8.558.567 pessoas (4,04% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA