Economia

Novo golpe em redes sociais fala em Auxílio Brasil de R$ 2,5 mil

Publicado em

 

Golpe informa enganosamente sobre benefício de R$ 2,5 mil
Divulgação

Golpe informa enganosamente sobre benefício de R$ 2,5 mil

Em mais uma modalidade de golpe envolvendo o PIX, mensagens enganosas têm feito vítimas ao informar via WhatsApp, SMS e e-mail que o governo federal está dando um novo Auxílio Brasil de R$ 2,5 mil.

O golpe foi identificado pela empresa de cibersegurança PSafe, que mapeou na última semana 17 sites utilizando de maneira criminosa o nome do benefício social. No período, 140 mil tentativas de golpes foram bloqueadas, o equivalente a mais de 20 mil por dia, mais de 833 por hora e 13 por minuto.

No crime, uma mensagem chega ao celular da vítima dizendo que ela tem direito ao Auxílio Brasil, prometendo o saque de um valor seis vezes maior do que os atuais R$ 400. Em outra versão do golpe, a vítima recebe uma mensagem com um link para que consulte se possui direito ao benefício, bastando inserir alguns dados para fazer a falsa verificação.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Leia Também:  Comitê da ONU conclui que Moro foi parcial ao julgar Lula na Lava Jato

Para induzir a vítima a cair, os criminosos utilizam as cores dos aplicativos oficiais do governo federal, garantem transferência do dinheiro instantaneamente, via PIX, e mostram uma mensagem afirmando que a pessoa tem o valor de R$ 2,5 mil disponível para saque imediato, bastando informar o número da chave PIX.

O crime, segundo a empresa, é um phishing, tipo de ciberataque onde os autores fingem ser alguém ou uma instituição conhecida – como um banco ou uma marca famosa – para tirar dados confidenciais das pessoas, como informações de identificação pessoal, dados bancários e senhas.

De acordo com a PSafe, esses dados coletados no golpe geralmente são utilizados posteriormente. Quem preencheu o cadastro falso, portanto, precisa ficar atento a qualquer movimentação estranha no dispositivo ou utilizando seu nome nos próximos meses.

“Um agravante no caso do phishing é que a pessoa pode não se dar conta no momento do golpe que foi uma vítima. Isso porque eles coletam os dados para serem utilizados posteriormente, então a pessoa pode demorar meses para saber e, mesmo assim, nem se lembrará que pode ter relação com um cadastro fraudulento”, destaca o executivo-chefe de Segurança da PSafe, Emilio Simoni.

Leia Também:  Como escolher as melhores ações?

Fonte: IG ECONOMIA

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Economia

E-commerce cresce e movimenta R$ 163 milhões no Dia dos Pais

Published

on

E-commerce cresceu no feriado dos Dias dos Pais
Creative Commons/Pixabay

E-commerce cresceu no feriado dos Dias dos Pais

Os dados levantados pela Nuvemshop, plataforma de e-commerce latina, mostra que pequenas e médias empresas faturaram R$ 163 milhões com as vendas online no Dia dos Pais deste ano, 21% a mais comparado ao mesmo período do ano passado. Além do aumento do lucro, foi registrado um crescimento de 11% nas vendas digitais. 

Os segmentos de moda, acessórios e saúde e beleza foram os mais bem sucedidos durante o período. Em específico, a seção de acessórios ganhou destaque, com crescimento de 54% em relação a 2021, subindo para a segunda posição no ranking.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Foram constatados aproximadamente 653 mil pedidos realizados durante as três semanas analisadas, com preço médio de R$ 250, elevação de 11% em relação ao número de pedidos e 10% de alta no valor médio em cada compra online em relação ao ano anterior. 

Leia Também:  Conselho da Petrobras prepara mudança no preço dos combustíveis

Os lojistas do estado de São Paulo foram os que mais faturaram com o feriado, ficando na casa dos R$ 77 milhões. Os estados de Minas Gerais, com R$ 19 milhões, e o Rio de Janeiro, com R$ 14,6 milhões, emplacam, respectivamente, segundo e terceiro lugares. Ceará registrou R$ 9 milhões e Santa Catarina R$ 8,3 milhões. 

Luiz Natal, gerente de Desenvolvimento de Plataforma da Nuvemshop, explica como feriados específicos afetam positivamente o mercado: “As datas comemorativas aquecem o varejo e os lojistas têm a oportunidade de aumentar o faturamento via e-commerce ano após ano, uma vez que os consumidores estão cada vez mais adaptados a comprar digitalmente. O Dia dos Pais é uma das datas mais importantes para os lojistas online.” 

A pesquisa utilizou dados que constam as vendas realizadas na semana do Dia dos Pais e as duas anteriores de 2021 e 2022.

Leia Também:  Vice de Bolsonaro, Braga Netto começa buscando apoio em Minas

Fonte: IG ECONOMIA

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA