Tecnologia

Governo obriga TikTok a remover conteúdo proibido para menores

Publicado em

source
Multa caso empresa não cumpra decisão é de R$ 1.000 por dia
Paula Alves

Multa caso empresa não cumpra decisão é de R$ 1.000 por dia

O Ministério da Justiça publicou no Diário Oficial da União desta sexta-feira (24) um decreto que obriga a ByteDance, empresa dona do TikTok , a remover conteúdo impróprio para menores de 18 anos na rede social.

A companhia tem 72h para cumprir a determinação e suspender a veiculação do material, caso contrário a multa diária é de R$ 1.000.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

A pasta diz que as publicações da rede não podem envolver “por exemplo – mas não somente-, uso de drogas, sexualização, jogos de azar e violência”. 

A restrição é necessária até que “o sistema de segurança da plataforma, que impede o cadastro de menores de 13 anos de idade e limita o acesso a todo o conteúdo por menores de 16 anos, seja aperfeiçoado, de modo que a idade dos usuários seja verificada de maneira eficaz pela representada”.

A publicação é assinada pela diretora substituta da Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor), Laura Tirelli, que também enviou o ofício para o MPF-SP (Ministério Público Federal de São Paulo), para a Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e à Agência Nacional de Proteção de Dados.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tecnologia

Usuários do Signal têm dados vazados após ataque hacker

Published

on

Empresa parceira do Signal sofre invasão
Unsplash

Empresa parceira do Signal sofre invasão

Usuários do Signal tiveram seus números de celular expostos após um ataque hacker em uma empresa que presta serviços para o mensageiro. Cerca de 1.900 usuários tiveram seus dados vazados.

A invasão aconteceu na empresa Twilio, responsável pela verificação de números de telefone de usuários do Signal. Através de uma campanha de phishing, os hackers conseguiram enganar funcionários da Twilio e invadirem os sistemas da empresa. Além do Signal, cerca de 125 outros clientes da companhia foram afetados.

De acordo com o Signal, apenas os números de celular e códigos de registro de SMS foram vazados. “Histórico de mensagens, informações de perfil, listas de contatos e outros dados não foram acessados”, garantiu a empresa.

Com os dados vazados, porém, é possível que os hackers consigam clonar contas do Signal nas quais os usuários não ativaram o bloqueio de registro. As pessoas afetadas pela falha de segurança estão recebendo alertas oficiais do Signal sobre o que fazerem para protegerem suas contas.

Leia Também:  Call of Duty: Warzone perde gamers por ser pesado demais para baixar


Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA