Carros e Motos

Nova geração do esportivo Audi RS3 pode ser 100% elétrica

Publicado em

Quarta Geração (batizada de 8Y) será a última com motores a combustão interna
Divulgação

Quarta Geração (batizada de 8Y) será a última com motores a combustão interna

A eletrificação é um caminho sem volta para muitas fabricantes. Enquanto não surgem alternativas como os combustíveis sintéticos, muitas delas irão recorrer aos carros elétricos para alcançar as metas de emissões, principalmente da União Europeia.

Um modelo que, segundo a imprensa da Europa, vai se tornar elétrico é o Audi RS3 , o hot-hatch alemão que hoje em dia é equipado com um motor de 5 cilindros, mas motores elétricos em toda sua linha, em meados de 2027.

A Audi já havia confirmado que a geração futura de seu compacto se tornaria elétrica, agora, segundo a mídia britânica, a versão esportivada S3 e a esportiva RS3 serão 100% elétricas.

A reportagem da revista Autocar, informa que fontes dentro da Audi confirmaram que a nova geração do A3 chegará em 2027 e sem motorização a combustão.

Leia Também:  Veja vídeo da maior coleção de clássicos da FNM do Brasil

A futura geração do RS3 manterá a tração integral e a aceleração de 0 a 100 km/h abaixo dos 4 segundos, na versão elétrica, a tração virá de dois motores elétricos, posicionado acima de cada eixo do compacto.

Audi RS3 é oferecido em carroceria sedã ou hatch, chamada de Sportback pela fabricante alemã
Divulgação

Audi RS3 é oferecido em carroceria sedã ou hatch, chamada de Sportback pela fabricante alemã

Atualmente, o RS3 é equipado com um motor 2.5 litros turbo, alimentado de cinco cilindros, que gera 406 cv e 50,9 kgfm de torque, e aliado à tração integral Quattro, acelera de 0 a 100 km/h em 3.6 segundos.

As versões de entrada do A3 oferecem tração dianteira, o que deverá ser diferente nos modelos elétricos , que irão tracionar as rodas traseiras, mas com opção de tração integral em modelos mais caros. O novo A3 será fabricado na plataforma SSP (Plataforma de sistemas escaláveis, em inglês) que promete facilitar uma arquitetura elétrica de 800 V, o que permite recargas rápidas como 130 km de autonomia em 10 minutos.

Atualmente, a Audi oferece dois modelos 100% elétricos, o SUV E-Tron e o sedã esportivo com ares de cupê E-tron GT . São modelos com propostas e carrocerias completamente diferentes.

Leia Também:  Sem rivais, RAM lança a 3500 no Brasil,  a maior picape do país

O SUV possui dois motores elétricos que combinam para 408 cv e 67,7 kgfm de torque e é abastecido por baterias de 95 kWh, suficientes para 436 km de autonomia.

O sedã esportivo E-Tron GT  utiliza a mesma plataforma do Porsche Taycan e é equipado com dois motores elétricos que somam 598 cv de potência e 84,6 kgfm de torque, e baterias de 93,4 kWh, suficientes para rodar 433 km.

Apesar de não haver mais informações, é capaz a autonomia do E-tron atual seja similar ao que será encontrada na linha A3 daqui meia década, caso o desenvolvimento de baterias se mantenha no ritmo atual.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carros e Motos

Kombi alemã: VW Caravelle de Stephen Hawking vai a leilão

Published

on


A VW Caravelle das fotos pertenceu e está sendo oferecida à venda através da casa de leilões Silverstone Auctions
Reprodução

A VW Caravelle das fotos pertenceu e está sendo oferecida à venda através da casa de leilões Silverstone Auctions

A casa de leilões inglesa Silverstone Auctions anunciou que vai leiloar , o Volkswagen Caravelle GL 112 de 1988 que pertenceu ninguém mais, ninguém menos que o professor Stephen Hawking, considerado um dos mais renomados cientistas do século.

Hawking nasceu em uma família de médicos, ele recebeu um bacharelado em física no University College em Oxford. Pouco tempo depois, ele se formou no Trinity Hall em Cambridge, onde fez doutorado em matemática aplicada e física teórica.

Em 1963, o físico teórico foi diagnosticado com uma forma de doença do neurônio motora, que gradualmente espalhou por todo o corpo de Stephen e, apesar das limitações, ele continuou em seu trabalho tornando-se um autor de best-sellers.

Leia Também:  De carona na economia: benefícios de comprar um carro seminovo

Comprado zero-quilômetro por Hawking em junho de 1988, o Caravelle das fotos foi usado em seu casamento em 1995 e com a condição de Hawking se deteriorando, em 1999, o veículo foi passado para os parentes do professor em 1999.

O irmão de Hawking cuidou e guardou a van em um estacionamento subterrâneo. Repintada há alguns anos, este veículo pode ser considerado um elemento significativo da vida posterior de Stephen Hawking , herdado em 2003 pelo sobrinho do estudioso.

O Caravelle está sendo oferecido pela  Silverstone Auctions  sem lances de reserva, e certamente desencadeará uma guerra entre os participantes não só pela brilhante carreira de um físico teórico e cosmólogo britânico, reconhecido internacionalmente por sua contribuição à ciência, mas também pelo veículo em si.

Leia Também:  Sem rivais, RAM lança a 3500 no Brasil,  a maior picape do país

O Volkswagen Caravelle GL 112 de 1988 é equipado originalmente com motor boxer de 2,1 litros de 113 cv acoplado a uma caixa de câmbio automático, de três marchas. Usado como transporte pessoal de Hawking por uma década, o carro conta com apenas 90.000 milhas, o que dá 144.840 km.

No Brasil, o modelo teve uma passagem curta através de suas variantes Eurovan , uma versão mais simples e a Caravelle , a mais luxuosa e as importações começaram em 1998 como uma opção mais cara a nossa boa e “Velha Senhora”, a Kombi . O fim da importação ocorreu em 2001 e a versão brasileira continuou reinando sozinha no segmento de vans.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA