Carros e Motos

Honda anuncia mudanças de comando para a America do Sul

Publicados

em


source
Mudanças na Honda não serão apenas no comando da empresa no Brasil, mas também na linha de modelos
Divulgação

Mudanças na Honda não serão apenas no comando da empresa no Brasil, mas também na linha de modelos

A Honda anunciou mudanças no comando das suas operações de automóveis, motos e produtos de força na América do Sul. A partir de 1º de abril, o executivo japonês Atsushi Fujimoto , 58 anos, assume a posição de chief officer da operação regional.

Fujimoto, que era operating executive da Honda Motor Co. e gerente geral da Divisão de Estratégia de Negócios da operação global de automóveis, vai acumular, além da chefia da empresa japonesa na América do Sul, os cargos de presidente e diretor da Honda South America Ltda., da Honda Automóveis do Brasil Ltda., e da Moto Honda da Amazônia Ltda.

Você viu?

Na Honda desde 1986, o executivo tem uma sólida trajetória na marca, na qual destaca-se a ampla experiência internacional, adquirida na posição de presidente de operações da Honda em países como Malásia, Tailândia e China.

Leia Também:  GM, Fiat, Honda e Renault são afetadas pela falta de insumos para produção

Por aqui, Fujimoto vai assumir desafios como o lançamento do City Hatch, em um momento em que muitos fabricantes estão abrindo mão do mercado de hatches compactos. Além disso, terá que mudar outros modelos do portifólio para que a marca continue competitiva no desafiador mercado brasileiro.

Executivo irá acumular também o comando das divisões de carros e motos da Honda no Brasil
Divulgação

Executivo irá acumular também o comando das divisões de carros e motos da Honda no Brasil

Chief officer da Honda na América do Sul e presidente da Honda South America desde 2014, Issao Mizoguchi, 61 anos, passa a atuar na função de Conselheiro Executivo, dando suporte à atuação de Atsushi Fujimoto.

Durante sua gestão, Mizoguchi foi responsável pelo início das operações da nova fábrica de automóveis em Itirapina (SP) e do parque eólico da Honda Energy em Xangri-lá (RS), além do lançamento de produtos como a 10ª geração do Civic, em 2016, e do SUV WR-V, mostrado mundialmente no Salão do Automóvel, em São Paulo, do mesmo ano.

Atual líder do mercado brasileiro de motos, a Honda fechou o mês de janeiro com 65.519 motos vendidas e uma participação de 76,33% no mercado. Já entre os carros, a marca japonesa é atualmente a 8ª maior do Brasil, tendo fechado o primeiro mês de 2021 com 6.386 automóveis comercializados e uma fatia de 3,93% do mercado. Os números são da Fenabrave.

Leia Também:  Falta de peças é principal risco atual para a indústria, aponta Anfavea
Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros e Motos

Yamaha mostra edição de 20 anos do scooter TMAX da linha 2021

Publicados

em


source
Yamaha TMAX 560 Edição de 20 anos vem com detalhes amarelos e plaqueta do número de cada unidade produzida
Divulgação

Yamaha TMAX 560 Edição de 20 anos vem com detalhes amarelos e plaqueta do número de cada unidade produzida

A Yamaha mostra a edição comemorativa dos 20 anos do TMAX. Criado em meados dos anos 90, quando a marca japonesa tinha o objetivo de lançar o modelo mais rápido do segmento, o scooter acabou redefinindo a categoria e chegou a ter 300 mil unidades vendidas na Europa, tornando-se um dos grandes sucessos da fabricante.

A edição limitada do Yamaha TMAX 560 vem com motor de 560 cc de cilindrada, capaz de gerar 45 cv e de atender às cada vez mais rígidas normas antopoluição Euro 5. Além do visual exclusivo, o modelo é fabricado com materiais diferenciados, entre os quais fibra de carbono, que é leve e resistente e bastante usado no automobilismo, mais notadamente na Fórmula 1.

Leia Também:  GM, Fiat, Honda e Renault são afetadas pela falta de insumos para produção

Não é à toa que a Yamaha escolheu tons de cinza para a edição de 20 anos do scooter TMAX 560, que também conta com vários equipamentos, como guidão aquecido, pintura com detalhes amarelos e plaqueta que identifica o número de série de cada unidade que sai da linha de montagem, entre outras novidades.

Também fazem parte da lista de equipamentos da série limitada do TMAX 560 os seguintes itens: controle de velocidade de cruzeiro (“piloto automático”), parabrisa dianteiro ajustável eletronicamente, assento aquecido e um aplicativo onde o piloto acessa o sistema GPS e funções como relatórios de viagem, alarme de velocidade e ainda pode acessar o telefone celular.

Você viu?

Os preços da edição comemorativa dos 20 anos do scooter Yamaha TMAX 560 ainda não foram divulgados, já que a apresentação completa do modelo está marcada para o próximo dia 31 de março. Assista a seguir ao vídeo do modelo da marca japonesa.



Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA