Estado

Inscrições abertas para Rodada de Negócios com empresa de saneamento

Publicados

em

 

Empresas capixabas interessadas em conhecer as demandas dos grandes fornecedores do Estado e, a partir daí, ampliar suas oportunidades comerciais terão a chance de participar da Rodada de Negócios, promovida pela Secretaria de Desenvolvimento (Sedes), em parceria com a Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes) e com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). As inscrições para o encontro virtual estão abertas e podem ser feitas até o dia 26 de janeiro.

Esta será a segunda Rodada de Negócios do programa Fornecedores em Rede e ocorrerá no dia 02 de fevereiro, das 14h às 18h, com a participação de representantes da Aegea Saneamento, maior prestadora de serviço de saneamento do segmento privado no País. A companhia pretende contratar prestadores de serviço e pequenos fornecedores locais para atender às intervenções relacionadas à Parceria Pública Privada (PPP), para a execução de obras de esgotamento sanitário nos municípios de Cariacica e de Viana.

Conheça quais são as demandas da empresa participante desta rodada, acessando o link de inscrição: https://pt.surveymonkey.com/r/5WGJMHW

A iniciativa integra a carteira de ações do Plano Espírito Santo –  Convivência Consciente, que se propõe a estimular a retomada econômica de forma ágil, com foco no desenvolvimento equilibrado das cidades e na geração de renda para os capixabas. Rodadas de Negócios estão previstas dentro do Programa Fornecedores em Rede, em seu eixo Fornecedores.

Leia Também:  Montadoras respondem a Bolsonaro: "'Não queremos subsídio, mas competitividade'

Fornecedores em Rede

O programa é coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento e destina-se a estimular e a consolidar uma política pública de geração de oportunidades para os negócios e trabalhadores capixabas, tendo em vista o desenvolvimento econômico e social, o fortalecimento e o aumento da competitividade do Estado, garantindo o retorno de recursos ao mercado local, nos investimentos realizados pelo Governo do Estado do Espírito Santo.

Saiba mais sobre a Aegea

A Aegea é uma das maiores companhias brasileiras de saneamento do setor privado. Atende mais de 3,6 milhões de pessoas, em 46 municípios de nove estados brasileiros, sendo eles Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Mato Grosso, São Paulo, Pará, Santa Catarina, Rondônia, Maranhão e Espírito Santo. A empresa, criada em 2010, abrange 17% do mercado privado de saneamento básico do Brasil e está entre as três maiores empresas do setor.

Plano Espírito Santo — Convivência Consciente

É um conjunto de ações envolvendo órgãos do poder público e o setor produtivo para promover o desenvolvimento econômico, priorizando as pessoas, com o objetivo de reduzir os impactos sofridos pela população capixaba, em decorrência da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). São previstos mais R$ 32 bilhões em investimentos dos Governos Federal, do Estado e do setor privado até o final de 2022. A estimativa é de que sejam criadas mais de 100 mil vagas de emprego.

Leia Também:  Polícia Ambiental homenageia seus policiais em Cachoeiro de Itapemirim

O Plano apresenta sete eixos de atuação: Desburocratização; Medidas Tributárias; Crédito e Financiamento; Monitoramento dos Impactos na Economia; Aceleração dos Investimentos Públicos e Privados; Inovação e Tecnologia e Geração de Emprego e Renda, eixo em que a iniciativa do Fornecedores em Rede está inserida.

O Conselho Gestor do Plano Espírito Santo – Convivência Consciente é formado pelas secretarias de Economia e Planejamento (SEP); Mobilidade e Infraestrutura (Semobi); Fazenda (Sefaz); Governo (SEG); Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti) e Sedes, que vão acompanhar, de perto, a implementação das medidas previstas no Plano. O Conselho será responsável ainda pelas orientações a serem seguidas conforme as prioridades do Governo, propondo ações de rearranjo da conjuntura econômica e potencializando a recuperação da economia do Estado.

 

Informação à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da Sedes/Ipem
Andreia Foeger / Gabriela Galvão
(27) 3636-9707 / 99942-9537 / 3636-9708
[email protected] / [email protected]

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Estado recebe 1,5 milhão de seringas para vacinação contra a Covid-19

Publicados

em


Chegou ao Estado na manhã deste sábado (16), a primeira remessa de 1,5 milhão de seringas que serão utilizadas para a imunização da população capixaba contra a Covid-19. O quantitativo faz parte de um total de 6 milhões de seringas adquiridas pelo Governo do Espírito Santo e que serão entregues de forma fracionada nas próximas semanas. O governador Renato Casagrande e o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, estiveram presentes na entrega dos insumos.

“Recebemos um lote de seringas e agulhas para usar na vacinação contra a Covid-19. Acabou de chegar um caminhão com 1,5 milhão de seringas com agulhas. Compramos 6 milhões em outubro e o primeiro lote está chegando agora. O Estado já estava preparado e no mês que vem chega mais um lote. O Espírito Santo está totalmente preparado para a vacinação contra a Covid-19 e a nossa angústia é com a vacina. Estamos ansiosos para que possa chegar logo. Ao que cabe ao Estado, estamos preparados”, garantiu o governador Casagrande.

Nésio Fernandes explicou que a Sesa se organizou desde antes da polêmica em torno das seringas no País. “Nosso objetivo sempre foi garantir a vacinação da população. Por isso, nos antecipamos e, desde outubro do ano passado, estávamos com um processo de compras finalizado para essa aquisição das 6 milhões de seringas. Atualmente, os estoques dos municípios contam com cerca de 800 mil unidades, e ainda temos um processo tramitando para a aquisição de mais de 10 milhões de seringas. Ou seja, o Espírito Santo está mais que preparado para receber as doses da vacina e iniciar a imunização”, garantiu.

Leia Também:  Anvisa se reúne domingo para definir autorização emergencial de vacina

Escolta dos imunizantes será feita pela Polícia Militar

O esquema para a escolta das vacinas já está montado. De acordo com o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, a Polícia Militar fará a escolta das doses no local onde forem armazenadas e no translado para os municípios. “Está tudo alinhado para garantir a segurança onde elas estiverem, assim como, no momento da vacinação, que estaremos dando total proteção à população nos pontos de vacinação”, disse.

Logística para iniciar a vacinação

Mesmo aguardando as definições finais do Ministério da Saúde em relação aos grupos prioritários que receberão as primeiras doses da vacina contra a Covid-19, e quando os imunizantes chegarão ao Estado, o Governo do Estado vem se preparando com a organização da logística para garantir a celeridade do processo.

O Estado investiu na compra de 80 equipamentos de refrigeração que serão distribuídos aos municípios capixabas, e realizou adaptação nos caminhões frigoríficos e furgões das Regionais de Saúde com novo isolamento térmico e climatização.

A Central Estadual de Rede de Frio da Sesa tem freezers negativos a menos 20ºC, enquanto as Centrais Regionais contam com equipamentos para armazenamento dos componentes, como câmara frigorífica. 

Estratégias de vacinação

Leia Também:  Detran|ES informa que sistemas estão temporariamente fora do ar

O Programa Estadual de Imunização está realizando capacitações on-line aos servidores municipais para a operacionalização da vacina em cada território, uma vez que os municípios são os executores das ações de vacinação, seguindo as políticas do Programa Nacional de Imunizações (PNI). 

Pactuado pela Comissão Intergestores Bipartite do Estado, os municípios capixabas realizarão a pré-campanha da vacina contra a Covid-19 de forma on-line ou por telefone, em contato com os grupos prioritários. É previsto que cerca de dois mil profissionais estarão envolvidos no processo de imunização nas 493 salas de vacinação do Espírito Santo. 

Os municípios também poderão desenvolver estratégias de ações denominadas “extra-muro”, ou seja, não apenas realizadas dentro da sala de vacinação na Unidade de Saúde.

Mais equipamentos para armazenamento de vacinas

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) disponibilizou para a Secretaria de Saúde (Sesa) uma câmara frigorífica e dois ultrafreezers, que poderão ser utilizados para armazenamento de vacinas contra a Covid-19, inclusive, a temperaturas de até -86 °C, assim como da conservação de testes com amostras de swab.

De acordo com o diretor-presidente do Idaf, Mário Louzada, desde o início da pandemia, o Instituto tem tido a possibilidade de apoiar as ações do Governo do Estado no enfrentamento à doença.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Giovani Pagotto
(27) 98895-0843

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA