MINISTÉRIO PÚBLICO ES

Luciana Andrade pede engajamento ao Pacto pela Vida a representantes de religiões de matriz africana

Publicados

em


.

A procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), Luciana Andrade, participou na noite de terça-feira (23/06) de uma reunião virtual com representantes de religiões de matriz africana e professores que integram o Núcleo de Estudos Afro-brasileiros (Neab) da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) para explicar e pedir o apoio do segmento ao Pacto pela Vida, que visa ao engajamento dos cidadãos à prevenção e ao combate do novo coronavírus. Mais de 50 pessoas participaram da conversa online. Uma audiência pública virtual será realizada na sexta-feira (26/06), a partir das 9h30, para discutir, debater e encaminhar medidas para o combate eficaz e eficiente à proliferação da Covid-19 entre os capixabas.

A procuradora-geral de Justiça explicou que a união de todos e a mobilização social são fundamentais neste momento, em que a população tem dado sinais de relaxamento quanto à necessidade de se manter o isolamento social como forma de diminuir a taxa de contágio da doença, evitando a sobrecarga do sistema de saúde hospitalar. Salientou ainda que é preciso manter as normas básicas de saúde, como uso obrigatório de máscaras fora do ambiente residencial, o correto manuseio e descarte, além da permanência em casa dos grupos de risco.

Leia Também:  MP do ES notifica condomínios para que cumpram decretos e portarias contra a Covid-19

Os representantes de religiões de matriz africana também falaram das dificuldades que o segmento enfrenta neste momento de pandemia, do trabalho social que têm desenvolvido em apoio às pessoas mais carentes e mais vulneráveis ao contágio da doença, bem como da luta constante para deixarem de ser “invisíveis” e terem voz numa sociedade marcada pela exclusão social.

Luciana Andrade se solidarizou ao grupo e reforçou que o MPES está ao lado de todos os capixabas. E que tem atuado junto aos poderes, estadual e municipais, para construir políticas públicas específicas para o segmento. Lembrou ainda que a instituição ministerial tem o Núcleo de Proteção aos Direitos Humanos (NPDH), que criou, em novembro de 2019, o Comitê de Promoção da Igualdade Étnico-Racial, para garantir que todos os capixabas tenham acesso aos direitos previstos na Constituição brasileira.

Audiência Pública Virtual

Pacto pela Vida

Dia: 26 de junho (sexta)

Horário: a partir das 9h30, com uma recepção virtual aos participantes. A audiência será às 10 horas.

Leia Também:  MP Eleitoral denuncia dirigente partidário de Pancas por propaganda eleitoral antecipada

Endereço: Plataforma Teams – QR Code – link: encurtador.com.br/cmKMS

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MINISTÉRIO PÚBLICO ES

Procuradora-geral de Justiça recebe a visita do secretário estadual de Segurança

Publicados

em


.

A procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), Luciana Andrade, recebeu, na quarta-feira (15/07), a visita do secretário estadual de Segurança Pública, coronel Alexandre Ramalho, e do subsecretário de Estado de Inteligência, José Monteiro Junior. Na reunião, foram discutidas questões gerais da área, a organização de operações integradas com prefeituras e vigilâncias sanitárias para o enfrentamento da Covid-19 e a necessidade de maior engajamento social no cumprimento das normas de prevenção à doença.

A procuradora-geral de Justiça reforçou a importância da união de esforços neste momento em que a população tem dado sinais de relaxamento quanto à necessidade de se manter o isolamento social como forma de diminuir a taxa de contágio da doença, evitando a sobrecarga do sistema de saúde, além de adotar as normas básicas de saúde, como o uso obrigatório de máscaras fora do ambiente residencial e o correto manuseio e descarte das mesmas.

Luciana Andrade destacou a importância da conscientização de todos neste propósito de evitar óbitos, diante do avanço da pandemia. E lembrou o Pacto pela Vida, firmado com os diversos setores do Estado para reduzir as mortes provocadas pela Covid-19.

Leia Também:  Rio Novo do Sul é a mais nova Promotoria de Justiça a atingir os 100% digital no extrajudicial

O secretário-geral do MPES, promotor de Justiça Francisco Martínez Berdeal, também participou da reunião, que abordou outros pontos, como o compartilhamento de painéis de inteligência (BI-Business Intelligence), que trazem mais agilidade no tratamento de dados, com a produção mais rápida de informações relevantes e acessíveis para o trabalho do MPES e do Governo; ferramentas de investigação; e a necessidade de novo protocolo integrado no tratamento de flagrante delito de crimes de drogas.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA