Economia

Pix-caminhoneiro não paga 10% do combustível para metade da categoria

Publicado em

Voucher para caminhoneiro não paga 10% dos combustíveis para metade da categoria
Marcos Escrivani

Voucher para caminhoneiro não paga 10% dos combustíveis para metade da categoria

O Congresso promulgou nesta quinta-feira (14) a PEC Eleitoral , que prevê, entre outros benefícios, um  voucher de R$ 1.000 para caminhoneiros . O montante, no entanto, não cobre nem 10% da média gasta com abastecimento de combustíveis para mais da metade da categoria. 

Levantamento do Clube da Estrada, plataforma de relacionamento com caminhoneiros, revela que mais da metade dos motoristas gasta acima de R$ 10 mil mensais com combustível. Ainda assim, a pesquisa aponta que 66,3% desses profissionais acreditam que o auxílio diesel será um alívio nos gastos.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG 

Da base de respondentes, 14,1% disseram que apenas o voucher não resolverá o problema de gastos com combustível e 19,6% negaram que o auxílio aliviará o orçamento.

“Um dos objetivos do Clube da Estrada é que a sociedade entenda mais a fundo as necessidades dos caminhoneiros e os impactos de determinadas ações na sua rotina de trabalho. É um público fundamental para a economia do nosso país em diversos aspectos”, afirma Thomas Gautier, CEO do Freto, logtech mantenedora e gestora do Clube da Estrada.

Respondida entre os dias 02 e 11 de julho, a pesquisa ouviu mil caminhoneiros em diversos pontos do país e aponta que 40,2% dos motoristas afirmam gastar acima de R$ 6 mil com diesel e 54,9% rodam acima de 9.000 km por mês nas estradas, sendo que 82,7% dizem carregar grãos com maior frequência.

Pix-Caminhoneiro – R$ 5,4 bi até dezembro

  • A PEC cria um auxílio para caminhoneiros autônomos de R$ 1.000 mensais
  • Para atingir esse público, o governo usará um cadastro da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), atualizado até o fim de maio. O objetivo é que não haja uma corrida por novos cadastros.
  • Os dados da ANTT apontam que, até maio, havia 872.320 transportadores autônomos de cargas no país.

Fonte: IG ECONOMIA

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Economia

Uber vai acabar com o Rewards, seu programa de fidelidade

Published

on

O programa Rewards chegou ao Brasil em 2019
Giovanni Santa Rosa

O programa Rewards chegou ao Brasil em 2019

A Uber comunicou a usuários do aplicativo de transporte neste fim de semana que vai encerrar o seu programa de fidelidade, o Rewards, que chegou ao Brasil em 2019. A decisão, segundo a empresa, é global e não haverá um programa substituto, ao menos por enquanto.

O programa permitia a usuários da plataforma acumular pontos a cada corrida ou pedido (no caso do Uber Eats), os quais poderiam ser trocados por benefícios como descontos na própria plataforma ou em parceiros como serviços de streaming.

Neste sábado, usuários da plataforma no Brasil receberam um comunicado sobre o assunto. “Você tem até o dia 31 de agosto para acumular pontos. Depois dessa data, os benefícios atrelados aos níveis do programa também deixarão de existir.”

Leia Também:  Santander leiloa 49 imóveis com até 60% de desconto; confira

Segundo o comunicado, os pontos já acumulados poderão ser trocados por benefícios até 31 de outubro de 2022. Em 1º de novembro, o Uber Rewards será “totalmente encerrado”, segundo o anúncio. Os usuários podem visualizar seus pontos e resgatar seus benefícios na seção ‘Conta’ no app da Uber.

O fim do programa não ocorrerá apenas no Brasil, e sim em todas as operações da Uber no mundo. Segundo o site The Verge, usuários nos Estados Unidos também receberam comunicado semelhante. O encerramento do benefício ocorre após a plataforma realizar, no Brasil, pesquisas com usuários sobre a avaliação que faziam dos benefícios oferecidos. Por aqui, a plataforma enfrenta forte concorrência da 99, controlada pela chinesa Didi.

“No sábado, dia 13 de agosto, anunciamos aos nossos usuários que o Uber Rewards será encerrado em 1° de novembro. (…) Agradecemos aos nossos usuários pela fidelidade e por fazerem parte do Uber Rewards”, disse a Uber em nota.

No segundo semestre deste ano, a Uber teve, globalmente, um prejuízo de US$ 2,6 bilhões (R$ 13,2 bilhões no câmbio atual), ante lucro de US$ 1,14 bilhão registrado no mesmo período de 2021.

Leia Também:  Privatização da Petrobras levaria até 4 anos, afirma Bolsonaro

Apesar disso, e de buscar encerrar suas operações mais deficitárias (a exemplo da operação de delivery do Uber Eats no Brasil), a plataforma tem aumentado sua receita. O faturamento no segundo semestre deste ano foi de US$ 8,07 bilhões, o dobro do registrado de abril a junho de 2021.

Entre no canal do Brasil Econômico  no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

Fonte: IG ECONOMIA

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA