Mulher

Mulher dá à luz quadrigêmeos idênticos em parto raríssimo

Publicados

em

 

 

source

Se um é pouco, dois é bom e três é demais, quatro vai além do esperado! A estadunidense Jenny Marr sabe bem o que é isso. Ela deu à luz quatro bebês idênticos. O caso é raro. A probabilidade do evento acontecer é de uma vez a cada 15 milhões de partos.

Leia também: Grávida de gêmeos e mãe de 6, mulher relata a rotina da família na quarentena

A mãe segurando seus 4 bebês recém nascidos.
Reprodução/Família Marr

Os quadrigêmeos nasceram em Dallas, capital do estado de Texas, nos Estados Unidos

Jenny Marr, a mãe dos quadrigêmeos , entrou em trabalho de parto na semana 28 da sua gestação, e deu à luz a Harrison, Hardy, Henry e Hudson, que nasceram em um parto cesariano.

”Chamamos nossos bebês de passarinhos, por que eles pareciam muito com uma ninhada de passarinhos”, disse a mãe em entrevista para o site Today .

Leia também: Mãe faz família voltar no tempo e vive o isolamento em 1945

Jenny, a mãe, e Chris, o pai, segurando os bebês na UTI do hospital.
Reprodução/Família Marr

A semelhança dos filhos já confundiu os pais dos quadrigêmeos

Os recém-nascidos tiveram que ficar na UTI neonatal por cerca de dez semanas, até que estivessem saudáveis o suficiente para poderem conhecer o seu novo lar.

Leia Também:  Flamengo renova com Jorge Jesus até junho de 21 por 4 milhões de euros

No entanto, tanta semelhança entre os bebês acaba atrapalhando a mamãe. ”É muito difícil conseguir diferenciar cada um! Uma vez eu tirei uma foto dos quatro e pedi para meu marido adivinhar cada um, e ele não acertou”, conta a mãe.

Leia também: Vida no isolamento social: você é a mãe, mas também sente medo; e tudo bem

Harrison, Hardy, Henry e Hudson na foto
Reprodução/Família Marr

As fofuras Harrison, Hardy, Henry e Hudson, foram muito bem cuidadas no hospital!

Nascidos durante a pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2), Jenny relata que o hospital tomou todas as medidas de proteção possíveis para que ela e seus bebês não sofressem nenhum risco de infecção.

”Foi uma baita de uma experiência”, conta Jenny. ”Todos no hospital, desde os médicos até as enfermeiras, tornaram a minha segurança e a segurança dos meus filhos a prioridade número um”, conta a mamãe dos quadrigêmeos.

”Espero que um dia eu possa voltar para o hospital e abraçar cada um dos enfermeiros e médicos para poder agradecer por todo o cuidado e atenção que foi dado para meus filhos e minha família”, finaliza.

Leia Também:  Mariana Weickert desabafa sobre gravidez: "Medo, muito medo"
Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mulher

Paramédico e enfermeira fazem casamento improvisado no hospital

Publicados

em


source

O casamento , digamos, oficial do paramédico Nathan Judge e da enfermeira Charlotte Medcalf teve de ser adiado por conta da pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2). Eles trabalham na linha de frente do combate à Covid-19, mas ainda assim conseguiram dizer “sim” mesmo com a correria de atuar na pandemia.

Leia também: Por coronavírus, casal adianta casamento e convidados assistem pela web

casal
Arquivo pessoal/Nathan Judge

O paramédico e a enfermeira aproveitaram o turno para fazer a cerimônia


A festa oficial estava prevista para o dia 30 de maio, quando já era esperado que as restrições e regras de  isolamento social  estivessem mais relaxadas no Reino Unido. Mas isso não aconteceu. “Por causa dos conselhos do governo, sabíamos que teríamos que cancelar o casamento. Foi angustiante. Passamos dois anos planejando o dia”, conta Nathan para o jornal inglês Metro.

Já que não era possível uma cerimônia com toda pompa esperada, o paramédico resolveu fazer uma surpresa para a noiva. No dia 30 eles estavam no plantão e o rapaz resolveu levar a festa de casamento para o hospital onde ele e Charlotte trabalham. 

Leia Também:  Horóscopo do dia: previsão para o dia 4 de junho de 2020

O “sim” no corredor do hospital

Ele aproveitou a pausa para buscar um champanhe em casa e foi até o turno de Charlotte com o paletó do casamento, com direito a flor na lapela, buquê com as flores que haviam sido escolhidas para a cerimônia original e até buffet com a entrada e sobremesa da festa.

casal
Arquivo pessoal/Nathan Judge

A surpresa marcou a data que seria da cerimônia e em casa o casal festejou com amigos por vídeo.


Ali mesmo eles trocaram votos e disseram “sim”. “Ela adorou, chorou de felicidade. Nossos colegas ajudaram decorando a sala com fotos nossas e comemos a mesma comida do casamento”, afirma Nathan.

Ao chegarem em casa, o paramédico conseguiu organizar uma mesa de festa e a madrinha fez com que os convidados gravassem  mensagens em vídeo  desejando felicidades ao casal. 

E apesar de não gostar de surpresas, Charlotte ficou feliz pelo dia. “Fiquei bem surpresa, gosto de saber de tudo o que está acontecendo, mas foi adorável e muito legal o dia!”, conta a enfermeira.

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA