Cidades

Hospital de Cachoeiro é condenado por perder pertences de paciente

Publicado em

O paciente foi indenizado em R$ 1.600,00. O valor é referente aos danos morais sofridos e pelos itens perdidos durante a internação

Por | 00.00.

(Foto: Foto Ilustrativa)

Um hospital de Cachoeiro de Itapemirim foi condenado pelo TJ/ES na última quarta-feira (24), a pagar uma indenização de R$ 1.600,00 a um paciente que viu seus pertences desaparecerem após dar entrada no local. O valor é referente aos danos morais sofridos e pelos itens perdidos durante a internação.

De acordo com o autor da ação, ao dar entrada no hospital, ele entregou à enfermeira sua carteira com documento de identidade, CPF, cartão do SUS, cartão de crédito e R$ 600 reais em dinheiro, entre outros itens. 

Ao receber alta, já do lado do fora, sentiu falta dos pertences e ao questionar o hospital, foi informado que os itens não foram localizados, lavrando então um boletim de ocorrência, onde afirma que lhe foi entregue apenas a quantia de R$ 50 reais.

De acordo com o TJ, o requerente alega ainda que a perda dos documentos teria impossibilitado o autor da ação de receber sua aposentadoria e de realizar empréstimos, lhe causando inúmeros problemas.

Leia Também:  Prefeito Cacalo e governador Casagrande comandam pacote de entregas nesta sexta-feira, em Muqui

Já o hospital, afirma que os pertences foram conferidos na frente do paciente no momento da entrada, e que ficaram na gaveta ao lado do leito, pois ele não possuía nenhum acompanhante.

A requerida alega ainda que, ao sair da UTI para a Unidade de Internação Intermediária, todos os seus pertences foram entregues, incluindo a quantidade de R$ 50 reais que possuía na carteira, não sendo questionada a ausência de documentos pessoais ou dinheiro.

Em depoimento, o enfermeiro responsável pelo paciente durante a internação,  afirmou que não conferiu os pertences antes de entregá-los, pois havia conferido na entrada.

Assim, a juíza da 1º Vara de Piúma entendeu que a conduta da ré, uma vez que o autor permaneceu internado em suas dependências por dias, sem nenhum acompanhante, a torna responsável pelos pertences do paciente, uma vez que ele se encontrava totalmente impossibilitado de exercer vigilância sobre os itens.

Dessa forma, a magistrada concluiu, em sua decisão que, “a requerida agiu com imprudência, em face de falta de cuidados com os pertences do autor após ter assumido esta responsabilidade, oportunizando a qualquer pessoa, até mesmo a visitantes de outros pacientes, que adentrassem no leito do réu e furtassem os seus objetos, o que possivelmente ocorreu no caso concreto”, justificando assim, a condenação da ré.

Leia Também:  Rua no São Geraldo, em Cachoeiro, receberá obra para evitar alagamentos

fonte http://radioconexaoes.com.br/

COMENTE ABAIXO:

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cidades

Prefeito de Marataízes exonera quatro secretários municipais e mais 15 comissionados

Published

on

O prefeito em exercício de Marataízes, Jaiminho Machado, exonerou, em uma canetada só, quatro secretários municipais.

A lista foi publicada no diário oficial desta sexta-feira (12).

Além deles, consta na lista João Antonio Neto, o Joãozinho, gerente de gestão, que estava lotado no gabinete e também já exerceu cargo em primeiro escalão.

Em importância menor dentro da escala administrativa, também foram exoneradas outras 15 pessoas, entre diretores e outros.

Todos os nomes exonerados foram nomeados pelo então prefeito afastado Tininho Batista e eram colaboradores desde o seu primeiro mandato como prefeito.

Um dos secretários exonerados é Robson Abreu Silva que respondia por três secretarias.

Confira os secretários exonerados:

ANDERSON GOUVEIA DE OLIVEIRA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE DEFESA SOCIAL E SEGURANÇA PATRIMONIAL

ROBSON SEYR – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER

ANTÔNIO CARLOS SADER SANT’ANNA –  SECRETÁRIO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE

ROBSON ABREU SILVA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE PESCA E AQUICULTURA

ROBSON ABREU SILVA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE INFRAESTRUTURA DE INTERIOR

Leia Também:  Tiro de Guerra pede que Prefeitura de Cachoeiro cumpra convênio

ROBSON ABREU SILVA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE AGRICULTURA, AGROPECUÁRIA E ABASTECIMENTO

JOÃO ANTONIO NETO – GERENTE DE GESTÃO ADMINISTRATIVA

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA