MINISTÉRIO PÚBLICO ES

Ouvidoria do MPES conclui 99,67% das 7168 manifestações recebidas no primeiro semestre de 2022

Publicado em

Buscando atender a população de forma cada vez mais ágil e eficiente, a Ouvidoria do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) concluiu 7145 das 7168 manifestações encaminhadas pelos cidadãos no primeiro semestre de 2022, o que corresponde a 99,67% do total. De 1º de janeiro a 30 de junho de 2022, o setor recebeu 6344 manifestações pela internet, 331 por telefone, 25 de forma presencial, quatro por carta e 464 pelo canal de denúncias Disque 100 (Disque Direitos Humanos), do Governo Federal. Os encaminhamentos anônimos somaram 4992, o equivalente a 69,64% da totalidade recebida.

Os assuntos mais demandados no primeiro semestre de 2022, na esfera de atuação do Ministério Público Estadual, foram nas áreas de Saúde, com 1646 manifestações, além de Concurso Público (597), Improbidade Administrativa (546), Serviços Públicos (535) e Meio Ambiente (459).

Das demandas ainda não concluídas, 18 manifestações foram encaminhadas para órgãos públicos e aguardam resposta, enquanto 5 estão em fase de triagem.

Veja o infográfico da atuação da Ouvidoria do MPES.

Leia Também:  Luciana Andrade prestigia posse de chefe do Ministério Público Militar em Brasília

Veja o relatório da Ouvidoria.

Veja também: Ouvidoria do MPES conclui 94,3% das 6.697 manifestações recebidas no segundo semestre de 2021.

Eleito em fevereiro deste ano para atuação no biênio 2022-2024, o ouvidor do MPES, procurador de Justiça Humberto Alexandre Campos Ramos, ressaltou que os dados do primeiro semestre de 2022 resultam de um trabalho de equipe determinado a cumprir o dever do Ministério Público de zelar pelos direitos dos cidadãos. Destacou também o empenho permanente do setor em oferecer um atendimento ainda mais eficiente à população capixaba. “Temos esse compromisso com a população de buscarmos o atendimento cada vez mais qualificado aos que procuraram a instituição”, assinalou. 

A procuradora de Justiça Sídia Nara Ofranti Ronchi também integra a Ouvidoria do Mistério Público Estadual, como ouvidora substituta. 

Ouvidoria das Mulheres

A Ouvidoria das Mulheres foi criada em 22 de setembro de 2021. Desde que foi implementada, registrou 185 manifestações, sendo 105 no primeiro semestre de 2022. Tem por objetivo principal ser um canal de escuta ativa destinado ao recebimento, ao tratamento e ao encaminhamento às autoridades competentes das demandas relacionadas à igualdade de gênero, participação feminina e violência contra a mulher. 

Leia Também:  Operação Mata Atlântica em Pé terá quatro etapas no ES em 2022

A Ouvidoria das Mulheres pode ser acessada por meio do ramal 1 do número 127, pelo número de WhatsApp (27) 99202-5796, pelo site ouvidoria.mpes.mp.br e o e-mail [email protected], além do atendimento nas Promotorias de Justiça e na Procuradoria-Geral de Justiça, em Vitória. 

Como acessar a Ouvidoria do MPES

A população pode denunciar casos de irregularidades à Ouvidoria do MPES, inclusive de forma anônima, pelos seguintes canais: telefone 127; e-mail: [email protected]; site ouvidoria.mpes.mp.br; aplicativo para Android e iOS MPES Cidadão; além das Promotorias de Justiça das cidades capixabas e da sede do MPES, na Procuradoria-Geral de Justiça, em Vitória.

Fonte: Ministério Público do ES

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

MINISTÉRIO PÚBLICO ES

MPES participa da despedida do desembargador Ronaldo Gonçalves do TJES, após 42 anos de magistratura

Published

on

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio do subprocurador-geral de Justiça Judicial, Josemar Moreira, participou na quinta-feira (18/08) da homenagem de despedida do desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES), em razão de sua aposentadoria. Ele recebeu, das mãos de familiares e do presidente do TJES, desembargador Fabio Clem de Oliveira, a comenda Grã-Cruz do Mérito Judiciário, a mais alta honraria da Justiça estadual concedida em razão do seu notável desempenho ao longo de sua carreira jurídica. A homenagem aconteceu durante a sessão do Tribunal Pleno.

Josemar Moreira elogiou Ronaldo Gonçalves pelos 42 anos de serviços prestados à sociedade durante a carreira na magistratura. “Doutor Ronaldo desempenhou um belíssimo trabalho sendo exemplo para todos”. 

Presidente do Tribunal de Justiça no biênio 2020-2021, o desembargador Ronaldo ingressou na magistratura em 1980, tendo atuado em diversas comarcas do interior e na capital. Em 2005, foi promovido ao cargo de desembargador do TJES, onde exerceu a função de supervisor dos Juizados da Infância e da Juventude e membro do Conselho da Magistratura. Também assumiu o cargo de corregedor-geral da Justiça do Espírito Santo de 2015 a 2017, e a função de vice-presidente e corregedor do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES) no biênio 2018-2019.
Em seu discurso, o homenageado falou sobre o momento do adeus. “Despedida é um momento único, milagre em forma de encontro entre o passado e o futuro, ambos habitando um singelo pedaço do tempo presente, se a isso se presta reunir momentos outrora irreuníveis, cabe nestas cândidas palavras um tributo ao que findou e outro ao porvir. Em retrospectiva, nada há de maior realce senão o sentimento de gratidão, que nutro no âmago do meu ser àquelas queridas pessoas que compartilharam comigo esta trajetória de vida”.

Leia Também:  MPES não exige mais o uso de máscaras e a aferição de temperatura nas unidades da instituição

*Com informações do TJES

Fonte: Ministério Público do ES

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA