Carros e Motos

Novo Nissan Sentra é lançado no México e pode vir ao Brasil

Publicados

em


source
Nissan Sentra
Divulgação

Novo Nissan Sentra chega com novo visual, novos equipamentos, tecnologias e acertos na parte mecânica

Revelado na China no final do ano passado, o Nissan Sentra foi finalmente lançado no México, onde é produzido para atender aos mercados das Américas e Oriente Médio. Por lá, o sedã médio chega ao mercado com preços a partir de 309.900 pesos mexicanos (cerca de R$ 72.600).A marca ainda não confirma, mas é provável que o carro também seja vendido o Brasil, a partir de 2021.

LEIA MAIS: Nissan terá novo SUV global abaixo do Kicks; veja o teaser

O novo Nissan Sentra é oferecido no México com um motor 2.0 com injeção direta, de 145 cv e 20 kgfm, que é combinado a um câmbio manual de seis marchas ou a um automático CVT. Com uma plataforma nova, o sedã troca a suspensão traseira por eixo de torção por uma independente, do tipo multilink.

LEIA MAIS: Nissan vai apresentar novo SUV elétrico Ariya no mês que vem

Com 4,64 m de comprimento, 1,460 m de altura, 1,816 m de largura e com entre-eixos de 2,707 m, a nova geração do sedã manteve praticamente as mesmas medidas do antecessor. A exceção foram os quase 6 cm adicionais na largura e os 4 cm a menos na altura da carroceria.

Leia Também:  Maxiscooter Honda Forza 750 é apresentada oficialmente

LEIA MAIS: Nissan apresenta versão renovada do Kicks, agora com versão híbrida

No México, o sedã médio está disponível em quatro níveis de acabamento ( Sentra Sense , Advance, SR e Exclusive), sendo que apenas a última não conta com a opção do câmbio manual. Na configuração mais cara, o Sentra vai a 465.500 pesos mexicanos (cerca de R$ 109 mil).

Os seis airbags e a central multimídia com tela de 8 polegadas estão presentes em todas as configurações do Nissan Sentra , mas apenas a topo de linha Exclusive traz um pacote tecnológico com itens como frenagem automática de emergência com detector de pedestres, alerta de tráfego cruzado na traseira, câmera 360° e controle de cruzeiro adaptativo. Veja abaixo o vídeo oficial do novo sedã.




Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros e Motos

SSC Tuatara atinge 508,73 km/h e é carro de produção mais veloz do mundo

Publicados

em


source
SSC Tuatara
Divulgação

SSC Tuatara passa a ser o supercarro mais veloz produzido hoje em dia, superando o Koenigsegg Agera RS, que atingiu 447,19 km/h


O supercarro americano SSC Tuatara é o carro de produção mais rápido do mundo, anunciou o fabricante nesta segunda-feira (19). Equipado com um motor 5.9 V8 biturbo que chega a 1.774 cv quando abastecido com o etanol “E85”, o modelo atingiu a velocidade de 508,73 km/h.


Esta foi a velocidade média obtida no teste. Na primeira passagem, o Tuatara registrou a máxima de 484,53 km/h, enquanto a segunda prova atingiu 532,93 km/h. O recorde foi obtido na Route 160, uma rodovia nos arredores de Las Vegas (EUA) no último dia 10 de outubro. Segundo o piloto Oliver Webb, que guiou a máquina na façanha, a velocidade poderia ter sido ainda maior se não fosse a influência dos ventos cruzados.

Leia Também:  Depois da Kombi, Volkswagen poderá apostar em Fusca elétrico

Para garantir que o recorde seria incontestável, o teste foi realizado propositalmente em via pública, com um carro de produção equipado com pneus e combustível de rua e um sistema certificado de GPS para a registro de velocidade.


Além do recorde de velocidade máxima, o Tuatara quebrou ainda os recordes de “maior velocidade em uma milha em via pública” (503,92 km/h), “maior velocidade em um quelômetro em via pública” (517,16 km/h) e “velocidade mais alta obtida em via pública (532,93 km/h). Confira o vídeo abaixo para ter uma ideia de como o supercarro acelera.



Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA