Esporte

LNF: classificados, Atlântico e Carlos Barbosa fazem clássico gaúcho

Publicados

em


Classificar às oitavas de final da Liga Nacional de Futsal (LNF) era o primeiro objetivo de Atlântico e Carlos Barbosa. A próxima meta é encerrar a primeira fase na liderança do Grupo B. Vencer o clássico gaúcho deste domingo (18), em Erechim (RS), portanto, é fundamental para as pretensões das equipes. O duelo será transmitido ao vivo pela TV Brasil, a partir das 11h (horário de Brasília).

Os rivais se enfrentam pela segunda vez nesta edição da LNF. No dia 1º de setembro, em Carlos Barbosa (RS), o Atlântico levou a melhor por 4 a 2. O goleiro Jackson brilhou pela equipe de Erechim, com defesas importantes e um golaço, marcado da própria área. Após o clássico deste domingo, as equipes ainda se reencontram no próximo dia 27, pela Liga Gaúcha, mais uma vez na casa do Atlântico.

Depois de vencer três dos cinco primeiros jogos, o rubro-verde de Erechim só ganhou uma vez nas últimas cinco partidas da Liga. Na quarta-feira passada (14), a equipe foi superada pelo Joinville, fora de casa, por 1 a 0. O Atlântico, que estava em segundo e chegou a liderar a chave, caiu para quarto, com 16 pontos. Na Liga Gaúcha, o time foi a quadra três vezes, com um triunfo e dois empates, ocupando a quinta posição.

Leia Também:  EUA e Reino Unido denunciam Rússia por ciberataques contra Olimpíada

“É um clássico. Sair vencedor traz muita confiança, então é isso que vamos atrás. Buscamos um algo a mais. Há muita coisa que pode ser definida em termos de classificação, de podermos decidir as oitavas de final em casa. Viemos de bons jogos, mesmo com alguns desfalques. A equipe tem apresentado um bom nível e é isso que buscamos dia a dia”, projeta o técnico do Atlântico, Giba.

O Carlos Barbosa soma um ponto a mais que o rival na Liga Nacional de Futsal e vem de uma sequência mais positiva, com três vitórias nos cinco duelos anteriores pela LNF. A mais recente no último dia 9, sobre o Foz Cataratas, por 3 a 1, atuando no interior gaúcho. Pelo torneio estadual, a franquia alaranjada faz campanha perfeita, com 100% de aproveitamento após cinco rodadas.

O duelo em Erechim é o segundo de uma sequência de seis partidas longe de casa da ACBF (quatro pela Liga Gaúcha e duas pela LNF). Serão mais de três mil quilômetros percorridos pelo elenco. A maratona começou na quarta, na vitória de 2 a 1 sobre o Passo Fundo, pelo estadual, e segue até 5 de novembro, diante da Afucs, em Seberi (RS), também pelo torneio regional.

Leia Também:  Bélgica, Alemanha e Holanda querem sediar Mundial Feminino de 2027

“As viagens nos tiram a possibilidade de treinar. Por exemplo, contra o Atlântico não poderemos treinar em Erechim. É uma dificuldade maior. Vamos para Blumenau (SC), teremos treinos lá, mas muito longe do ideal”, avalia o técnico Edgar Baldasso, fazendo referência ao compromisso do dia 21, às 20h, que encerra a participação do Carlos Barbosa na primeira fase da LNF. “Nos últimos 15 dias, tem faltado possibilidade de treino de qualidade, em função do calendário. Temos de ser cirúrgicos para fazer o treino certo na hora certa”, conclui.

Ouça na Rádio Nacional

Confira a classificação da Liga Nacional de Futsal.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

EUA e Reino Unido denunciam Rússia por ciberataques contra Olimpíada

Publicados

em


O Reino Unido e os Estados Unidos condenaram nesta segunda-feira (19) o que chamaram de ciberataques que teriam sido orquestrados por agentes de serviços de espionagem russos, incluindo tentativas de atingir os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Autoridades britânicas e norte-americanas afirmaram que os ataques foram conduzidos pela Unidade 74455 da agência de espionagem militar russa GRU, também conhecida como Centro Principal de Tecnologias Especiais. O Departamento de Justiça dos EUA afirmou que seis membros da unidade tiveram papéis importantes nos ataques contra alvos que variaram desde a Organização para a Proibição de Armas Químicas às eleições de 2017 na França. As acusações envolvem quatro anos de atividades entre 2015 e 2019.

As autoridades dos EUA não comentaram se o momento da revelação, há poucas semanas da eleição nos Estados Unidos, foi escolhido para alertar sobre a atividade de grupos de hackers apoiados por governos estrangeiros. Já autoridades britânicas afirmaram que os hackers do GRU também conduziram operações de “ciber reconhecimento” contra os organizadores dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que seriam realizados neste ano, mas acabaram sendo adiado para 2021 por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Leia Também:  Pandemia impacta desempenho dos times favoritos nas ligas da Europa

As autoridades britânicas se recusaram a dar mais detalhes sobre os ataques ou a afirmar se foram bem sucedidos, mas disseram que tinham como alvo os organizadores das Olimpíadas, fornecedores e patrocinadores. O secretário do Exterior do Reino Unido, Dominic Raab, afirmou que as “ações do GRU contra as Olimpíadas são cínicas e imprudentes. Condenamos elas nos termos mais fortes possíveis”.

O vice-diretor da polícia federal dos EUA (FBI) David Bowdich afirmou: “O FBI repetidamente tem alertado que a Rússia é um adversário altamente capaz em ciberataques e a informação revelada neste indiciamento ilustra como as atividades cibernéticas da Rússia são invasivas e destrutivas”.

Em dezembro de 2019, a  Rússia foi banida dos Jogos Olímpicos por quatro anos por causa de acusações de doping de seus atletas.

As autoridades britânicas e norte-americanas afirmaram nesta segunda-feira (19) que os hackers russos se envolveram em outros ataques, como o que comprometeu sistemas de computadores dos Jogos de Inverno em 2018, durante a cerimônia de abertura na Coreia do Sul. Este ataque comprometeu centenas de computadores, derrubou acesso à internet e interrompeu as transmissões de mídia.

Leia Também:  Bia Haddad conquista quarto torneio de tênis em Portugal

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA