Economia

Luciano Hang, da Havan, tem conta retida no Twitter pela Justiça

Publicados

em


source
print
Reprodução Twitter

Conta de Luciano Hang, dono da Havan, foi bloqueada nesta sexta por motivo judicial

Nesta sexta-feira (31), a conta no Twitter de  Luciano Hang – fundador da rede de lojas de departamento  Havan – foi “retida” por motivo judicial. “A conta de @luciano_hang foi retida no Brasil, e no mundo todo, em resposta a uma demanda legal”, diz o conteúdo dos tuítes e da bio no perfil de Hang.

Segundo as regras e políticas do Twitter, este tipo bloqueio de conta significa que a rede social foi obrigada a reter o Tweet original em resposta a uma exigência legal válida, como uma ordem judicial.

Ainda não há informações sobre os motivos judiciais que levaram ao bloqueio da conta nesta sexta. Hang é alvo do  inquérito das fake news no Supremo Tribunal Federal (STF) e de uma outra investigaão no Tribunal SUperior Eleitoral (TSE) por impulsionamento de mensagens no Whatsapp.

Além disso, o empresário já perdeu um processo judicial contra o reitor da Unicamp, Marcelo Knobel, por disseminar uma  notícia falsa sobre o acadêmico. Na pena, ele teve de se retratar no  Twitter e pagar indenização ao reitor.

Leia Também:  Golpista aplica fraude por WhatsApp e zomba: "é gostoso, vou falar pra você"

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Golpista aplica fraude por WhatsApp e zomba: “é gostoso, vou falar pra você”

Publicados

em


source

Golpista aplica fraude por WhatsApp e debocha das vítimas: "é gostoso, vou falar pra você"

Um áudio de um golpista vazou na internet e se tornou viral nas redes sociais.

Um criminoso que aplica golpes pelo WhatsApp debocha das vítimas e expõe seus lucros a uma delas.

Em uma ligação telefônica, ele diz que apenas no dia em questão “só” tinha faturado R$ 2.500. Mas, no dia anterior, tinha levantado R$ 4.500 com o golpe:

“R$ 6 mil em dois dias tá bom, né? (…) Imagina R$ 20 mil em duas semanas? (…) Mas R$ 20 mil em duas semanas é gostoso, vou falar pra você hein. É gostoso, é gostoso cara”, zomba o criminoso.

Como funciona o golpe

O golpe, embora já seja conhecido pelos brasileiros, ainda faz muitas vítimas.

No áudio vazado, o criminoso tenta aplicar um golpe e revela o passo a passo para invadir o WhatsApp das vítimas.

Primeiro, ele liga para um número de telefone aleatório se passando por um atendente. Depois, informa que há um problema com a conta da pessoa.

Assim, para confirmar o falso atendimento, o criminoso solicita que a pessoa informe o número do “protocolo” recebido por SMS .

Os número são, não verdade, o código para acessar o WhatsApp da vítima em um outro dispositivo.

Então, quando a vítima informa o código recebido, o criminoso já consegue acessar o WhatsApp e passa a pedir dinheiro para os contatos da pessoa se passando por ela.

Vítima percebeu o golpe

No áudio vazado é justamente isso que acontece.

O criminoso liga para uma vítima e realiza o “procedimento”. No entanto, o homem contatado percebeu que se tratava de um golpe.

Então, ele começa a conversar com o criminoso e questiona se o golpe, de fato, funciona.

O criminoso então revela os detalhes do golpe e os lucros obtidos.

Quando perguntado se muita gente ainda cai no golpe, o criminoso diz que apenas no dia em questão já tinha faturado R$ 2.500. Já no dia anterior, o lucro superou R$ 4.500.

Além disso, disse que a cada 50 ligações que faz, pelo menos 39 vítimas informam o código – uma eficácia de quase 80%.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Bolsonaro diz que respeita teto de gastos ao lado de Maia e Alcolumbre
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA