Cidades

Moradores protestam contra municipalização do Hospital de Jerônimo Monteiro

Publicados

em

Por | 00.00.

Moradores de Jerônimo Monteiro foram às ruas na manhã desta quarta-feira (21) junto com representantes do Sindicato dos Trabalhadores de Saúde do Espírito Santo (Sindsaúde-ES) para protestar contra a municipalização do Hospital da cidade, gerido pela Governo do Estado.

Segundo a Polícia Militar, cerca de 300 pessoas participaram de uma passeata pelas ruas do centro da cidade de forma pacífica. A manifestação organizada pelo Sindsaúde começou por volta das 8 horas e durou cerca de três horas. De acordo com o diretor de formação do sindicato, Valdeci Gomes Nascimento, a entidade é contra a proposta de municipalização ou terceirização dos serviços de gerenciamento e administração do hospital de Jerônimo. Segundo ele essa possibilidade foi colocada em pauta durante uma reunião do Conselho Municipal de Saúde e gerou insatisfação entre servidores e população.

“O município não tem arrecadação suficiente para gerir e manter os serviços oferecidos pela unidade”, ressaltou. O diretor do Sindsaúde disse ainda que deverá se reunir com representantes dos conselhos municipal e estadual de saúde para tratar do tema.

Leia Também:  Vacinados com Astrazeneca podem optar por 2ª dose com Pfizer em Cachoeiro

Nascimento disse ainda que outra manifestação acontecerá na manhã desta quinta-feira (22) em São José do Calçado, onde há informações sobre a intenção de terceirização do Hospital São José.

Em nota, a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) se manifestou apenas sobre a informação de um possível fechamento do hospital em Jerônimo, assunto que tem sido constante entre os moradores. A Sesa informa que “a Unidade de Jerônimo Monteiro não será fechada”, diz a nota.

fonte http://www.aquinoticias.com/

 

 

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Itapemirim finaliza acordo para convênio de inteligência eletrônica com Polícia Federal

Publicados

em

Os convênios de inteligência eletrônica para auxiliar no combate ao tráfico de drogas e também para concessão do porte de armas para Guarda Municipal foram tratados, na manhã desta segunda-feira (25), pelo prefeito de Itapemirim, Thiago Lopes e o superintendente da Policia Federal, delegado Eugênio Ricas. Na reunião que aconteceu na sede da PF, em São Torquato, em Vila Velha, tratou-se da formalização das parcerias.

O primeiro convênio se refere a integração do município na força-tarefa contra o crime organizado por meio da liberação dos acessos às imagens da Central de Videomonitoramento e do Cerco Eletrônico no município para o combate ao comércio e tráfico de drogas ilícitas.

Convênio Policia Federal
Durante a reunião também foi tratado a formalização do convênio para concessão do porte de armas para a Guarda Municipal. No último dia 10 de setembro a Prefeitura de Itapemirim recebeu da Policia Militar capixaba a doação de 50 armas, sendo 48 revolveres calibre 38 e 2 pistolas ponto 40 para o devido treinamento e uso em serviço.

Leia Também:  Secretário de Cachoeiro diz que com o novo PDM, região de São Joaquim será, oficialmente, um distrito industrial

“A integração de forças para mitigar ações delituosas é uma das iniciativas que marcam o protagonismo do município na prevenção da violência urbana”, analisou o secretário de Defesa Social, cel. Oberacy Emmerich, que também participou da reunião na sede da Policia Federal.

A reunião também contou com a presença do delegado federal Luciano Damasceno, responsável pela parte administrativa da Superintendencia da Polícia Federal.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA