Estado

Covid-19: Espírito Santo tem 10 cidades em Risco Alto

Publicados

em

 

.

O Governo do Estado anunciou, neste sábado (1º), o 16º Mapa de Risco Covid-19, que terá vigência entre a próxima segunda-feira (03) e o domingo (09). Ao todo, 22 municípios capixabas estão classificados em Risco Baixo, outros 46 estão em Risco Moderado e dez em Risco Alto.

A estratégia de mapeamento de risco teve início no dia 20 de abril, levando em consideração o coeficiente de incidência da doença. No dia 04 de maio, o Mapa de Risco passou a contar a taxa de ocupação dos leitos de UTI. No dia 18 de maio, a Matriz de Risco Ampliada entrou na terceira fase com a inserção da taxa de letalidade, do índice de isolamento social e a porcentagem da população acima dos 60 anos – considerado como grupo de risco. A nova Matriz de Risco Ajustada entrou em vigor no último dia 13, permitindo que todas as cidades capixabas fossem classificadas de forma individual, sem influência do grau de risco dos municípios vizinhos.

O Mapa de Risco segue as orientações dos boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde e recomendações da equipe de especialistas do Centro de Comando e Controle (CCC) Covid-19 no Espírito Santo, que é composto pelo Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, Secretaria da Saúde (Sesa), Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes). As decisões adotadas pelo Governo do Estado seguem parâmetros técnicos.

Leia Também:  Inscrições abertas para o Prêmio Cafés Especiais do Espírito Santo

Confira a classificação de todos os municípios capixabas:

RISCO ALTO: Águia Branca, Anchieta, Baixo Guandu, Bom Jesus do Norte, Colatina, Ibiraçu, Mucurici, Presidente Kennedy, São Gabriel da Palha e Vila Valério.

RISCO MODERADO: Afonso Cláudio, Alegre, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Aracruz, Boa Esperança, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Castelo, Conceição da Barra, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Ecoporanga, Fundão, Governador Lindenberg, Guarapari, Ibitirama, Iconha, Itaguaçu, Itapemirim, Iúna, João Neiva, Linhares, Mantenópolis, Marataízes, Marechal Floriano, Mimoso do Sul, Montanha, Nova Venécia, Pancas, Pinheiros, Piúma, Ponto Belo, Rio Bananal, Santa Leopoldina, São Domingos do Norte, São José do Calçado, São Mateus, São Roque do Canaã, Serra, Sooretama, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Velha e Vitória.

RISCO BAIXO: Água Doce do Norte, Apiacá, Atílio Vivácqua, Barra de São Francisco, Brejetuba, Conceição do Castelo, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Ibatiba, Irupi, Itarana, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, Laranja da Terra, Marilândia, Muniz Freire, Muqui, Pedro Canário, Rio Novo do Sul, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa e Vila Pavão.

Leia Também:  Feirão de Negociação Online da BRK Ambiental termina nesta quarta-feira
Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Vice-governadora visita obras e participa de entregas na região do Caparaó

Publicados

em


.

A vice-governadora do Estado, Jaqueline Moraes, cumpriu, nesta quinta-feira (13), uma extensa agenda no interior do Estado com ações de visitas, entregas e inaugurações de obras realizadas por meio de convênios com o Governo do Estado na região do Caparaó. Em decorrência da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), os eventos presenciais respeitaram as normas de distanciamento social e uso de máscaras para prevenção à doença.

Em seus discursos, Jaqueline Moraes destacou a importância de uma gestão pública justa. “Nós estávamos com o pé no acelerador e veio essa pandemia e tivemos que nos reinventar. Não paramos o trabalho. Pelo contrário. Nosso governador fez uma gestão consciente de que as obras no Estado não poderiam parar durante esse período. O dinheiro utilizado nessa obra é dos munícipes e o governo é eleito para gerir esses recursos com responsabilidade e comprometimento”, lembrou.

O primeiro compromisso da comitiva foi na cidade de Ibatiba com a inauguração da Urbanização das Paralelas da    Rodovia da BR-262. Em Iúna, a vice-governadora participou da inauguração do Calçamento do Centro Industrial. Na sequência, Jaqueline Moraes foi à Ibitirama, onde visitou as obras de calçamento e inaugurou o Centro Municipal de Educação Infantil (CEMEI) Maria Lemos Faleiro, no bairro Santa Bárbara, que passa agora a atender até 198 crianças de zero a cinco anos. O número de vagas foi ampliado em 112, sendo 72 de creche (0 a 3 anos) e 40 de pré-escola (4 e 5 anos).

Leia Também:  Decreto publicado na madrugada deste sábado pelo prefeito Victor Coelho libera funcionamento de bares em Cachoeiro

Em Divino de São Lourenço, a vice-governadora participou da entrega de uma ponte e da inauguração de uma praça. Ela também visitou as obras na rodovia que liga o município a Guaçuí. Jaqueline Moraes participou ainda da entrega do Centro de Múltiplo Uso, no distrito de Pedra Menina, em Dores do Rio Preto. O espaço vai descentralizar os serviços de assistência social, facilitando o acesso dos moradores do distrito sem a necessidade de deslocamento até a sede do município. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades), fez um aporte financeiro de R$ 240 mil na obra e o restante se deu pela contrapartida municipal.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Vice-Governadoria
Íris Carolina Miguez
(27) 3636-1446 / 98868-1847
[email protected]

 

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA