Carros e Motos

Peugeot Landtrek será apresentada oficialmente no dia 24 de novembro

Publicados

em


source
Peugeot Landtrek
Divulgação

Peugeot Landtrek, a nova picape média da Peugeot para a região das Américas. Terá fortes rivais pela frente no Mercosul

A Peugeot anunciou que a estreia da nova picape média Landtrek acontecerá no dia 24 de novembro. O modelo desenvolvido em parceria com a fabricante chinesa Changan chegará primeiro no México e na América Central. Em seguida, será vendida no Brasil e na Argentina, com produção no Uruguai. Não há planos de vendê-la na Ásia e na Europa.

Detalhes sobre versões também foram revelados para América Central e Caribe, onde a Peugeot terá duas opções de motorização para a Landtrek. Os modelos básicos terão motor 2.4 turbo movido a gasolina, capaz de desenvolver 210 cv de potência e 32 kgfm de torque. O câmbio poderá ser manual ou automático, ambos de seis marchas.

Os modelos mais caros terão motor 1.9 turbo diesel de 150 cv de potência e 35 kgfm de torque, com turbina de geometria variável. Nesta configuração, a Landtrek será vendida exclusivamente com transmissão manual.

Leia Também:  Camaro completa 10 anos no Brasil com mais de 6,5 mil unidades vendidas

Vale lembrar que a fabricante poderá alterar a mecânica da versão feita na América do Sul, onde picapes médias automáticas com motores diesel são as mais vendidas. As motorizações poderão ser combinadas com tração simples 4×2 ou integral 4×4 com reduzida e bloqueio de diferencial traseiro. 


De acordo com a Peugeot , o novo modelo tem 5,33 metros de comprimento (com cabine simples) e 192 m de largura, com capacidade para levar até 1 tonelada. Sua lista de equipamentos será composta por seis airbags, alerta de saída de faixa, quatro câmeras de assistência (nas versões mais caras) e ar-condicionado de duas zonas.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros e Motos

Yamaha Super Ténéré 1200 sai de linha no mercado europeu

Publicados

em


source
Yamaha Super Tenéré 1200
Divulgação

Yamaha Super Tenéré 1200 deixa de ser oferecida por causa das novas leis de emissão de poluentes que passam a entrar em vigor na Europa


A chegada do padrão de emissões Euro 5 para motos, que entra em vigor a partir de janeiro de 2021 na Europa e torna ainda mais rigorosas as normais para esse tipo de veículo, fez uma vítima entre os modelos da Yamaha. Lançada em 2010 no mercado internacional, a big trail Super Ténéré 1200 já não aparece na linha 2021 da marca japonesa para o mercado europeu.


No Brasil, o modelo ainda aparece no site da marca e tem preço de tabela de R$ 71.290. Por aqui, a Super Ténéré 1200 está disponível apenas na versão DX ABS, que traz um motor bicilíndrico de 1.199 cm² de refrigeração líquida, capaz de desenvolver 112 cv a 7.250 rpm  e 11,9 kgfm a 6.000 rpm.

Leia Também:  Ram 2500 Laramie: conheça as evoluções no motor 6.7  turbodiesel

Em sua lista de equipamentos, o modelo traz suspensão traseira com controle eletrônico, painel digital, controle eletrônico de tração, seletor de modos de pilotagem com duas opções de ajuste e controlador automático de velocidade de cruzeiro. Especificações que fazem com que a moto big trail da Yamaha  dispute o mesmo público e a mesma faixa de mercado de modelos como a BMW R 1250 GS e Triumph Tiger 1.200 XCx .


Mas embora seja bem equipada, o modelo da marca japonesa já está um tanto desatualizado em relação aos concorrentes. Tanto a big trail da empresa alemã quanto o da marca britânica, apesar de serem um pouco mais caras, são bem mais potentes (136 cv e 141 cv, respectivamente) e trazem um pacote tecnológico mais atual, marcado pela presença de itens como faróis de LED e painel digital configurável, que permite a conexão da moto com o celular do piloto.

O destino da Super Ténéré 1200 brasileira — que é feita em Manaus (AM) — ainda não está definido, embora deva durar mais um tempo no mercado. O Promot 5, novo conjunto de regras de controle de emissões para motos que será equivalente ao Euro 5, entra em vigor no mercado brasileiro apenas a partir de 2023.

Leia Também:  Conheça a maior coleção de carros de "Velozes e Furiosos" do mundo
Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA