Artigos

Neném, o comendador do povo de Cachoeiro

Publicado em

Justa homenagem!

Homenagear Neném é homenagear e abraçar toda essa gente anônima, que corre todo dia tentando vencer uma vida de dificuldades tantas.

Por Ilauro Oliveira | 26.06.2019

Nesta noite imortal e inesquecível de terça-feira, 25 de junho, abraça a todos nós o mais profundo sentimento de fraternidade que tanto habitava o peito do poeta Newton Braga, homem que sonhou uma Festa de Cachoeiro de toda gente… dos mais simples aos mais poderosos. E neste 2019, ela aconteceu assim, tal qual seu sonho.

A antena delicadíssima do poeta captou pedaços de toda alegria cachoeirense quando assistiu o prefeito Victor Coelho e a primeira dama Keila entregarem a Comenda Rubem Braga ao nosso querido Hermogênio Lucas Filho (conhecido popularmente como Neném Doido).

Ali, naquele momento, reavivou em nós o mais profundo sentimento bairrista, mostrando que uma festa pode ser feita em qualquer lugar e por qualquer povo, mas a festa de toda gente, e que tanto sonhou o poeta Newton Braga, só pode existir aqui, em Cachoeiro de Itapemirim, sua terra Natal.

Leia Também:  Responsabilização Trabalhista do poder público pela pandemia

Homenagear Neném é homenagear e abraçar toda essa gente anônima, que corre todo dia tentando vencer uma vida de dificuldades tantas. Essa gente que nem se vê, como cantou tão bem Vinicius de Moraes na sua Marcha de Quarta-feira de Cinzas. Essa gente que tanto preocupava e atormentava o sentimento do poeta Newton, porque se tratava de um homem que desejava a todos uma felicidade universal.

A poesia fraternal de Newton Braga conhece o coração dos cachoeirenses e suas necessidades, assim como as pernas cansadas de Neném conhecem as ruas e vielas de Cachoeiro. Correm juntas todos os dias, olhando e cuidando de nós, gente simples que deseja, quem sabe em algum tempo, ser grande como eles são.

Ao reverenciar Neném, Cachoeiro reverencia a toda sua gente, toda sua história, todos os seus recantos, todas as suas personalidades. A cidade estica o braço e puxa para perto de si todos os seus filhos, mostrando que somos importantes e temos o dom de ser capaz e ser feliz, do nosso jeito e maneira.

Leia Também:  Dívida insignificante não pode acarretar a quebra empresarial - por Raphael Wilson Loureiro Stein

Neném é o comendador do povo de Cachoeiro. De todas as personalidades homenageadas nesta noite, nenhuma delas se identifica mais e é tão querida pelos cachoeirenses quanto ele.

Por um dia, essa gente que nem se vê, acabou sendo vista e acabou se reconhecendo através de Neném. Um homem do povo, igual a todos nós, e diferente de todos nós… mas que agora é comendador!

E para comemorar pode perguntar: “Quer cigarro, Neném?”. Acho que ele vai aceitar!

*******************************************************

“E só o que eu tenho, e que vós não tendes, — que consolo triste! – é esta sensibilidade dolorosa que se comove com misérias que às vezes mesmo os que as carregam desconhecem. Esta sensibilidade que é uma antena delicadíssima, captando pedaços de todas as dores do mundo, e que me fará morrer de dores que não são minhas” – Fraternidade (Newton Braga)

 

 

COMENTE ABAIXO:

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos

Dever cumprido e gratidão – Por Flávia Cysne

Published

on

Nesta sexta-feira (1º) me desligo da função de gerente regional Sul da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendorismo (Aderes).

Mas não posso me despedir sem compartilhar com os amigos e empreendedores que estiveram conosco neste tempo a importância do trabalho que realizamos, com o olhar sempre voltado para o desenvolvimento regional.

Todas as nossas ações foram no sentido de promover o crescimento das regiões de forma descentralizada, como é o desejo do governador Renato Casagrande e recomendam as melhores práticas de gestão.

Isso é importante para que nenhuma região seja excluída das ações que promovam crescimento e a valorização das potencialidades e do talento dos seus moradores.

Trabalhamos com o apoio de dados coletados por especialistas em várias frentes. Um esforço coletivo que já está dando frutos.

Nesse período em que estivemos à frente da Aderes na regional sul o Governo do Estado apoiou mais de 60 feiras. Demos suporte a aproximadamente 1500 empreendedores gratuitamente para que participassem desses eventos e pudessem expor seu produtos.

Leia Também:  Abaixo da linha da pobreza - Por Flávia Cysne

Nesse mesmo período nosso orçamento saltou de R$ 12 para R$ 24 milhões, sempre com o objetivo de fomentar o empreendedorismo.

E tenho que compartilhar com vocês. Essa caminhada foi de grande aprendizado e fico feliz com as parcerias construídas, pelo apoio recebido para realizar nosso trabalho e pela nossa equipe ter contribuído para o fortalecimento dos empreendimentos que existem nas microrregiões visitadas por nós em todo esse tempo.

Já sabia, e se fortaleceu em mim, a certeza de que é importante valorizar e apoiar os micro e pequenos empreendedores para que o crescimento das regiões seja com equidade e gere emprego e renda e promova qualidade de vida aos capixabas que decidiram empreender.

Isso vai permitir que todos vivam com dignidade, fazendo o que sabem de melhor, os seus produtos, sejam da agroindústria ou artesanal, para que cheguem às mãos de quem realmente precisa, o consumidor final, sem atravessadores.

Realmente foi um trabalho gratificante. Especialmente por dar visibilidade e oportunidade aos nossos talentos regionais. Gratidão a cada município que nos recebeu.

Leia Também:  Salvação para os superendividados

Saio com a sensação do dever cumprido e deixo a minha palavra de incentivo aos micro e pequenos empreendedores para que continuem se aperfeiçoando e participando das feiras. Elas são o caminho para o fortalecimento das suas atividades econômicas e para a valorização das microrregiões. O trabalho da Aderes continua. Aproveitem todas as oportunidades.

Novos desafios se apresentam e quero recebê-los com a coragem e a determinação dos profissionais das micro e pequenas empresas com quem tão prazerosamente convivi e aprendi.Gratidão a cada um de vocês.

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA