Esporte

Morre Fischer, estrangeiro com mais jogos na história do Botafogo

Publicados

em

 

Faleceu nesta sexta-feira (16), aos 76 anos, o argentino Rodolfo Fischer, ídolo do Botafogo e do San Lorenzo (Argentina). O ex-atacante, conhecido pelo apelido El Lobo, foi o jogador estrangeiro que mais vestiu a camisa do Glorioso, com 180 jogos disputados entre 1972 e 1976. No futebol brasileiro, ele também defendeu o Vitória.

O lugar onde Fischer brilhou mais, porém, foi mesmo o San Lorenzo. Pelo tradicional clube de Buenos Aires, El Lobo fez 272 jogos e anotou 141 gols, destacando-se, principalmente, na conquista do título argentino de 1968, de forma invicta. Aquele time, que ganhou o apelido de os Matadores, teve Fischer como artilheiro. Foi dele, inclusive, o gol que garantiu a taça, em vitória sobre o Estudiantes.

Em 2004, em uma entrevista, Fischer opinou sobre quem era, a seu ver, o maior jogador de todos os tempos. O ídolo de Botafogo e San Lorenzo disse ser Pelé, apesar de reconhecer Diego Maradona, à ocasião, como o “maior da Argentina, de longe”. Ele argumentou que, ao contrário do camisa 10 argentino, o brasileiro sabia finalizar com as duas pernas, além de ter marcado muito mais gols, saltar alto e ter tido uma carreira mais constante. “Todos os companheiros que tive, em clubes e na seleção, dizem o mesmo”, afirmou, à época.

Leia Também:  Presidente da Fifa, Gianni Infantino, é diagnosticado com covid-19

Antes de vir para o Brasil, Fischer defendeu a seleção argentina entre 1965 e 1972, marcando oito gols em 32 partidas. Além de Botafogo, San Lorenzo e Vitória, o ex-atacante atuou por Sarmiento e Belgrano, ambos da Argentina, além do Once Caldas, da Colômbia.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Athletico-PR e Flamengo fazem duelo de estreia na Copa do Brasil

Publicados

em


O duelo de rubro-negros agita a noite desta quarta-feira (28). Athletico-PR e Flamengo estreiam na Copa do Brasil às 21h30 (horário de Brasília), na Arena da Baixada, em Curitiba (PR). O jogo válido pelas oitavas de final será a reedição das quartas de final do ano passado, quando os paranaenses eliminaram os cariocas, e depois colecionaram vitórias até conquistarem o título de 2019. A partida terá início às 21h30 (horário de Brasília) e será transmitida ao vivo, na Rádio Nacional

O Flamengo que entra em campo esta noite vive um momento melhor do que o Furacão na temporada 2020. No Campeonato Brasileiro, o time carioca ocupa a vice-liderança. Já os athleticanos estão na zona de rebaixamento, em 18º lugar. As duas equipes já estiveram frente a frente este ano pelo Brasileirão, e o Flamengo levou a melhor no Maracanã, ao vencer o Furacão por 3 a 1.

Em relação à Copa Liberadores, ambas as equipes avançaram às oitavas de final. Contudo, a equipe carioca comandada pelo técnico Domènec Torrent se classificou na primeira colocação do Grupo A, enquanto o time de Paulo Autuori ficou em segundo lugar no Grupo C. 

Leia Também:  Sem amistosos, Pia valoriza períodos de treinos da seleção feminina

Flamengo e Athletico-PR também se enfrentaram em em fevereiro, pela Supercopa do Brasil, competição entre os campeões da Libertadores e da Copa do Brasil  no ano seguinte a conquista dos títulos. O Rubro-Negro carioca venceu o Furacão, por 3 a 0 no estádio Mané Garrincha, em Brasília (BR).

Confira aqui a tabela de classificação da Copa do Brasil.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA