Saúde

Hospital Padre Máximo inicia exames de Raio-X digital

Publicado em

Por | 00.00.

Resultado de imagem para hospital venda nova

O Hospital Padre Máximo (HPM), de Venda Nova do Imigrante, começou a realizar exames de Raio-X digital. A tecnologia promete diagnósticos mais precisos, acesso mais rápido ao resultado e redução de custos para a instituição, uma vez que elimina o uso das chapas convencionais.

 

O equipamento foi adquirido com recursos provenientes de emendas parlamentares. Em breve, o hospital vai incluí-lo em sua rede informatizada para permitir aos médicos acessarem as radiografias diretamente dos seus consultórios por meio de computadores e até do telefone celular.

 

O técnico em radiologia do HPM, Leonardo Casagrande, explica que o Raio-X digital conta com mais recursos para ampliar a imagem e evitar dúvidas nos diagnósticos de lesões e doenças. “Para fazer o exame, o tempo é o mesmo, só que agora tudo é digitalizado e lançado para impressão em película. Depois das imagens disponibilizadas em rede, até a impressão será descartada.”

 

O hospital é o primeiro da região serrana a disponibilizar esse tipo de exames pelo Sistema Único de Saúde-SUS. Para o médico radiologista Ulisses Dean da Silva, a tecnologia facilita o dia-a-dia no atendimento aos pacientes. “O equipamento melhora a qualidade do exame e facilita o diagnóstico. Sem contar que é excelente para o meio ambiente, pois não polui”, avalia.

Leia Também:  Dia D da vacinação contra a gripe será no próximo sábado (4)

 

 

Vantagens do Raio-X Digital:

 

– Não usa filmes radiográficos;
– Possuem uma placa de circuitos sensíveis aos raios X que gera uma imagem digital e a envia diretamente para o computador na forma de sinais elétricos.
– Não utiliza chassis como o sistema radiografia computadorizada
– Economiza tempo de transporte e processamento de imagens.
– Produtividade superior.
– Imagem pode ser visualizada em segundos,
– Melhor resolução e qualidade.
– Eliminação do processamento químico dos filmes torna o método não poluente e ecologicamente correto.

 

Fonte: ascom/HPM

 

 

COMENTE ABAIXO:

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Saúde

Fim de semana de vacinação contra a covid-19 e gripe na cidade de SP

Published

on

Diversos postos de saúde estarão abertos neste fim de semana para que moradores da cidade de São Paulo possam se vacinar contra a covid-19, gripe e outras doenças incluídas na Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e multivacinação.

Neste sábado, a vacinação ocorre nas Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs)/Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Integradas, que estarão abertas até as 19h.

Já amanhã (14), o serviço estará disponível em cinco parques da capital paulista: Buenos Aires, Severo Gomes, do Carmo, da Juventude e Ceret. Essa vacinação está sendo feita das 8h às 17h. Também estarão abertos dois postos na Avenida Paulista: uma tenda, localizada na altura do número 52, e uma farmácia parceira, localizada no número 995. Nesses dois locais, o horário é das 8h às 16h.

A campanha nacional de vacinação contra a poliomielite está para crianças de 1 ano a 5 anos. Também ocorre a multivacinação para atualização de caderneta de crianças e adolescentes com até 15 anos.

Na multivacinação, são disponibilizados imunizantes como: tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola), tetraviral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela), BCG, pentavalente, vacina inativada poliomielite (VIP), vacina oral poliomielite (VOP), pneumo 10, rotavírus, meningo C, meningo ACWY, varicela, hepatites A e B, febre amarela, DTP (difteria, tétano e coqueluche), dupla adulto, HPV e pneumo 23.

Leia Também:  Dengue em Cachoeiro: quase 80% dos focos do mosquito estão nas residências

A vacina contra a covid-19 está disponível para crianças de 3 e 4 anos de idade com deficiência permanente, comorbidade e indígenas, além de crianças de 5 a 11 anos, adolescentes e adultos. Já a segunda dose adicional [ou quarta dose] está disponível para pessoas acima dos 18 anos que tenham tomado a primeira dose adicional [ou terceira dose] há pelo menos quatro meses. Adolescentes de 12 a 17 anos com imunossupressão também poderão tomar a dose adicional.

A secretaria municipal da saúde informa que também está disponível a terceira dose adicional [ou quinta dose] contra a covid-19 para pessoas com alto grau de imunossupressão acima de 40 anos.

Mais informações e a lista dos postos de vacinação que estarão abertos neste final de semana na capital paulista podem ser encontradas no site Vacina Sampa.

Edição: Aécio Amado

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA