Cidades

Jovens de Cachoeiro de Itapemirim dão dicas para iniciar carreira em grande empresa

Publicados

em

O ingresso no mercado de trabalho nem sempre é fácil para a maioria dos jovens. Essa fase vem carregada de desafios, medos e dúvidas, fazendo com que o início da futura vida profissional, em especial em uma empresa de grande porte, seja uma conquista muito comemorada. A BRK Ambiental, maior empresa de saneamento básico do Brasil, presente em Cachoeiro de Itapemirim e em mais de outros 100 municípios brasileiros, desenvolve Programa de Estágio com o objetivo de oferecer oportunidades de aprendizado e experiência para estudantes universitários, além de revelar futuros talentos para comporem o time de profissionais da empresa.

Estudantes universitários que conquistaram uma vaga e hoje participam do dia a dia da concessionária de água e esgoto em Cachoeiro de Itapemirim falam sobre o que é fundamental para integrar esse seleto grupo. A futura engenheira civil Dyulia Eler Passos, de 23 anos, é uma delas. No oitavo período do curso, iniciou o estágio na BRK Ambiental em fevereiro deste ano, no setor de Investimento.

Para a jovem, a aprovação no processo seletivo a fez vislumbrar uma perspectiva de futuro. “Vejo como uma grande oportunidade de aprendizado, que me dará uma boa base para ser inserida no mercado de trabalho quando a faculdade chegar ao fim. Atuar na área de saneamento está sendo uma experiência nova e muito importante”, diz Dyulia, que soube da vaga para o estágio em um grupo de WhatsApp da faculdade.

Na sua avaliação, o jovem que deseja entrar em uma grande empresa precisa ser focado, responsável e se mostrar disponível. “Acredito até que o conhecimento amplo não seja tão primordial nesse momento. O que conta muito é a vontade de aprender e a proatividade”, afirma a jovem, que há um ano saiu do município de Conceição do Castelo, localizado também na região Sul do Espírito Santo, para viver em Cachoeiro de Itapemirim, onde divide apartamento com uma amiga.

Já a estudante de Engenharia Química Nayara Soares Satolo, de 25 anos, que estagia no Laboratório, disse que ficou sabendo do processo seletivo da BRK Ambiental por meio do Linkedin. Segundo ela, era a oportunidade que precisava para voltar a morar em Cachoeiro, sua terra natal, já que, até então, estava vivendo em Alegre, onde cursa o nono período do curso na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

Leia Também:  Espírito Santo não tem mais nenhum município no risco alto para o novo coronavírus

“Conheço a história da empresa, o cuidado dela com os funcionários e sei da importância da sua atuação para levar saneamento e qualidade de vida para as pessoas. O estágio me motiva muito a seguir firme na faculdade. Quero dar o melhor de mim, me aperfeiçoar e quem sabe ser contratada para continuar na BRK Ambiental após a conclusão do meu curso. Isso seria um sonho”, afirma Nayara Soares Satolo.

Para ela, mais do que ter conhecimento é importante que se demonstre determinação e interesse pela área de atuação da empresa no dia a dia de trabalho. “Além disso, acredito que seja imprescindível acreditar naquilo que se está fazendo”, opina.

A quase engenheira ambiental e sanitária Gabriela Vicentini da Rocha, de 24 anos, também retornou a Cachoeiro de Itapemirim há poucos meses, por ter sido aprovada no Programa de Estágio da BRK Ambiental. Ela fez o curso na Universidade Federal de Lavras (Ufla), em Minas Gerais. “Completei os dez períodos da faculdade e decidi que iria reservar um tempo só para o estágio. Apresentei o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), mas solicitei a prorrogação da colação de grau”, explica.

Decisão tomada, ela começou a procurar vagas de estágio em sites, tendo participado e sido aprovada no processo seletivo da BRK Ambiental, onde estagia na área de Meio Ambiente. “Eu me identifico com a missão da empresa. Tem tudo a ver com o curso que escolhi e com o que eu acredito, por essa razão, tenho a convicção de não poderia estar em lugar melhor. Ter entrado em uma universidade federal foi uma grande conquista e com o estágio fica um enorme sentimento de realização”, comemora.

Para Gabriela, o jovem não pode ter medo de desafios e nem receio de errar para fazer carreira em uma grande empresa. “Também é preciso se adaptar às mudanças. Eu, sinceramente, me vejo fazendo a diferença na vida das pessoas com o meu trabalho. É esse o meu grande desejo”, destaca.

No time de estagiários da concessionária em Cachoeiro de Itapemirim, Douglas de Aquino Melo, de 25 anos, no momento se divide entre dois cursos: Sistemas de Informação em uma faculdade particular, estando no sétimo período, e Licenciatura em Informática, que é feito a distância pelo Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), cursando o quinto período.

Leia Também:  Em Itapemirim, jovem de Campo Acima descobre paixão pela escrita e publica livro em aplicativo

E tem outra curiosidade: o jovem abdicou do emprego em uma empresa, onde atuava na área de Sistemas de Informação, para se dedicar ao estágio na BRK Ambiental. “Não é fácil conciliar dois cursos mais o estágio, é algo que exige esforço. Mas a experiência tem sido ótima. Eu era efetivado e resolvi arriscar no estágio em uma empresa maior. Não quis deixar passar essa oportunidade. Acredito que estar numa empresa sólida e séria como a BRK Ambiental irá contar muito positivamente para o meu currículo e para a minha experiência profissional”, afirma Douglas, que estagia na área de Informática.

Em sua opinião, alguns comportamentos podem fazer a diferença numa avaliação nas empresas. “Acredito que a dedicação seja fundamental, assim como a proatividade. Se isso existir, acho que são grandes as chances de contratação, uma vez que é mais fácil para a empresa investir em alguém que já conhece os processos do que apostar em uma pessoa nova e começar do zero”, diz Douglas.

O diretor da BRK Ambiental em Cachoeiro de Itapemirim, Bruno Ravaglia, explica que o Programa de Estágio permite que os estudantes conheçam as melhores soluções e os desafios de abastecimento de água e de coleta e tratamento de esgoto, sistemas que contribuem diretamente com o desenvolvimento sustentável e com a melhoria da qualidade de vida das comunidades.

“A empresa acredita que o saneamento básico é capaz de transformar a vida das pessoas e identifica, por meio do processo de seleção do Programa de Estágio, estudantes que estejam engajados com esse propósito. Para nós, o programa é motivo de orgulho, uma vez que possibilita apresentar aos futuros profissionais os desafios do setor, estimulando o desenvolvimento técnico e cultural de cada um deles”, afirma o diretor.

O Programa de Estágio 2020 da BRK Ambiental compreende 53 vagas, contemplando estudantes que vão concluir o curso entre o fim deste ano e dezembro de 2021, em cidades do Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Pernambuco, Bahia e Rio Grande do Sul, onde a concessionária tem atuação. As inscrições para o Programa de Estágio 2021 da BRK Ambiental estão previstas para o segundo semestre deste ano.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Em Cachoeiro, trevo entre Aquidaban e Novo Parque receberá obras de saneamento

Publicados

em

O trevo que liga os bairros Aquidaban e Novo Parque (rua  Brahim Depes e avenida José Rosa Machado, próximo à escola Inah Werneck) receberá obras de saneamento a partir de segunda-feira (21).
As intervenções no local devem durar cerca de duas semanas, deixando o trânisto em meia-pista. Serão realizadas de segunda a sexta, das 7h às 17h, com adoção de sistema ‘pare e siga’. Por isso, os condutores devem optar por rotas alternativas, para evitar grandes retenções na região.
A Agersa, agência municipal que regula os serviços de saneamento e transporte coletivo em Cachoeiro, alerta que as obras também podem provocar atrasos nos horários dos ônibus que passam pelo local.
O objetivo das intervenções é melhorar o esgotamento sanitário na região. Os trabalhos no trevo fazem parte da primeira fase das obras, que seguirão pela Av. José Rosa Machado, até a altura do supermercado Polonini.
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Sicoob do Espírito Santo distribui R$ 129 milhões a seus associados
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA