Mulher

Lifetime promove campanha de conscientização contra a violência à mulher

Publicados

em


source

O combate à violência contra a mulher é uma pauta de toda a sociedade e o Lifetime, marca de entretenimento multiplataforma dedicado à mulher, não poderia deixar de agir em prol da maior conscientização dessa importante luta no dia em que se destaca exatamente essa agenda. O dia 25 de novembro foi escolhido pela Assembleia Geral das Nações Unidas como representante internacional dessa peleja tão necessária.

O normal é que te amem
Divulgação

O normal é que te amem

A ex-modelo Luiza Brunet, uma voz atuante na causa, e a psicóloga e influenciadora Giselle Prado, criadora do perfil @umsocorroameianoite, se juntam ao Lifetime para dar forma e conteúdo ao mês de Conscientização pelo Fim da Violência contra a Mulher, uma série de ações estrategicamente planejadas para alertar sobre essa chaga social.

Cápsulas de 1’ com Luiza Brunet para exibição nas redes sociais e nos canais das quatro marcas do grupo A+E Networks Brasil (History, History 2 e A&E, além do próprio Lifetime) e nos cinemas; e 10 peças de 10” com o conteúdo do projeto “Um Socorro à Meia-noite”, nas redes sociais e no canal Lifetime.

Leia Também:  Signos: o maior sonho de cada um

No dia 25/11, o Lifetime terá uma programação especial de filmes, com a estreia do longa “My Story – Minha História” (uma emocionante história de violência doméstica e superação, baseada em uma história real) e exibições de outras produções que abordam o tema, como o sucesso” Lorena Bobbitt: A Mulher Que Castrou o Marido”, entre outras.

Leia Também

Leia Também

O History será um parceiro importante nessa ação, já que replicará todos os conteúdos postados nas redes sociais do Lifetime e exibirá o especial “Hoje na Gistória”, que explicará a origem da data, declarada em 1999 em homenagem às irmãs Mirabal, assassinadas violentamente na República Dominicana em 1960.

O mote da campanha foi desenvolvido para ressoar e estimular a denúncia de agressores e abusadores: “O normal é que te amem”.

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mulher

Inferno astral: saiba o que é e como lidar com o seu

Publicados

em


source
Inferno astral: saiba o que é e como lidar com o seu
Renata Prado

Inferno astral: saiba o que é e como lidar com o seu

Nesta semana vamos falar de  inferno astral e como podemos lidar com ele da melhor forma! Mas para isso, trarei uma breve explicação e algumas orientações para que você possa fazer uma reflexão. Vamos lá?

O que é inferno astral?

O inferno astral é representado pelos 30 dias que antecedem o nosso aniversário, e disso todo mundo já sabe, certo? Mas, na verdade, ele é mais uma crença popular, não exatamente um termo técnico da astrologia , e se refere ao momento pessoal de cada um.

Ele serve para designar situações negativas pré-aniversário, pelas quais frequentemente somos afetados. Sabe aquela sensação de confusão, quando parece que tudo dá errado? O carro quebra, surgem situações que afetam a saúde, problemas acontecem, coisas se perdem, enfim, o inferno astral é, de fato, um inferno para alguns.

Porém, esse período é tido como não muito fácil porque, próximo ao nosso aniversário, entramos em um processo de encerramento de ciclo. A cada ano você renasce e, nesse momento, encerra-se um ciclo. Por isso, vale a pena refletir sobre seu momento atual, rever questões e comportamentos, analisar como você estava no ano que passou e quais foram suas ações até aqui.

COMO SERÁ O SEU DIA HOJE? DESCUBRA TUDO HORÓSCOPO DIÁRIO NO SITE DO JOÃO BIDU! LÁ TEM TODAS AS TENDÊNCIAS ASTRAIS PARA O SEU SIGNO!

O “inferno astral” é um período de colheita que não precisa ser visto como ruim, mas que traz a necessidade de observar seu eu interno nesse período de encerramento do seu ano pessoal. E por ser um momento de recolhimento e internalização, a dica é tomar cuidado com as próprias ações. Olhe para suas questões e perceba como foram seus últimos meses e o que faltou na conscientização sobre quem você é – por mais difícil que isso possa parecer.

Leia Também:  Sofás: como escolher a melhor opção para você e sua casa?

Eu, particularmente, acredito que há uma egrégora sobre esse novo ciclo ; não tem como começar o novo sem olhar para o velho. Portanto, é um momento de compreensão e até mesmo de evolução. Afinal, nada acontece à toa, não é mesmo? E para aprender e evoluir, você pode precisar ser forte e resiliente para encarar alguns perrengues da vida – principalmente nesse período.

E no amor

Como explicado acima, o inferno astral é uma fase que exige maior entendimento sobre você e as direções do seu caminho no próximo ano. E, no amor , também é importante perceber nossas ações e tomar cuidado com posturas que possam trazer dificuldades para o relacionamento.

Já que é um momento de reflexão, avalie toda a força dessa relação que você está vivendo, reflita também sobre seus comportamentos e reais sentimentos, o quanto você está se dedicando nesta relação, ou até mesmo como esse amor reverbera em você – essa tomada de consciência é importante inclusive para os relacionamentos em geral.

Será que é um momento para, de repente, dar um passo mais alto na relação? Ou até mesmo terminar um relacionamento que já está frágil? 

Leia Também

O fato é que, para o relacionamento, também vale aproveitar essa fase para observar suas emoções e o quanto essa relação é importante na sua jornada, tomar cuidado com o ciúmes em excesso ou briguinhas bobas sem fundamentos. É um momento para estabelecer um equilíbrio, se tornar consciente de si mesmo e das próprias vontades.

Leia Também:  Aprenda a utilizar o poder da mente para alcançar seus sonhos

Portanto, saiba que é normal se sentir perdido ou em uma busca por mudanças durante o que chamamos de inferno astral, mas este é um momento para autoavaliação; lembre-se que esse momento é pessoal! Primeiro olhe para dentro e compreenda qual sua contribuição nessa relação, seja sincero com você. Pé no chão mesmo, sabe?

E se seu amor for o signo do seu inferno astral, lembre: o tal inferno astral é pessoal, e se seu amor for do signo que rege esse momento seu, use a sabedoria, percebas seus comportamentos e aproveite o momento de observação para entender o que precisa ser evitado para evitar desequilíbrios.

Ou seja, em vez de ver o inferno astral como um momento negativo, aproveite para usá-lo como impulso para se transformar na sua melhor versão e entender que a vida está te trazendo a oportunidade de compreender melhor algumas questões sobre você.

Não é um momento de tomar decisões ou iniciar projetos, tenha atitudes que te ajudarão a se manter em harmonia com aquilo que você busca para sua transformação. A saída é para dentro.

Quer saber mais sobre as influências astrais em você? Faça agora mesmo o seu Mapa Astral com o João Bidu ! Ele trará informações sobre suas características e pode mostrar em quais setores da sua vida você pode desenvolver mais.

Texto: Renata Prado, psicanalista e taróloga 

Instagram: @renataprado.oficial

LEIA TAMBÉM

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA