MINISTÉRIO PÚBLICO ES

MPES participa de posse solene do desembargador Eder Pontes no Tribunal de Justiça

Publicados

em


O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da subprocuradora-geral de Justiça Administrativa do MPES, Elda Spedo, representando a procuradora-geral de Justiça, Luciana Andrade, participou nesta quinta-feira (02/12) da posse solene virtual do ex-procurador de Justiça Eder Pontes da Silva como desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo (TJES). A cerimônia contou com a presença do governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, e de diversas autoridades, e foi conduzida pelo presidente do TJES, desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa, que deu posse também aos juízes de Direito Júlio Cesar Costa de Oliveira, Rachel Durão Correia Lima e Helimar Pinto.

O desembargador Adalto Dias Tristão deu as boas-vindas aos novos desembargadores e destacou que a disputa pelas vagas foi acirrada, mas muito respeitosa e honrada.

Escolhido para o cargo pelo governador Renato Casagrande, a partir da lista tríplice formada pelo Pleno do TJES, Eder Pontes discursou em tom de alegria, gratidão e entusiasmo pelo novo desafio, que representa o coroamento de sua vida profissional, e prometeu zelar pela justiça, em prol de uma sociedade mais igualitária e humana.

Leia Também:  MPES faz reunião para discutir viabilidade de realização do desfile das escolas de samba de Vitória

 “Celebro hoje uma importante transição da minha trajetória profissional, redirecionando a bússola para uma nova estrada a seguir. O que não significa que o caminho outrora percorrido não era o ideal. Ao contrário, foi ele que me trouxe até aqui. Por isso, ao olhar para trás me sinto orgulhoso e grato pela minha história no MPES, notadamente pelas inúmeras realizações funcionais e o fiel cumprimento ao múnus constitucional. De igual modo, pelas respeitosas relações pessoais e de amizade que lá conquistei”, afirmou.

O presidente do TJES, desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa, encerrou o evento destacando que o momento de posse celebra uma gestão única, que enfrentou problemas fiscais orçamentários, estruturais, aposentadorias e um inimigo inédito, que foi a pandemia de Covid-19.  “Não foi fácil, mas conseguimos vencer os desafios e hoje compartilhamos com vossas excelências desse sonho dos candidatos. Tudo que se espera de um desembargador é que ele continue o belíssimo trabalho que fez na função de magistrado e de membro do Ministério Público, mantendo até o final os mais importantes predicados da carreira, obrigações indisponíveis do legislador: a imparcialidade, a independência, a fidelidade à justiça, o amor ao próximo e ao Estado do Espírito Santo. Parabéns, sejam bem-vindos, meus colegas”, declarou.

Leia Também:  Caso Samarco: Instituições de Justiça pedem que Fundação Renova avalie efeito de cheias do rio Doce

A posse foi transmitida pelo canal do TJES no YouTube. A gravação do evento está disponível no endereço: http://www.youtube.com/portaltjes

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MINISTÉRIO PÚBLICO ES

Atuação do MPES é destaque em entrevista da procuradora-geral de Justiça

Publicados

em


Em entrevista que foi ar na sexta-feira (14/01) pela emissora de TV Record News ES, a procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), Luciana Andrade, destacou a atuação institucional em defesa dos direitos dos cidadãos desde o início da pandemia de Covid-19. Salientou também o empenho do Ministério Público nas mais diversas áreas e abordou o êxito obtido em operações de combate à corrupção e na recuperação de valores significativos aos cofres públicos. 

A entrevista foi concedida ao programa “Em Destaque”, no quadro “Personalidades”. A procuradora-geral de Justiça comentou ainda as dificuldades enfrentadas ao assumir a gestão do MPES em plena pandemia, salientando as iniciativas que permitiram à instituição rapidamente se reorganizar para continuar funcionando durante o período pandêmico. 

Confira a entrevista.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Caso Samarco: Instituições de Justiça pedem que Fundação Renova avalie efeito de cheias do rio Doce
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA