Economia

Nova Zelândia continuará com fronteira fechada até a metade de 2021

Publicados

em


source

Contato Radar

Nova Zelândia continuará com fronteira fechada até a metade de 2021
Guilherme Dotto

Nova Zelândia continuará com fronteira fechada até a metade de 2021

Nesta terça-feira (26), a primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, anunciou que as fronteiras para viagens internacionais serão mantidas fechadas até que a maioria da população do país fosse vacinada.

A campanha de vacinação para a população neozelandesa em geral está prevista para começar próximo à metade 2021, até lá, haverão mais “bolhas de viagens” com a Austrália e a região do Pacífico, já o restante do mundo representa um risco para a economia e o sistema de saúde do país. 

“Dados os riscos no mundo ao nosso redor e a incerteza do lançamento global da vacina, podemos esperar que nossas fronteiras sejam afetadas durante grande parte deste ano. Para que as viagens reiniciem, precisamos de uma de duas coisas: precisamos da confiança de que ser vacinado significa que você não passa o vírus para outras pessoas ou precisamos que o suficiente de nossa população seja vacinada e protegida para que as pessoas possam entrar novamente na Nova Zelândia com segurança. Ambas as possibilidades levarão algum tempo.”

disse Ardern em uma entrevista coletiva.

No dia 21 de janeiro de 2021, a companhia aérea Air New Zealand, começou a voar para as Ilhas Cook, uma “bolha de viagem” entre as ilhas e a Nova Zelândia.

Leia Também:  Fiscais acusam Rappi de usar celular como "relógio de ponto"; entenda

Você viu?

A Air New Zealand recebeu um empréstimo de US$ 900 milhões do governo em março de 2020 para se manter à tona. Com isso, o governo detém 52% da companhia.

“De acordo com a lei, temos que seguir este processo específico e claramente nossa intenção é trazer essas pessoas de volta assim que abrirmos as fronteiras, mas, como você pode entender, isso não é algo que está sob meu controle”

Esclareceu o chefe da Air New Zealand, o executivo Greg Foran.

O post Nova Zelândia continuará com fronteira fechada até a metade de 2021 apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Planos de saúde: operadoras terão de explicar ao governo reajuste na pandemia

Publicados

em


source
Operadoras de planos de saúde terão de explicar ao governo reajuste durante a pandemia
Agência Brasil

Operadoras de planos de saúde terão de explicar ao governo reajuste durante a pandemia

As operadoras de planos de saúde terão que dar explicações sobre os reajustes aplicados durante a pandemia ao Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC). O órgão do Ministério da Justiça notificou as empresas.

Possíveis distorções nos preços dos planos levaram consumidores mais vulneráveis, e sem meios de negociar com as empresas, a enfrentarem aumentos maiores que os registrados nos grandes contratos, que tiveram até queda de valor em alguns casos.

O impacto do reajuste varia para cada consumidor.

Para encerrar o problema, o DPDC avalia que seria preciso assinar um termo de ajustamento de conduta (TAC) com as operadoras de saúde . O objetivo é equacionar problemas com os reajustes aplicados no ano passado, com os cerca de 20 milhões de contratos que tiveram aumento suspenso e, agora, têm de pagar não apenas o novo índice, mas também a recomposição do valor que deixou de ser cobrado.

Leia Também:  Fiscais acusam Rappi de usar celular como "relógio de ponto"; entenda

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA