Estado

Governo do Espírito Santo divulga 18º Mapa de Risco Covid-19

Publicados

em


.

O Governo do Estado anunciou, neste sábado (15), o 18º Mapa de Risco Covid-19, que terá vigência entre a próxima segunda-feira (17) e o domingo (23). Ao todo, 16 municípios capixabas estão classificados em Risco Baixo, outros 53 estão em Risco Moderado e nove em Risco Alto.

A estratégia de mapeamento de risco teve início no dia 20 de abril, levando em consideração o coeficiente de incidência da doença. No dia 04 de maio, o Mapa de Risco passou a contar a taxa de ocupação dos leitos de UTI. No dia 18 de maio, a Matriz de Risco Ampliada entrou na terceira fase com a inserção da taxa de letalidade, do índice de isolamento social e a porcentagem da população acima dos 60 anos – considerado como grupo de risco. A nova Matriz de Risco Ajustada entrou em vigor no último dia 13, permitindo que todas as cidades capixabas fossem classificadas de forma individual, sem influência do grau de risco dos municípios vizinhos.

O Mapa de Risco segue as orientações dos boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde e recomendações da equipe de especialistas do Centro de Comando e Controle (CCC) Covid-19 no Espírito Santo, que é composto pelo Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, Secretaria da Saúde (Sesa), Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes). As decisões adotadas pelo Governo do Estado seguem parâmetros técnicos.

Leia Também:  Ifes seleciona empreendimentos inovadores para incubação em todo Espírito Santo

Confira a classificação de todos os municípios capixabas:

RISCO ALTO: Alfredo Chaves, Anchieta, Colatina, Ecoporanga, Marataízes, Mucurici, Nova Venécia, Pedro Canário e São Mateus.

RISCO MODERADO: Afonso Cláudio, Águia Branca, Alegre, Alto Rio Novo, Aracruz, Atílio Vivácqua, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Bom Jesus do Norte, Cariacica, Castelo, Conceição da Barra, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Fundão, Governador Lindenberg, Guaçuí, Guarapari, Ibatiba, Ibiraçu, Ibitirama, Iconha, Itapemirim, João Neiva, Laranja da Terra, Linhares, Mantenópolis, Marechal Floriano, Mimoso do Sul, Montanha, Muqui, Pancas, Pinheiros, Piúma, Ponto Belo, Presidente Kennedy, Rio Bananal, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São José do Calçado, São Roque do Canaã, Serra, Sooretama, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Valério, Vila Velha e Vitória.

RISCO BAIXO: Água Doce do Norte, Apiacá, Boa Esperança, Brejetuba, Cachoeiro de Itapemirim, Divino de São Lourenço, Irupi, Itaguaçu, Itarana, Iúna, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, Marilândia, Muniz Freire, Rio Novo do Sul e Vila Pavão.

Leia Também:  Espírito Santo é o estado com menor tempo de espera para abertura de novas empresas do Sudeste

 

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Revisão do Planejamento Estratégico do Governo é concluída

Publicados

em


.

O Governo do Espírito Santo concluiu, nesta quinta-feira (17), o processo de revisão do Planejamento Estratégico para o período 2020-2022. A última atividade envolveu o trabalho de seleção e validação dos projetos estratégicos por secretários, subsecretários e dirigentes de órgãos da Gestão Pública Inovadora, Infraestrutura para Crescer e Saúde Integral.

Durante sete reuniões técnicas coordenadas pelo secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, juntamente com a equipe da Subsecretaria de Planejamento e Projetos, liderada pela subsecretária Joseane Zoghbi, a alta gestão do Governo do Estado realizou atividades visando a promover ajustes da estratégia e da carteira de projetos prioritários, com a devida adequação ao cenário econômico, em âmbitos estadual e nacional.

A subsecretária de Estado de Planejamento e Projetos, Joseane Zoghbi, explica que foram aplicados critérios objetivos, avaliando o impacto causado pela pandemia da Covid-19 no custo, no prazo e escopo dos projetos, além da capacidade de execução e a disponibilidade de recursos. Dessa forma, o Governo do Estado buscou definir quais projetos devem ser mantidos no portifólio do Programa Realiza +, que gerencia e monitora as ações estratégicas de Governo, por meio de programas e projetos oriundos do Planejamento Estratégico.

Leia Também:  Programa AlimentarES: Live aborda alimentação saudável e sustentável advinda da Agricultura Familiar

Desde o dia 31 de agosto, quando foi dado início ao trabalho de revisão do Planejamento Estratégico, gestores realizaram um balanço dos resultados obtidos desde o primeiro ano de Governo, revisando e validando as entregas prioritárias com o alinhamento das áreas estratégicas. A alta gestão reviu a visão, a missão e os valores do Governo, analisou os pontos fortes e fracos e os desafios estratégicos. Também validou indicadores estratégicos e metas e, desde a última quarta-feira (16), fez a validação da seleção dos projetos estratégicos. Esses projetos serão agora inseridos pela equipe da Subsecretaria de Planejamento e Projetos da SEP no Sistema de Administração Financeira do Estado do Espírito Santo (Sigefes).

Na próxima quinta-feira (24), serão apresentados os resultados da revisão do Planejamento Estratégico do Governo, que possui um modelo de gestão que busca gerar entregas relevantes para os capixabas, trabalhando com eficiência. Esse modelo apresenta três carteiras, com coordenação direta do governador do Estado, Renato Casagrande. 

Ao todo, são nove as áreas estratégicas da gestão: Agricultura e Meio Ambiente, Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Desenvolvimento Econômico, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Educação para o Futuro, Infraestrutura para Crescer, Saúde Integral, Segurança em Defesa da Vida e Gestão Pública Inovadora.

Leia Também:  Espírito Santo é o estado com menor tempo de espera para abertura de novas empresas do Sudeste

 

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da SEP
Claudia Feliz
(27) 99507- 4071
[email protected]

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA