Economia

Janguiê Diniz, engenheiro da Educação e do Empreendedorismo do Brasil

Publicados

em


source

Brasil Econômico


Janguiê Diniz
Instituto Êxito/Divulgação

Presidente do Instituto Êxito, o empresário Janguiê Diniz


Em 21 de março de 1964, nasce em Santana dos Garrotes, pequena cidade do sertão da Paraíba, Janguiê Diniz , um retirante. Aos cinco anos, fugindo da seca, seus pais se mudam para a região Norte, indo a morar em Mato Grosso e, posteriormente, em Rondônia.É a natureza local inquietando os seus.

Aos 14 anos de idade, já há um propósito em seus passos: seguir a carreira jurídica. Desta vez, são seus próprios pés que povoam mais uma estrada, rumo a Pernambuco. Dentro de si, há ebulições oníricas. Em breve, a Faculdade de Direito de Recife da UFPE o terá sentado em sala de aula, aonde iniciará sua formação tão desejada.


Declinando-se em estudos, é bacharel em Direito pela UFPE. Sempre em vigília, reconhecendo a necessidade de se tornar íntimo com a palavra, conclui também o curso de Letras – Licenciatura em Inglês pela Universidade Católica de Pernambuco – UNICAP. Na Aliança Francesa, conclui o curso de Francês, também no Recife. Na Cultura Inglesa, em parceria com a Universidade de Cambridge, Inglaterra, o curso de Inglês.

Na Escola Superior da Magistratura de Pernambuco conclui Pós-Graduação e se prepara para a Magistratura. Vencendo o tempo, participa de vários congressos nacionais e internacionais de Ciências Jurídicas.

Já o fascina a carreira diplomática. Presta concurso em 1986, vindo depois a desistir por descobrir que a diplomacia não retratava suas aspirações.
Trata-se de um homem em emersões e imersões. Aprendeu com Jean Paul Sartre que a idade da razão é não entravar sua própria liberdade. E, em contínua formação, em 1992, torna-se juiz togado do TRT da 6a Região; de dezembro de 1993 a setembro de 2013 é procurador regional do Ministério Público do Trabalho em Pernambuco.

Não se distancia de sua formação acadêmica. Especializa-se em Direito do Trabalho , pela UNICAP e na sequência em Direito Coletivo pela Organização Internacional do Trabalho – OIT, em Turim, Itália. Conclui o Mestrado e o Doutorado em Direito Processual do Trabalho pela UFPE. Pernambuco o reconhecerá como homem oportuno para também arar este Estado, agraciando-lhe a Câmara Municipal do Recife e a Assembleia Legislativa de Pernambuco com os títulos de cidadão recifense e pernambucano, respectivamente. Seguiram os passos de Pernambuco e de Recife diversos outras cidades e estados.

Em sua docência, o registro de professor efetivo da cadeira de Processo Civil e Trabalhista da Faculdade de Direito do Recife da UFPE, exonerado a pedido, e do Centro Universitário Maurício de Nassau – UNINASSAU, alça mais um voo alto, nobre e lúcido: edificar sua própria instituição de ensino superior.

Suas duas mãos agora estão voltadas ao empreendedorismo. E, estando sólido em suas imersões, emerge em Pernambuco a Faculdade Maurício de Nassau, embrião do grupo Ser Educacional . É a natureza do homem contribuindo expressivamente para o desenvolvimento coletivo. Sua capacidade de intervir no coletivo constrói alicerces fortes e estáveis para o desenvolvimento de Pernambuco e para a ascensão do Brasil.

Leia Também:  Não dá para nivelar por baixo, diz Nubank sobre contratações de minorias

Com a pena sempre às mãos, escreve. Decanta em páginas o conhecimento adquirido e o pragmático. Aprendeu com Camões, em “Os Lusíadas”, que o conhecimento não se adquire apenas sonhando, imaginando e estudando, mas vendo, tratando e pelejando. E, assim, utiliza-se de suas substanciosas lições para assentar em páginas sua visão de mundo, sua enuncividade e sua enunciatividade.

É autor de diversos livros jurídicos , de educação e empreendedorismo, dentre eles: Recursos no Processo Trabalhista; Ação Rescisória dos Julgados; Ministério Público do Trabalho: ação civil pública, ação anulatória, ação de cumprimento, Sentença Trabalhista, Temas de Processo Trabalhista, A Justiça e o Direito do Trabalho diante da Globalização, Pagamento de Dívida com Títulos da Dívida Pública e a Atuação do Ministério Público do Trabalho como Árbitro, Educação superior no Brasil, Educação na Era Lula, O Brasil e o mundo sob o olhar de um brasileiro, Política e economia na contemporaneidade, Discursos em Palavras e pergaminhos, Transformando sonhos em realidade: A Trajetória do Ex Engraxate que Chegou a Lista da Forbes, O Brasil da política e da politicagem: desafios e perspectivas, Fábrica de vencedores: aprendendo a ser um gigante, O sucesso é para todos: manual do livro Fábrica de vencedores, A Arte de Empreender: Manual do Empreendedor e do Gestor das Empresas de Sucesso, Axiomas da Prosperidade, Inovação em Uma Sociedade Disruptiva, Vem Ser S/A: Lições de Empreendedores de Sucesso. Vol I e II, além de centenas de artigos publicados nas mais destacadas revistas jurídicas nacionais e jornais de grande circulação.

Eis a polifonia em única voz e em páginas. Também se revelou poeta com a Obra “Desvelo – Poemas”. É a expressão catártica que também transpira em si, escorrendo pela pena, instrumento nunca em repouso em sua mesa de trabalho.

Janguiê Diniz é um condor, pássaro de voo exponencial. Jovem estudioso e dedicado, empreendedor vitorioso não apenas por edificar instituições, mas, sobretudo, por proporcionar edificações aos que integram nossa sociedade e por garantir desenvolvimento diretamente ao Brasil.

Sua plataforma está estável em pilastras como o conhecimento denso no que realiza, sua maturidade em ser co-enunciador da cultura com a qual convive e na capacidade de empreender obras voltadas ao coletivo. Aprendeu bem com Drummond que deve usar as duas mãos, mas com o sentimento do mundo.
Esse sentimento o fez fundar o Bureau Jurídico – Complexo Educacional de Ensino e Pesquisa.

Fundador e acionista controlador do grupo Ser Educacional, hoje um dos maiores grupos educacionais do país, com quase 200 mil alunos, 12 mil colaboradores, mantenedor da Uninassau – Centro Universitário Maurício de Nassau, Uninabuco – Centro Universitário Joaquim Nabuco, Unama – Universidade do Amazonas, UNG – Universidade de Guarulhos, Univeritas – Centro Universitário Universus Veritas, Uninorte – Centro Universitário do Norte, dentre outras, ergue para o Brasil as instituições que têm se destacado ao promover ensino superior de qualidade e que, indiscutivelmente, fazem parte da história dos cidadãos nordestinos e do Brasil.

Homem de muitos sonhos impossíveis, pois como ele próprio diz “só o impossível é digno de ser sonhado”, já que o “possível colhe-se facilmente no solo fértil de cada dia”, fundou, em Santana dos Garrotes, Paraíba, sua cidade natal, o Instituto Janguiê Diniz e concede, anualmente, para os jovens daquela cidade, centenas de bolsas de estudos de graduação superior, em dezenas de cursos em suas universidades, visando graduar todos aqueles que, assim como ele, têm sonhos de mudar suas vidas, histórias e destinos e têm consciência que só a educação e o empreendedorismo podem fazer isso.

Leia Também:  Dario Messer deverá devolver R$ 1 bilhão aos cofres públicos

Empreendedor nato e visionário, criou, no Brasil, juntamente com outros grandes empreendedores, o Instituto Êxito de Empreendedorismo , um projeto coletivo, no qual milhares de empreendedores almejam ajudar milhões de pessoas, por meio de uma grande corrente de solidariedade. O objetivo do Instituto é ajudar os jovens menos favorecidos, especialmente de escolas públicas, a empreenderem na vida e posteriormente nos negócios.

É que, segundo ele, “antes de a pessoa empreender nos negócios, tem que empreender na vida, porque ela tem que ter a consciência de que ela própria é a maior empreendedora da sua história. Só após empreender na vida, a pessoa está apta a empreender empresarialmente, já que empreendedorismo é atitude, é ação, é estado de espírito, é estilo de vida, é transformar pensamentos em ação e sonhos em realidade”, afirma.

O Êxito está ajudando as pessoas a empreenderem na vida e nos negócios através de uma grande plataforma de cursos on-line , gratuitos, sobre habilidades sócio emocionais (soft skills) e técnicas (hard skills) e principalmente sobre empreendedorismo. Está ajudando por meio de palestras motivacionais e mentorias virtuais dos sócios e também por meio de vídeos inspiracionais gravados por grandes empreendedores, etc., porque, para ele, “é mais importante ensinar a pescar do que dar apenas o peixe”. São programas que têm grande influência não apenas na vida dos jovens, mas, principalmente na vida de seus colegas, amigos e familiares.

Janguiê é o homem que sonha e testemunha o nascimento de sua obra. Homem que alça voo para estudar a dimensão de cada construção, não permitindo que a população seja retirante como ele o foi em sua infância e adolescência. Ao contrário, seus projetos enraízam mais e mais toda uma população em seu próprio chão, impedindo que as pessoas andem por estradas insensíveis e não germinativas em busca de um futuro mais promissor.

Fecundar a estrada de seu semelhante e de seu país o torna empreendedor firme e construtor da sociedade. Assim são seus projetos, suas ações e sua manifestação em vida, andando horizontalmente e verticalmente. Ele se mostra vizinho em sociedade, e continuamente sonha. Muitas surpresas ainda estão por vir. A cada dia, surgem novos projetos, novos ideais, novos horizontes.

A inércia não está em sua agenda, em seu dicionário. Eis exemplo daqueles que lutam por um País onde a educação e o empreendedorismo sejam os alicerces para o desenvolvimento econômico e social, em que as pessoas possam ser mais felizes vivendo bem mais perto de Deus. José Janguiê Bezerra Diniz, engenheiro da Educação no Brasil.

*Celso Niskier é Doutor em Inteligência Artificial, fundador e reitor da UniCarioca e diretor-presidente da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior – Abmes.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Mega-Sena na terça? Saiba como apostar na primeira chance da semana

Publicados

em


source

Brasil Econômico

Mega-Sena
O Dia

Mega-Sena terá sorteios nesta terça, na quinta e no sábado

Após nenhuma aposta vencer o prêmio no último sábado, a Mega-Sena realiza, nesta terça-feira (20), o primeiro dos três sorteios da Mega-Semana , com a quantia de R$ 29 milhões como prêmio.

Geralmente, os sorteios da Mega-Sena acontecem duas vezes por semana, às quartas e aos sábados. Mas, para adequar o número do concurso da Mega da Virada , que deve ter final ou 5 , foram criadas as Mega-Semanas, exclusividade da Mega-Sena. 

Nessas Mega-Semanas, são feitos três concursos semanais, um na terça , outro na quinta e o último no sábado . O valor também é aumentado.

O sorteio que marca o concurso 2.310 acontece às 20h (horário de Brasília) no Espaço Loterias Caixa , localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. Também é possível apostar pela internet, sem sair de casa. O bilhete simples da Mega-Sena , com seis dezenas, custa R$ 4,50.

Leia Também:  Mega-Sena na terça? Saiba como apostar na primeira chance da semana

No concurso 2.309 , realizado no último sábado (17), foram sorteadas as dezenas: 09-11-29-30-33-60 . Nenhuma aposta venceu o sorteio, fazendo o prêmio acumular em R$ 29 milhões.

Como apostar online na Mega-Sena

Para aqueles que apostarem pela internet, não é possível optar pela aposta mínima, de R$ 4,50. No site da Caixa , o valor mínimo para apostar na Mega-Sena é de R$ 30, seja com uma única aposta ou mais de uma.

Para fazer uma aposta maior, com 7 números, dando uma maior chance de ganhar, o preço sobe para R$ 31,50. Outra opção para atingir o preço mínimo é fazer sete apostas simples, que juntas têm o mesmo valor, R$ 31,50. Além disso, os bolões , disponíveis online, são outra opção viável.

Como funciona a Mega-Sena

O concurso é realizado pela Caixa Econômica Federal e o vencedor pode receber milhões de reais se acertar as seis dezenas. Os sorteios ocorrem pelo menos duas vezes por semana – geralmente, às quartas-feiras e aos sábados. O apostador também pode ganhar prêmios com valor mais baixo caso acerte quatro ou cinco números, conhecidas como Quadra e Quina , respectivamente.

Leia Também:  Avianca e Copa Airlines voltam a operar no Rio de Janeiro

Na hora de jogar, o apostador pode escolher os números ou tentar a sorte com a Surpresinha . Esse modelo consiste na escolha automática, realizada pelo sistema, das dezenas jogadas. 

Outra opção é manter a mesma aposta por dois, quatro ou até oito sorteios consecutivos, conhecida como a Teimosinha .

Premiação

Os prêmios costumam iniciar em, aproximadamente, R$ 3 milhões para quem acertar as seis dezenas. Dessa forma, o valor vai acumulando a cada concurso sem vencedor. 

Também é possível ganhar prêmios ao acertar quatro ou cinco números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. Para isso, é preciso marcar de seis a 15 números do volante.

O prêmio bruto da Mega-Sena corresponde a 43,35% da arrecadação. Deste valor:

  • 35% são distribuídos entre os acertadores dos seis números sorteados;
  • 19% entre os acertadores de cinco números (Quina);
  • 19% entre os acertadores de quatro números (Quadra);
  • 22% ficam acumulados e distribuídos aos acertadores dos seis números nos concursos terminados em zero ou cinco; e
  • 5% ficam acumulado para a primeira faixa (Sena) do último concurso do ano de final zero ou cinco.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA