Polícia

Mulher mata o marido ao tentar se defender de agressões no interior de Muniz Freire

Publicado em

Um homem de 38 anos foi morto no fim da tarde da última sexta-feira (9), na localidade de Pedra Lisa, no interior de Muniz Freire, pela esposa de 53 anos, que tentava de defender de agressões. Edione Silva Siqueira foi atingido com um golpe de faca na perna e morreu no local, ao ter uma artéria perfurada.

Segundo a mulher, o marido teria trabalhado durante o dia como pedreiro e no fim do expediente, ela entregou uma lista de mantimentos que estavam em falta em casa precisavam ser comprados. “Ele saiu para ir até a mercearia, mas no meio do caminho comprou uma garrafa de cachaça e voltou em casa. Deixou a cachaça e foi comprar os mantimentos, mas chegou em casa só com um frango e uma linguiça. Colocou as coisas em casa e foi até a casa de um colega, sabendo que ele tinha cachaça dentro de casa”, conta.

O marido teria bebido com um amigo, que o acompanhou até em casa. “Passou um tempo e ele voltou com o colega para a casa. O colega já estava bem bêbado já. Lá em casa, tomaram mais umas três cachaças, comeram o tira gosto e colega foi para o quarto dormir. O meu marido ficou rodando comendo tira gosto e bebendo cachaça. Depois sentou no sofá e começou a me xingar”, continua.

Leia Também:  Jovem leva sete tiros ao tentar ajudar policial que sofreu tentativa de assalto

A mulher disse que foi agredida com chutes e socos. “Ele começou a me agredir, me dando socos, pontapé, chute. Aí falei com ele que ia juntar minhas coisas, arrumar um cômodo e um carro para tirar minhas coisas de casa. Ele ficou mais bravo ainda. Quando ele me deu outro chute, eu fui e quebrei a garrafa de cachaça dele, e ele começou a me dar mais socos ainda, no peito e nas costas. Ficou violento mesmo”, ressalta.

Ela afirma que está arrependida e que não tinha a intenção de matar o marido. “Eu estava com uma faquinha na mão, pois estava raspando o fogão. Quando ele me deu um chute, eu meti a faca na perna dele, mas não era intenção de furar ele. Acabei furando e ele faleceu. Estou muito arrependida e culpada”, comenta.

Os dois estavam juntos há oito anos e se separaram seis vezes. “Oito que vivo nessa vida. Nesse tempo, já separamos seis vezes e voltamos, porque ele não me deixava em paz. E sempre do mesmo jeito, com essas violências, e deixando faltar as coisas dentro de casa. Morávamos em Cachoeiro, e para tentar mudar nossa vida e o relacionamento, fomos embora para a roça, bem longe de minha família, para ele não arrumar confusão”, frisa.

Leia Também:  Denuncia leva polícia à apreensão de pássaros e pé de maconha em Atílio Vivácqua

De acordo com informações da Polícia Civil, o homicídio culposo e em legítima defesa. Ela foi encaminhada pela Polícia Militar até a Delegacia Regional de Cachoeiro, foi ouvida e vai responder pelo crime em liberdade. “Que isso sirva de lição para muitas mulheres. Quando acontecer a primeira vez, vai e denuncie. Não espere chegar a esse ponto de fazer o que fiz”, completa a mulher.

fonte http://www.folhavitoria.com.br/

COMENTE ABAIXO:

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Polícia

Após listar investimentos em Cachoeiro,Victor Coelho e vereadores declaram apoio a Casagrande

Published

on

O prefeito Victor Coelho reuniu, nesta segunda (08), treze vereadores de Cachoeiro de Itapemirim com o objetivo de dialogar, apresentar resultados dos investimentos do Governo do Estado no município e formalizar o apoio dos parlamentares à candidatura à reeleição do governador Renato Casagrande.

Após destacar os investimentos que o Governo do Estado tem feito nos últimos quatros anos, em diversas áreas, em Cachoeiro, o prefeito ouviu cada vereador e, em comum acordo, firmaram o compromisso de apoio à reeleição do atual governador do Espírito Santo.

Durante a sua fala, o prefeito Victor Coelho frisou que é fundamental que esse momento de união permaneça para o bom desenvolvimento de Cachoeiro.

“Foram quatro anos de muitas conquistas e não podemos abrir mão de continuar avançando. Casagrande foi um grande parceiro de Cachoeiro durante a nossa gestão, com investimentos expressivos em áreas como segurança, infraestrutura e saúde. Somente em obras, somamos mais de meio bilhão de reais em recursos já garantidos para Cachoeiro. Para citar apenas dois grandes investimentos que já estão garantidos, temos a duplicação da Rodovia do Frade, no valor de R$ 200 milhões, e a macrodrenagem da Linha Vermelha, no valor de R$ 56 milhões, só na primeira etapa”.

Leia Também:  PM recupera moto furtada e apreende arma em municípios do Sul do Estado

“Agradeço essa oportunidade da Câmara de Cachoeiro ser ouvida. Como presidente da Câmara confirmo o meu apoio a Casagrande e vejo que a maioria dos colegas vereadores também estão aqui hoje para confirmar esse apoio. Cachoeiro ganhou muito nos últimos quatro anos, com obras que esperamos por muito tempo”, disse Brás.

“Aqui em Cachoeiro, Casagrande tem nosso apoio à reeleição, pois destinou muitos repasses para Cachoeiro. Nunca tivemos investimentos tão expressivos em obras, como no governo Casagrande. Agora, com Ricardo Ferraço, um cachoeirense como candidato a vice-governador, sei que o olhar para as demandas de Cachoeiro vai ficar ainda mais fortalecido”, salientou o vereador Allan Ferreira, líder do governo na Câmara.

Dentre os investimentos estaduais em Cachoeiro contabilizados em mais de meio bilhão de reais estão a reforma do Palácio Bernardino Monteiro (R$ 2,2 milhões), a construção do novo Hospital do Câncer de Cachoeiro de Itapemirim (R$ 7,8 milhões), a pavimentação de estradas rurais com blocos de concreto no Distrito de São Vicente (R$ 12,8 milhões), a reabilitação da Avenida Jones dos Santos Neves (R$ 10,9 milhões) e recapeamento em vias urbanas (R$ 15 milhões).

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA