Política

Morte de cachoeirense faz deputado alertar para segurança em bancos 24hs

Publicado em

Glauber pede audiência para discutir segurança nessas instituições financeiras

Por | 07.02.2012

 

A segurança dentro de instituições bancárias ? especialmente os chamados caixas 24 horas ? deve ser tema de audiência pública. Solicitação nesse sentido foi feita nesta segunda-feira (6) pelo deputado Glauber Coelho (PR), em discurso no Plenário Dirceu Cardoso da Assembleia Legislativa (Ales).

 

Glauber pediu ao deputado Gilsinho Lopes (PR), presidente da Comissão de Segurança, a realização da audiência, com a presença de representantes de instituições bancárias. Ao justificar seu pedido, lembrou crime ocorrido no domingo (5), quando o representante comercial José Dutra Ferreira foi assassinado dentro de um caixa 24 horas situado em Cachoeiro de Itapemirim.

 

O parlamentar ressaltou que as instituições mantêm seguranças apenas no período diurno. Nos fins de semana, aos sábados, domingos e feriados, e ainda no período noturno nos dias úteis, não há seguranças dentro desses caixas. No entender de Glauber Coelho, é preciso adotar medidas para salvaguardar os clientes das instituições bancárias.

Leia Também:  Defensor-geral pode ter de prestar contas à Ales

 

Glauber Coelho também pediu, desta vez à Comissão de Infraestrutura Urbana da Assembleia, uma audiência pública em Cachoeiro de Itapemirim para discutir e ampliar o debate com os donos de Centros de Formação de Condutores (CFCs) e os despachantes, para avaliar de que forma os deputados podem ser uma ponte entre esses profissionais e o Governo do Estado.

 

 

 

 

 

COMENTE ABAIXO:

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Política

Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH

Published

on

Os servidores públicos que conduzem veículos oficiais das polícias Civil, Militar e Penal, do Corpo de Bombeiros Militar e do Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases) poderão ficar isentos do pagamento das taxas de renovação, adição ou alteração de categoria da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) cobradas pelo Detran/ES. É o que prevê o Projeto de Lei (PL) 306/2022.

Autor da proposta, o deputado Delegado Danilo Bahiense (PL) justifica a medida pelo fato de a CNH ser essencial a esses servidores na prestação de serviço ao Estado:

“Compete ao Estado, o empregador, fornecer aos seus empregados, no caso os servidores públicos responsáveis por dirigirem as viaturas, as devidas ferramentas de trabalho que vão desde equipamentos diversos como coletes à prova de balas, munições, armas de fogo, como também a isenção das taxas para renovação, adição ou alteração de categoria da CNH”, argumenta Bahiense.

O projeto estabelece que os exames médicos necessários à renovação da CNH, poderão ser realizados nas clínicas conveniadas ou por profissionais da rede pública oficial, acompanhados de laudo médico para comprovação junto ao Detran. Além disso, em caso de exigência do curso de direção defensiva deverão ser reconhecidos e aceitos os realizados e ministrados por órgãos oficiais do Estado. 

Leia Também:  Indefinição de Hartung lembra Serra e deixa em suspenso sucessão no ES

O PL 306/2022 aguarda análise das comissões de Justiça, de Mobilidade Urbana, de Segurança e de Finanças, antes de ser votado em plenário pelos 30 deputados estaduais. 

Fonte: Assembléia Legislativa do ES

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA