Economia

Mercado Livre é investigado por pirataria de livros

Publicados

em


source
O Mercado Livre é uma empresa argentina constituída nos Estados Unidos que opera comércio e leilões on-line.
Reprodução

O Mercado Livre é uma empresa argentina constituída nos Estados Unidos que opera comércio e leilões on-line.


O MercadoLivre está sendo investigado pelo Ministério da Justiça por supostamente vender livros piratas em sua plataforma. Um processo administrativo foi instaurado pela Secretaria Nacional do Consumidor ( Senacon ) para apurar os possíveis delitos. A empresa já foi notificada.

O Senacon identificou anúncios de livros piratas em formato digital disponíveis para venda e acionou a investigação. “O processo instaurado visa apurar a violação da boa-fé objetiva e da transparência, assim como apura a conduta de publicidade enganosa e de inserção de produto impróprio para consumo no mercado”, diz o processo.


A MercadoPago , empresa de pagamentos do MercadoLivre, também foi notificada. As duas foram intimadas para apresentar defesa em até 10 dias. “Se condenadas, poderão sofrer sanção administrativa com a aplicação de multa correspondente”, informou a Senacon.

Leia Também:  Reforma tributária pode criar um novo imposto? Especialista esclarece

Em nota, o Mercado Livre ressaltou que condena o uso indevido de sua plataforma e que trabalha com atores do setor público e privado “para excluir qualquer anúncio que fira os seus termos e condições de uso e a legislação em vigor”.

A empresa também disse que apresentará os devidos esclarecimentos às autoridades e seguirá contribuindo no combate à pirataria.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Rede Madero pode fechar após dono minimizar pandemia

Publicados

em


source
Madero
Madero/Divulgação

Madero


A rede de restaurantes Madero do bolsonarista Junior Durski disse, em suas demonstrações financeiras do primeiro trimestre de 2021, que o dinheiro em caixa da empresa não seria suficiente para pagar as dívidas de curto prazo na data de vencimento sem financiamento adicional. 

“Foram dois materiais de resultados publicados pela empresa desde o início da pandemia e auditores da rede levantaram, em ambos, a existência de ‘incerteza relevante’ e ‘significativa’ relacionada com a continuidade da operação”, informa o jornal Valor Econômico.

O informe entregue nesta quinta-feira (24) indica que as lanchonetes podem fechar.


Você viu?

Em março de 2020, no início da pandemia de Covid-19 , o empresário Junior Durski minimizou o potencial letal do coronavírus . Segundo ele, o Estado não deveria parar a economia para frear a disseminação da doença porque “5 ou 7 mil pessoas vão morrer”. 

Leia Também:  Meta de inflação em 2021 é fixada em 3%, decide CMN

Veja:


Nesta quinta-feira, o Brasil registrou mais de 507 mil mortes pela Covid-19

No ano passado, a Controladoria Geral da União (CGU)  multou o restaurante em R$ 442 mil por pagar propina em dinheiro e alimentos a funcionários do Ministério da Agricultura. Os funcionários da pasta eram designados para, supostamente, fiscalizar lojas da rede nas cidades de Balsa Nova e Ponta Grossa, no Paraná.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA