Política Nacional

Petista fala sobre ofensas de Joice Hasselmann: “Quero apagar da memória”

Publicados

em


source
Joice Hasselmann (PSL) e Regina Souza (PT)
Reprodução

vice-governadora do Piauí, Regina Souza (PT), fala sobre insultos de Joice Hasselman

A deputada Joice Hasselman (PSL-SP)  foi condenada na última semana a pagar R$ 40 mil à vice-governadora do Piauí, Regina Souza (PT), por insultos proferidos em 2016.

Regina Souza (PT) falou hoje sobre o caso. “Cada vez que eu volto a esse assunto, ter que relembrar essas ofensas, é como se eu estivesse sendo xingada de novo”, contou a vice-governadora, ao dizer que não gosta de lembrar do ocorrido.

Na época, Hasselmann exercia profissão de jornalista e cobria o impeachment de Dilma Roussef. Durante discurso da então senadora Regina Souza, Joice se referiu à petista como “semianalfabeta”, “cretina”, “anta” e “gentalha”.

“Quero apagar isso da minha memória, da minha vida. Foi muito doído, muito dolorido. Que a sentença sirva para ela ser mais comedida. É possível discordar sem insultar. Não foi jornalismo o que ela fez. Que sirva para ela refletir, que se torne uma pessoa melhor. Me machucou, mas passou “.

Leia Também:  Governador do Pará é alvo de pedido de cassação por uso de fake news

“Nem imaginei que isso fosse julgado um dia. Mas foi”, disse a vice-governadora. Joice Hasselmann ainda

Joice Hasselmann ainda pode recorrer da sentença do STJ, que deu vitória à Regina.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política Nacional

Bolsonaro diz que vai influenciar na eleição da Câmara “se Deus quiser”

Publicados

em


source
Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)
Reprodução: ACidade ON

Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)

presidente Jair Bolsonaro declarou nesta quarta-feira (27) em conversa com apoiadores no ‘cercadinho’ do Palácio da Alvorada, que “se Deus quiser”, vai “influir na presidência da Câmara”.

Bolsonaro, assim como muitos que estavam no local, não usavam máscaras , e ficaram aglomeradas para tietar o presidente.

Acompanhada da deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), que fazia uma live, Jair Bolsonaro comentou sobre a reunião que havia participado na manhã desta quarta (27), que tem influência direta na eleição para a presidência da Câmara:

Você viu?

“Viemos fazer uma reunião aí com 30 parlamentares do PSL e vamos, se Deus quiser, participar, influir na presidência da Câmara, com estes parlamentares, de modo que possamos ter um relacionamento pacífico e produtivo para o nosso Brasil”

Fora do PSL desde novembro de 2019, quando saiu por conta de atritos com o presidente da sigla, o chefe do executivo se reuniu com deputados do partido para costurar apoio a Arthur Lira (PP-AL), que concorre à presidência da Câmara dos Deputados.

Projeções feitas mostram que o candidato apoiado pelo Palácio do Planalto está à frente de Baleia Rossi (MDB-SP), deputado apoiado pelo atual presidente da casa, Rodrigo Maia (DEM), e rival político de Bolsonaro.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA